!@ {o polifônico, [Jornalismo de Intervenção # Por Leonor Bianchi]

Empresários dizem ‘não’, mas faturam 12% a mais em 2012

Empresário cara de pau é aquele que eleva seus lucros em mais de 10% ao longo do ano – num período em que o Pais cresceu apenas 1% – e, na hora de negociar reajuste salarial dos empregados, não dá aumento real sob alegação de “crise”. Pois é: muitos donos de jornais, revistas, rádio e TV do Rio são assim.

Os números divulgados pelo projeto Inter-Meios, fornecidos pelos próprios veículos de comunicação, mostram que o setor de TV regional cresceu em 12,3% na comparação entre 2011 e 2012 – levando em consideração os dados de janeiro a outubro. Há dois anos, os patrões de emissoras de TV faturaram pouco mais de R$ 1,6 bilhão com investimento publicitário. Já no ano passado, a cifra foi para R$ 1,9 bilhão.

O rádio também elevou seus lucros. Cresceu 4,37% na comparação entre os dez primeiros meses de 2011 e 2012. Os jornais cariocas acompanharam a onda de crescimento em 4,67%. Mesmo alegando crise e demitindo, os impressos do Rio mantêm a dianteira no quesito aumento de renda na comparação com o mesmo setor em outros estados. No Brasil, a média do crescimento do investimento publicitário nos jornais ficou em 0,99%, apontam os dados do projeto Inter-Meios.

Desde dezembro, os jornalistas cariocas estão em campanha para negociar o reajuste de seus salários no período entre fevereiro de 2013 até o mesmo mês do ano seguinte. O objetivo é repor perdas acumuladas, além de garantir ganho real no aumento dos salários – com um reajuste acima da inflação, que deve fechar em 6,04% em fevereiro, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Assim, a cobrança dos jornalistas é para que o índice de reajuste a ser definido na convenção coletiva seja de, pelo menos, 10%.

Durante o mês de janeiro e fevereiro, a direção do Sindicato tem encontro com o economista do Dieese Jardel Leal. Em pauta, os números da economia tendo em vista as próximas reuniões com os representantes patronais.

Fonte: SJPMRJ

*Texto atualizado às 12h32 de 14 de janeiro de 2013.

Anúncios

Comentários desativados em Empresários dizem ‘não’, mas faturam 12% a mais em 2012

%d blogueiros gostam disto: