!@ {o polifônico, [Jornalismo de Intervenção # Por Leonor Bianchi]

Profissionais da Educação de Rio das Ostras fazem paralisação

Posted in Cidadania, Educação, Rio das Ostras by ImprensaBR on 21/05/2013

Professores exigem mais respeito da administração pública municipal para com a categoria, que trabalha muito, ganha mal e não consegue trabalhar com qualidade dados os altos números de alunos por classe e sobrecarga de funções a serem exercidas

Os profissionais da Educação de Rio das Ostras paralisaram na manhã desta terça-feira suas atividades, e só retornam ao trabalho na próxima sexta-feira, dia 24 de maio. A categoria enviou uma carta para os professores, a qual publicamos agora, aqui n’O Polifônico.

Entenda o que está acontecendo. Leia a

Carta à população de Rio das Ostras (redigida pelo SEPE Rio das Ostras/ Casimiro de Abreu)

Aos Profissionais da Educação:Na escola se ensina RESPEITO

Nós, profissionais de educação, reunidos nos dias 14, 15 e 16 de maio nos sentimos desrespeitados em nossos direitos. Insatisfeitos com a atual administração, decidimos paralisar nossas atividades nos dias 21, 22 e 23 de maio.

O prefeito se mantém intransigente, não dialoga com os profissionais da educação e não negocia com as suas entidades de classe. Por isso, os profissionais da educação se encontram em estado de greve.

– Paramos porque o prefeito deixou de nos pagar R$ 435,00* em dezembro e janeiro, R$ 290,00* em fevereiro e março; (*Valores aproximados, já que o prefeito atrasa também nossos contracheques.)

– Paramos porque queremos uma jornada de trabalho igual para todos professores do município;

– Paramos porque não temos tempo para planejar as aulas dos seus filhos. Tempo esse garantido pela lei federal 11.738/2008;

– Paramos pela revisão imediata do plano de cargos e salários;

– Paramos para que a gratificação por regência seja incorporada ao nosso salário. (Gratificações não são pagas em caso de doença ou aposentadoria.);

– Paramos porque temos salas de aula superlotadas, o que dificulta o processo ensino-aprendizagem.

A insensibilidade do poder público em respeitar os direitos legais dos profissionais de ensino submetidos a condições deficientes de trabalho dificulta o aprendizado de nossas crianças e adolescentes, e prejudica a educação em nossa cidade.

Uma educação de qualidade se conquista com o respeito e a valorização dos profissionais de ensino e com um plano estratégico, discutido entre toda a comunidade, com os profissionais da educação e com seus representantes sindicais.

Por isso, convidamos a você, à sua família e aos seus amigos para participarem de nosso Ato Público em Defesa da Educação que será realizado na Praça José Pereira Câmara, no dia 23 de maio às 16 horas.

A educação deve ser um compromisso do município para com seus cidadãos. A luta em defesa da escola pública, gratuita e de qualidade é responsabilidade de toda a sociedade.

Por isso contamos com sua participação!

 Assembleia dos professores e professoras de Rio das Ostras

Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (SEPE)

Sindicato dos Servidores Municipais de Rio das Ostras (Sindiserv)

Comentários desativados em Profissionais da Educação de Rio das Ostras fazem paralisação

%d blogueiros gostam disto: