!@ {o polifônico, [Jornalismo de Intervenção # Por Leonor Bianchi]

Rio das Ostras e região contam com proposta inovadora na Educação

Posted in Cinema, Educação, Macaé, Região, Videofonia by ImprensaBR on 22/05/2012

Projeto ‘O Cinema na Escola’ propõe um novo olhar sobre a educação formal levando as tecnologias audiovisuais para o ambiente escolar

O Cinema na Escola, projeto criado pela jornalista e produtora de mostras e oficinas de cinema e vídeo, Leonor Bianchi, lança esta semana seu portal na Internet. Criado em 2001, quando foi ministrada a primeira oficina de cinema na escola no Instituto de Educação Ismael Coutinho – primeira escola de formação de professores da América Latina -, O Cinema na Escola chega a Rio das Ostras e região.
Utilizando uma plataforma ágil, simples e gratuita, o site do projeto O Cinema na Escola contém sugestões de atividades e oficinas para educadores e alunos, propostas de sessões de cinema voltadas para os objetivos do Projeto Político Pedagógico da escola, dicas de leituras sobre o tema e sugestões de atividades essenciais para quem deseja conhecer mais sobre a utilização do cinema e dos recursos audiovisuais no processo de ensino-aprendizagem.
Os objetivos do Cinema na Escola são: ´
– Inserir a arte do cinema no processo de ensino-aprendizagem por meio de uma visão multidisciplinar como um meio de aproximar o público estudantil da narrativa audiovisual;
– Oportunizar aos educadores e educandos o acesso ao conhecimento da linguagem audiovisual;
– Apresentar o cinema aos estudantes como sendo uma fonte de cultura e agente transmissor de conhecimento;
– Desenvolver a partir do gosto pelo cinema, o senso crítico, estético e cultural sobre nossa localidade, nosso país e o mundo de modo geral;
– Possibilitar o debate inter e transdisciplinar em torno de temáticas atuais apresentadas através de filmes e documentários;
– Estimular que os alunos da rede pública municipal criem o hábito de freqüentar o Cinema, estimulando assim o aprendizado cultural e artístico;
– Promover a integração e o desenvolvimento social, além de oferecer momentos de lazer aos alunos das redes públicas e privadas de ensino
Exibição de cinema brasileiro pode ser obrigatória nas escolas de ensino fundamental, segundo nova lei
Segundo Leonor Bianchi, o aprendizado na escola não pode se restringir unicamente ao cumprimento de horários, tarefas e exercícios, devendo ir muito além do simples formalismo presente no repasse de conteúdos e trabalhos. O aprendizado para ser plenamente alcançado necessita, muitas vezes, sair da rotina do dia-a-dia escolar. Assim, cabe as equipes pedagógica e administrativa da escola buscar alternativas, o que pode ser feito através de uma proposta como esta, pois o cinema serve como um instrumento de debate e reflexão, importante na formação das crianças e adolescentes.Além disso, está em vias de seu sancionada pela presidenta Dilma a lei do senador Cristovan Buarque que torna obrigatória a exibição de filmes nacionais nas escolas de educação básica, ressalta a comunicóloga. “A Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados aprovou, no último dia 14 de maio, por unanimidade o Projeto de Lei nº 7507, de 2010, do Senador Cristovam Buarque, que torna obrigatória a exibição de filmes brasileiros nas escolas de educação básica. Defendido por todas as entidades do setor audiovisual, o projeto altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. O projeto já foi aprovado pelo Senado e agora vai para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, em caráter conclusivo. Caso seja aprovado sem qualquer alteração será encaminhado para ser sancionado pela Presidenta Dilma Roussef”, destaca Bianchi.
O Cinema na Escola conta com acervo próprio
Além de usar o cinema nacional em todas as suas atividades (oficinas e sessões de cinema na escola), O Cinema na Escola conta com um acervo próprio; o da Videoteca Cinema Popular Brasileiro, que resguarda desde 2004 os filmes inscritos na Mostra Cinema Popular Brasileiro, Mostra do Filme Ambiental e Etnográfico de Rio das Ostras e obras audiovisuais inscritas espontaneamente por seus realizadores.São quase três mil títulos de curtas, médias e longas-metragens de diversos gêneros, que podem ser inseridos em sessões temáticas para estudantes e alunos.   
Para conhecer mais sobre O Cinema na Escola acesse:
Para conhecer a Videoteca Cinema Popular Brasileiro, acesse:
Para conhecer a Mostra Cinema Popular Brasileiro, acesse:
Para conhecer a Mostra do Filme Ambiental e Etnográfico de Rio das Ostras, acesse:
Anúncios

Comentários desativados em Rio das Ostras e região contam com proposta inovadora na Educação

%d blogueiros gostam disto: