!@ {o polifônico, [Jornalismo de Intervenção # Por Leonor Bianchi]

Casa & Vídeo terá que pagar R$ 70 mil ao Sindicato dos Empregados do Comércio de Rio das Ostras

Posted in Cidade, Editorial, Rio das Ostras, Trabalho e Renda by ImprensaBR on 24/06/2013

LB

Rio das ostras – O juiz do Trabalho da 2ª Vara do Trabalho de Cabo Frio, Posto Avançado de Rio das Ostras, Célio Baptista Bittencourt, determinou que a Casa & Vídeo não mais negocie pontos de interesse dos trabalhadores com qualquer outra entidade representativa senão o Sindicato dos Empregados do Comércio de Rio das Ostras, condenando a empresa a indenizar a entidade sindical em R$ 70 mil por de danos morais.

O presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio em Gerais, Hotéis e Similares de Rio das Ostras, Virgílio Éderson Lagrimante, comemorou a sentença, expedida no início de junho. “Foi uma decisão muito importante, que reconheceu nossa carta sindical e que reestabeleceu a liberdade de negociação e a unicidade sindical em nossa base”, afirmou Virgílio.

O presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio de Rio das Ostras explicou que por três anos a Casa & Vídeo, líder em vendas no varejo fluminense nos setores de utilidades domésticas, ferramentas, climatização e eletroportáteis, negociou o Acordo Coletivo de seus trabalhadores com seu sindicato. Mas, nos últimos três anos, se negava a negociar a Convenção Coletiva com o Sindiempregados e passou a fazê-lo com a Federação dos Empregados no Comércio do RJ.

“A Federação dizia que nós não existíamos. Como assim? Nossa carta sindical tem nada menos que 24 anos! A Federação pretendia tomar tudo para si. Entramos com uma ação, que legitimou nossa representação junto à base. A Federação está proibida de interferir. A Justiça condenou a Casa & Vídeo, que também está proibida de fazer a Convenção Coletiva com a Federação ou qualquer outro Sindicato, dentro de nossa base. Parabenizo a Justiça do Trabalho, que mais uma vez demonstrou estar atenta e pronta para defender o trabalhador ante as grandes raposas deste país, que são as empresas bilionárias”, ressaltou Virgílio Lagrimante.

O líder sindical informou que já prepara novas ações de cumprimento contra a Casa & Vídeo. “Não quero saber se é tubarão ou se não é. Direito é direito! Terão que cumprir nosso Acordo Coletivo e podemos até convocar uma greve para que a empresa cumpra o repouso remunerado aos domingos, coisa que eles não vêm respeitando”, anunciou Virgílio.

Sindicado de um único representante

Lagrimante… falta de ética passou ali e ficou. Conhecido por moradores antigos de Rio das Ostras por ter participado intensamente do movimento emancipatório da cidade, é conhecido também por sua falta de caráter. É o que eu dizem os mais velhos… O cara é tão sinistro, que olha ele aí há 30 anos presidindo o Sindicato! Nem a Federação reconhecia a legitimidade do sindicato por ele presidido.

Entendo que as empresas têm que buscar a entidade sindical nas quais possam confiar. Se não estavam submetidas ao sindicato do Lagrimante é sinal de que não havia elo de confiança. Mas o presidente forçou a barra e ganhou na justiça. Que feio. Ter que ganhar este reconhecimento por essas vias… Queria poder defender as organizações sindicais da minha amada Rio das Ostras, mas é tanta pilantragem, que a gente tem que admitir que tratam-se de aproveitadores e aparelhadores desses instrumentos que deveriam servir ao trabalhador e não ao patronato e aos políticos.

LB com base em texto da Força Sindical

Comentários desativados em Casa & Vídeo terá que pagar R$ 70 mil ao Sindicato dos Empregados do Comércio de Rio das Ostras

%d blogueiros gostam disto: