!@ {o polifônico, [Jornalismo de Intervenção # Por Leonor Bianchi]

Rio das Ostras comemora 21 anos de emancipação sob forte aparato policial e repressor da Prefeitura

Posted in Cidadania, Cidade, Coluna do Servidor, Denúncia, Educação, Rio das Ostras by ImprensaBR on 15/04/2013

No dia 10 de abril, quarta-feira, Rio das ostras comemorou seus 21 anos de emancipação com o tradicional “desfile cívico” patrocinado pela Prefeitura Municipal, na Avenida Amazonas, no Centro.

O Município, conhecido e apreciado por seus atributos paisagísticos associados a uma rede turística e cultural, teve mais um sobressalto: agora devido ao forte e ostensivo aparato policial e repressor com centenas de homens armados, alguns portando pesado armamento de guerra.

Isto tudo porque estava prevista mais uma manifestação pacífica e legítima dos candidatos aprovados no 6º Concurso Público de Rio das Ostras. Concurso este, “anulado” unilateralmente pelo Prefeito atual, após sua homologação no ano passado.

Como acontece nessas ocasiões, os manifestantes portavam faixas alusivas ao movimento, além de panfletos contendo as reivindicações em favor da contratação dos aprovados e pelo fim das contratações temporárias.

O Sepe Núcleo Rio das Ostras e Casimiro de Abreu que tem apoiado, acompanhado e registrado todo o movimento desde o seu início, mais uma vez, compareceu com seus diretores e militantes para reforçar a manifestação.

Atualmente, o embate sobre o 6º Concurso se  dá também na esfera judicial, quando os candidatos prejudicados estão na justiça contra o autoritarismo do Prefeito Alcebíades Sabino, eleito por uma ampla coligação (PSC, PDT, PMDB, PT e mais dezessete partidos).

Até o tom cinzento e nublado do dia contribuiu para acrescentar um elemento a mais de tristeza e apreensão na festa. Pois, nunca na história do município se teve notícia da presença tão massiva de policiais militares e guardas municipais, tão faltos na segurança da população, como mostram os índices crescentes de  violência da região.

Não é, pois, de se admirar o franco e rápido declínio de aprovação popular com relação ao Prefeito, quando durante a festividade era voz comum o desagravo e descontentamento com o curso dos acontecimentos da atual gestão municipal.

A festa dos 21 anos da Cidade – denotando uma maioridade – pode representar um divisor de águas na história local, quando a consciência política dos seus cidadãos e cidadãs colocar um basta à tradicional política de truculência – do “prendo e arrebento” – típica dos sistemas ditatoriais.

O Sepe/RJ (Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação do Rio de Janeiro), que sempre lutou pela  democracia e os avanços das políticas sociais no estado e nos municípios, tem no seu Núcleo local o representante responsável em dar continuidade à luta pelos Direitos Sociais e Humanos. E assim continuaremos.

Fonte: Diretoria do Sepe Núcleo Rio das ostras e Casimiro de Abreu

Comentários desativados em Rio das Ostras comemora 21 anos de emancipação sob forte aparato policial e repressor da Prefeitura

%d blogueiros gostam disto: