!@ {o polifônico, [Jornalismo de Intervenção # Por Leonor Bianchi]

Chega ao fim a 10a Mostra Cinema Popular Brasileiro

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Mostra Cinema Popular Brasileiro, Nova Friburgo by ImprensaBR on 18/11/2013

É isso aí, Brasil… mais uma Mostra Cinema Popular Brasileiro se foi. A décima. Que muitas outras venham adiante! Agradeço a TODOS que ajudaram a realizar este projeto… aos realizadores, produtores e distribuidores que inscreveram seus filmes, e, sobretudo, ao público, que mais uma vez fez sua parte lindamente.

Salve o cinema brasileiro! Que venha 2014! Curta! Mostra Cpb.

Leonor Bianchi, idealizadora da mostra.

ate 1024

Anúncios

Comentários desativados em Chega ao fim a 10a Mostra Cinema Popular Brasileiro

Segue até domingo a 10a Mostra Cinema Popular Brasileiro

Comentários desativados em Segue até domingo a 10a Mostra Cinema Popular Brasileiro

10ª Mostra Cinema Popular Brasileiro divulga filmes selecionados

Posted in Cinema, Cultura, Nova Friburgo by ImprensaBR on 04/10/2013

cpb_013_

A 10a Mostra Cinema Popular Brasileiro acontece entre 14 e 17 de novembro, em Lumiar.

Veja mais no site. Clique no banner ao lado.

Balões, lembranças e pedaços de nossas vidas

Frederico Pinto

Porto Alegre (RS), 2013

Paisagem Carioca – Vista do Morro

Marco Antonio Pereira

Rio de Janeiro (RJ), 2013

Borum Krena

Adriana Jacobsen

Vitória (ES), 2013

O último tropeiro

Felipe Shikama

Sorocaba (SP), 2012

Vaqueiros Encantados

Marcia Paraiso e Ralf Tambke

Florianópolis (SC), 2012

Samba de Quadra

Luiz Ferraz e Gustavo Mello

São Paulo (SP), 2009

Barbeiros

Luiz Ferraz e Guilherme Aguilar

São Paulo (SP), 2012

Ritos de Rios e Ruas

Coletivo Alma/ Mario Dalcendio

São Paulo (SP), 2013

Acalanto

Arturo Saboia

São Luis (MA), 2012

Debaixo do céu

Renata Spitz

Niterói – Nova Friburgo (RJ), 2013

A dama do Estácio

Eduardo Ades

Rio de Janeiro (RJ), 2012

Ruído Branco

Mateus Neiss e Lucas Sá

Vera Cruz/Pelotas (RS), 2012

Parênteses

Gustavo Brandão, Gustavo Pains e Marinho Antunes

Belo Horizonte (MG), 2013

Proibido falar italiano

Robinson Cabral

Caxias do Sul (RS), 2012

O Que Bererico Vai Pensar?

Diego Scarparo

Cachoeiro de Itapemirim (ES), 2012

Pacaembu

Ari Cândido Fernandes

São Paulo (SP), 2006

Ferro Velho

Thais Mol Alvares da Silva

Belo Horizonte (MG), 2013

Juízes de Paz

Paulo Augusto Franco

São João Del Rei (MG)

Dona Rosa

Mathias Mangin e Lucas Mandacaru

São Paulo (SP), 2013

Afetos, a viagem mais longa

Tiago Pedro

Missão Velha (CE), 2013

Dona Maria

Mozart Oliveira

Gravatá (PE), 2013

Baba 105

Felipe Bibian

Rio de Janeiro (RJ), 2013

Abrigo ao Sol

Emerson Evêncio

Vitória (ES), 2013

Substantivo Abstrato

Carlos Camacho

Rio de Janeiro (RJ), 2013

No Interior da Minha Mãe

Lucas Sá

São Luís (MA), 2013

Qual queijo você quer?

Cíntia Domit Bittar

Florianópolis (SC), 2011

O que lembro tenho

Rafhael Barbosa

Maceió (AL), 2012

A Navalha do Avô

Pedro Jorge

São Paulo (SP), 2013

O momento certo

Sergio Pizza Gambier

São Paulo (SP), 2012

Entrelugares: Patrimônio e Memória no Leste Fluminense

Pedro Paulo Rosa

Rio de Janeiro (RJ), 2013

Lembranças de Maura

Bruna Lessa

São Paulo (SP)/ Ilhota (SC), 2013

A Infância de Aninha

Rosa Berardo

Goiânia (GO), 2013

As Curvas de Niemeyer

Alunos da Rede Municipal de Vitória

Vitória (ES), 2010

A Velha Gulosa

 Isabela Veiga

Goiânia (GO), 2013

 O homem que conserta estrelas

 Denise Marchi

 Porto Alegre (RS), 2013

 Nina

 Rodrigo Zerbetto

 Santos (SP), 2013

 Café Escola

 Juba Machado

 Carmo da Mata (MG), 2012

 O cinema em Lumiar

 Eduarda Serra

 Lumiar/ Nova Friburgo (RJ), 2013

 Toda a paz

 Escola de Cinema CineZé

São Pedro da Serra/ Nova Friburgo (RJ), 2013

 O evangelista

 Ricardo Rodrigues

 São João de Meriti (RJ), 2011

 Pesque pague

 Ricardo Rodrigues

 São João de Meriti (RJ), 2011

 Remar é…

 Valério Fonseca

 Rio de Janeiro (RJ), 2013

 O renascimento do parto

Eduardo Chauvet

Brasília (DF), 2013

Era assim naquele tempo

Ricardo Sá

Vitória (ES), 2013

  

 

Comentários desativados em 10ª Mostra Cinema Popular Brasileiro divulga filmes selecionados

Anima Cine Macaé homenageia Alvaro Marins (Seth) em sessão especial de encerramento, nesta 5a feira, 29, no CIEMH2

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Estado, Internacional, Macaé, Região, Turismo, Videofonia by ImprensaBR on 28/08/2013

luz anima acao cartaz

O Anima Cine Macaé homenageia Alvaro Marins, Seth. Caricaturista macaense renomado atuante na primeira metade do século XX. Seth foi nada menos que o primeiro animador de cinema do Brasil.

A sessão que encerra o Anima Cine Macaé é uma homenagem a este que é considerado o Pai da Animação Brasileira e a primeira animação feita no Brasil, Kaiser.

Na sessão serão exibidos três curtas premiados este ano no recém findado Anima Mundi e em outros festivais de animação e o estreante ‘Luz, Anima, Ação’, um longa ainda inédito do grande público, que depois de passar pelas telas apenas do Anima Mundi, agira no começo de agosto, será exibido para o público do Anima Cine Macaé. Imperdível!!!

A sessão do Anima Cine Macaé nesta quinta feira, 29 de agosto, começa às 19 h no CIEMH2, em Macaé, no Sol Y Mar. Entrada é franca e a classificação indicativa livre. Rua Eleosina Pereira de Queiroz Mattoso, 105.

O Anima Cine Macaé 2013 – Festival Internacional de Animação de Macaé é uma realização de Curadoria de Cinema e Escola Livre de Comunicação e Artes. www.animacinemacae.wordpress.com

Comentários desativados em Anima Cine Macaé homenageia Alvaro Marins (Seth) em sessão especial de encerramento, nesta 5a feira, 29, no CIEMH2

Começa hoje o Anima Cine – Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Internacional, Macaé, Região, Rio das Ostras, Turismo, Videofonia by ImprensaBR on 24/08/2013

divulgação_final_virtual

Programação com 34 filmes de diversas nacionalidades segue até 29 de agosto na cidade do Pai da Animação Brasileira

O Anima Cine Macaé, Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé -, começa hoje, às 18h, no distrito do Sana, em Macaé. Ao todo serão exibidos 34 filmes entre curtas, super curtas e longas. O festival continua amanhã no Sana, quarta-feira, dia 28, em Bicuda e quinta-feira, dia 29 de agosto, o Anima Cine encerra seu circuito no CIEHMH² no Sol Y Mar, em Macaé.

Toda a programação do festival é gratuita e pode ser baixada pelo site www.animacinemacae.wordpress.com

Filmes premiados em grandes festivais de animação serão exibidos em Macaé, durante o Anima Cine

Segundo a curadora do Anima Cine, Leonor Bianchi, a programação foi pensada e construída em cima de uma demanda regional de contato e aproximação com o gênero. “Mesmo com os meios digitais de comunicação, muita gente no interior não conhece outro tipo de animação que não seja os desenhos da Disney e os mangás japoneses. Consideramos este aspecto e preferimos criar um panorama didático, digamos assim, para selecionar as obras. O formato pensado para esta curadoria seguiu a tendência das janelas dos festivais mais significativos de animação que existem hoje no mundo, mas não esquecemos de olhar para o nosso quintal, afinal somos interior, estamos no interior. Macaé é uma cidade transatlântica, mas aqui é interior do Brasil… Exibiremos filmes premiados em Annecy (o maior do gênero no mundo) e tantos outros que estão hoje, neste momento, sendo exibidos no Anima Mundi, o maior festival de animação do Brasil, mas também exibiremos animações locais, de gente de Macaé, a terra do pai da animação brasileira, o mote do Anima Cine Macaé, inclusive! Isso mostra a intenção da Curadoria em dialogar com as produções regionais sem desconsiderar que há uma grande escola de cinema de animação fora do Brasil. Uma escola mais antiga e que merece respeito, mas que hoje, com o acesso às ferramentas de produção de um filme animado, nada perde à criatividade dos animadores brasileiros. Alguns (muitos), inclusive, trabalham lá fora, mas assinam a realização de vários filmes como sendo feitos no Brasil. O Brasil tem se revelado um grande produtor de animação para cinema. A publicidade domina um nicho que acaba fomentando o surgimento de novos realizadores a cada dia”, comentou a curadora do festival.

O Anima Cine é uma realização de Curadoria de Cinema e Escola Livre de Comunicação e Artes.

Macaé: cidade onde nasceu Seth, o pai da animação brasileira

Muita gente ainda desconhece o fato, mas foi em Macaé, litoral norte do estado o Rio de Janeiro, que nasceu o primeiro animador de cinema do Brasil. Seu nome era Alvaro Marins, mais conhecido como Seth, apelido que criou para assinar seus trabalhos como caricaturista para a imprensa carioca da primeira metade do século XX. O ilustrador, desenhista, chargistas e caricaturista macaense foi o responsável pela animação de uma tirinha desenhada por ele mesmo e levada à tela do Cine Pathè em janeiro de 1917, no Rio de Janeiro. O filme animado era ‘Kaiser’, hoje considerado o primeiro filme de animação feito no Brasil por um brasileiro. Seth trabalhou em muitos Jornais cariocas Como ilustrador, desenhou inúmeras artes para a publicidade nos primeiros tempos da publicidade no Brasil e tem sua marca registrada na História da Animação Brasileira. Por ter nascido em Macaé e por considerarmos que ele merece ganhar um lugar de destaque na História da Animação Brasileira, Seth e a Animação ganharam este projeto como forma de resgate a esta parte da história da cidade e da animação brasileira.

Comentários desativados em Começa hoje o Anima Cine – Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé

Sessão de abertura do Circuito Cinema Popular Brasileiro foi um sucesso! Clementina de Jesus, Rainha Quelé, de Weriton Kermes emocionou o público

sessao de abertura do circuito cinema  popular brasileiro leonor bianchiAconteceu, na sexta-feira, 16 de agosto de 2013, a sessão de abertura do Circuito Cinema Popular Brasileiro. O projeto integra as ações de fomento ao cinema brasileiro, formação de público e educação do olhar propostas pela produção da 10a Mostra Cinema Popular Brasileiro, que acontecerá entre 14 e 17 de novembro, em Lumiar, quinto distrito de Nova Friburgo (RJ/ BR).

O filme escolhido pela Curadoria de Cinema para a sessão de abertura do Circuito foi Clementina de Jesus, Rainha Quelé, um documentário de 75 minutos de Weriton Kermes, com muitas imagens de arquivo, bons depoimentos de grandes nomes da música brasileira, entre eles Paulinho da Viola, Cristina Buarque de Holanda, João Bosco, Paula Lima, e de Heron Coelho, autor do livro que deu origem ao argumento do filme.

A receptividade do público foi maravilhosa, tendo a fita emocionado a todos os presentes, que saíram da sessão reflexivos diante da memória da imagem, da vida e da obra da pessoa que foi Clementina de Jesus, personalidade de suma importância para a cultura e a música brasileiras.

As sessões do Circuito acontecerão até o dia 8 de novembro, sempre às sextas-feiras, às 19h30, com entrada franca.

No dia 14 de novembro começará a 10a edição da Mostra Cinema Popular Brasileiro. De 14 a 17 de novembro em Lumiar. As inscrições para a 10a Mostra Cinema Popular Brasileiro já estão abertas pelo site www.mostracinemapopularbrasileiro.wordpress.com 

A Mostra Cinema Popular Brasileiro e o Circuito Cinema Popular Brasileiro têm
Realização – Curadoria de CinemaEscola Livre de Comunicação e Artes,
Casa Cultural Mata AtlânticaVideoteca Cinema Popular Brasileiro
Assessoria de Comunicação – ImprensaBR Assessoria de Comunicação
Divulgação e Promoção – Jornal O Polifônico
Parceiros – Cineclube Lumiar e Tribuna Livre Cultural

Comentários desativados em Sessão de abertura do Circuito Cinema Popular Brasileiro foi um sucesso! Clementina de Jesus, Rainha Quelé, de Weriton Kermes emocionou o público

Circuito Cinema Popular Brasileiro começa hoje. Temporada terá 13 sessões até a 10a Mostra Cinema Popular Brasileiro, em novembro

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Nova Friburgo by ImprensaBR on 16/08/2013

A partir de hoje, a produção da 10a Mostra Cinema Popular Brasileiro, através da Curadoria de Cinema, Escola Livre de Comunicação e Artes e Casa Cultural Mata Atlântica, realizará 13 sessões de cinema Brasileiro na Tribuna Livre Cultural, em Lumiar (Nova Friburgo/ RJ/ BR). O Circuito Cinema Popular Brasileiro tem como objetivo fomentar a exibição de filmes nacionais para a comunidade e turistas, exercitando, desta maneira, o contato destes com o cinema brasileiro em diferentes gêneros.

O Circuito Cinema Popular Brasileiro faz parte das ações educativas e de fomento ao cinema brasileiro propostas pela Mostra Cinema Popular Brasileiro, que este ano, em sua décima edição, acontecerá de 14 a 17 (feriado de Proclamação da República), em Lumiar, na Tribuna Livre Cultural.

Cartaz Clementina de Jesus Rainha QueléNa sessão de abertura do Circuito será exibido o documentário de Werinton Kermes ‘Clementina de Jesus, Rainha Quelé’. O filme foi enviado para a 8a Mostra Cinema Popular Brasileiro em 2011 e exibido em Rio das Ostras. A obra foi cedida para uso em projetos vinculados à Videoteca Cinema Popular Brasileiro naquele ano. Sua inserção no circuito pela Curadoria de Cinema – produtora que seleciona os filmes que comporão a programação do Circuito Cinema Popular Brasileiro -, faz parte das ações de difusão de seu acervo. 

As sessões do Circuito acontecerão às sextas-feiras, sempre às 19h30, com entrada franca.

Leia o release .

Curta a página do Circuito Cinema Popular Brasileiro e acesse o site do projeto para saber mais.

Comentários desativados em Circuito Cinema Popular Brasileiro começa hoje. Temporada terá 13 sessões até a 10a Mostra Cinema Popular Brasileiro, em novembro

10a Mostra Cinema Popular Brasileiro abre inscrições de filmes

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Mostra Cinema Popular Brasileiro, Videofonia by ImprensaBR on 12/08/2013

10a mostra cpb

Com o tema ‘Memória, Identidade e Pertencimento’, a Mostra Cinema Popular Brasileiro abre, hoje, o período de inscrições de filmes para sua décima edição.

A mostra acontecerá entre 14 e 17 de novembro (feriado de Proclamação da República) em Lumiar, quinto distrito de Nova Friburgo.

Para inscrever seu filme gratuitamente, acesse o Regulamento e a Ficha de Inscrição no site da mostra http://mostracinemapopularbrasileiro.wordpress.com/ As inscrições vão até o dia 28 de setembro pelo site da mostra.

A única exigência para o filme participar da mostra é ser uma produção brasileira.

A mostra não é competitiva e toda sua programação terá entrada franca.

Comentários desativados em 10a Mostra Cinema Popular Brasileiro abre inscrições de filmes

Cineclube Lumiar apresenta, neste domingo, A grande sedução

Posted in Cinema, Cultura, Nova Friburgo by ImprensaBR on 10/08/2013

A GRANDE SEDUÇÃO

 

Direção de Jean-François Pouliot • CANADÁ • Ficção • 2003 • 109 minutos • Livre

Sinopse: A pequena ilha de St. Marie-La-Mauderne é um local esquecido pelo tempo. Seus quase 130 habitantes vivem do seguro social pago pelo governo. Não há médico nem tão pouco uma fábrica. Mas todos se divertem bebendo cervejas no único restaurante da cidade conversando sobre o nada. O povoado precisa de um doutor para poder sediar uma fábrica de plásticos. Assim, eles montam um plano para tentar convencer o Dr. Cristopher a se mudar definitivamente para o local. Um hilariante e emocionante plano onde os detalhes são tão engraçados quanto estapafúrdios. 

Para assistir ao trailer do filme, clique no link abaixo.

A Grande Sedução (original – legendas em inglês)

As sessões do CINECLUBE LUMIAR acontecem todos os domingos no

TRIBUNA LIVRE CULTURAL, sempre ás 19h, com entrada franca.

Rua Dep. Amâncio Mario de Azevedo, 145, em frente ao lago de Lumiar. Lumiar/ Nova Friburgo (RJ/ BR).

Comentários desativados em Cineclube Lumiar apresenta, neste domingo, A grande sedução

Anima Cine Macaé divulga filmes selecionados para sua primeira edição

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Estado, Macaé, Região, Rio das Ostras, Turismo, TV O Polifônico, Videofonia by ImprensaBR on 07/08/2013

Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé acontecerá de 24 a 30 de agosto

O Anima Cine Macaé, Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé divulga hoje a seleção dos filmes que serão exibidos na primeira edição do festival.

angel

Animação polonesa ‘Angel’, de Agnieszka Skolik.

 

Segundo a curadora do Anima Cine, Leonor Bianchi, a programação foi pensada e construída em cima de uma demanda regional de contato e aproximação com o gênero. “Mesmo com os meios digitais de comunicação, muita gente no interior não conhece outro tipo de animação que não seja os desenhos da Disney e os mangás japoneses. Consideramos este aspecto e preferimos criar um panorama didático, digamos assim, para selecionar as obras. O formato pensado para esta curadoria seguiu a tendência das janelas dos festivais mais significativos de animação que existem hoje no mundo, mas não esquecemos de olhar para o nosso quintal, afinal somos interior, estamos no interior. Macaé é uma cidade transatlântica, mas aqui é interior do Brasil… Exibiremos filmes premiados em Annecy (o maior do gênero no mundo) e tantos outros que estão hoje, neste momento, sendo exibidos no Anima Mundi, o maior festival de animação do Brasil, mas também exibiremos animações locais, de gente de Macaé, a terra do pai da animação brasileira, o mote do Anima Cine Macaé, inclusive! Isso mostra a intenção da Curadoria em dialogar com as produções regionais sem desconsiderar que há uma grande escola de cinema de animação fora do Brasil. Uma escola mais antiga e que merece respeito, mas que hoje, com o acesso às ferramentas de produção de um filme animado, nada perde à criatividade dos animadores brasileiros. Alguns (muitos), inclusive, trabalham lá fora, mas assinam a realização de vários filmes como sendo feitos no Brasil. O Brasil tem se revelado um grande produtor de animação para cinema. A publicidade domina um nicho que acaba fomentando o surgimento de novos realizadores a cada dia”, comentou a curadora do festival.

Foram selecionados 32 filmes, dentre estes, três longas-metragens. A relação dos selecionados e os programas do Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé já está online no site www.animacinemacae.wordpress.com

O Anima Cine é uma realização de Curadoria de Cinema e Escola Livre de Comunicação e Artes.

Comentários desativados em Anima Cine Macaé divulga filmes selecionados para sua primeira edição

O Anima Cine invadiu a redação d’O Polifônico!!!! É tempo para uma reflexão social inteligente e provocadora, característica deste gênero cinematográfico, e o curta animado ‘Imagine uma menina com cabelos de Brasil…’ nos remete bem a esse estado de reflexão crítica sem perder o bom humor…

imagine

‘Imagine uma menina com cabelos de Brasil…’ A animação do ilustrador e animador Alexandre Bersot será exibida no Programa de abertura do Anima Cine Macaé, dia 25 de agosto, no CriaSana. Para ver toda a programação de filmes, acesse o site do festival aqui. O Anima Cine tem programação gratuita.

Realização: Curadoria de Cinema e Escola Livre de Comunicação e Artes
Comunicação: ImprensaBR

Comentários desativados em O Anima Cine invadiu a redação d’O Polifônico!!!! É tempo para uma reflexão social inteligente e provocadora, característica deste gênero cinematográfico, e o curta animado ‘Imagine uma menina com cabelos de Brasil…’ nos remete bem a esse estado de reflexão crítica sem perder o bom humor…

Anima Cine Macaé divulga seleção de filmes que serão exibidos no Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé

Posted in Cinema, Cultura, Macaé by ImprensaBR on 06/08/2013

luz anima acao cartaz

Já está online no site do Anima Cine Macaé a seleção dos filmes que serão apresentados no festival e toda a programação das exibições.

Acesse aqui.

Comentários desativados em Anima Cine Macaé divulga seleção de filmes que serão exibidos no Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé

Cineclube Lumiar apresenta, hoje, ás 19h, Estamos juntos, produção nacional de Tony Venturi.

Posted in Cinema, Cultura, Nova Friburgo by ImprensaBR on 04/08/2013

999172_642960072390376_1990169621_n

Sinopse: Carmem é uma jovem e talentosa médica que leva uma vida independente na agitada São Paulo, ao lado do seu divertido amigo Murilo, longe das sufocantes amarras da cidade do interior de onde veio. Mas tudo muda quando sintomas de uma grave e inesperada doença surgem na vida da residente. Sua rotina se transforma e ela passa a se relacionar cada vez mais com um enigmático homem, ao mesmo tempo em que se entrega a uma intensa paixão com o impetuoso Juan. Com o passar das semanas, Carmem fará com que as duas realidades em que vive se confrontem, mesmo que elas acabem conquistando ou destruindo uma à outra.

As sessões do CINECLUBE LUMIAR acontecem todos os domingos no TRIBUNA LIVRE CULTURAL.
Rua Dep. Amâncio Mario de Azevedo, 145
(em frente ao lago de Lumiar)
LUMIAR – Nova Friburgo \ RJ
Sempre às 19h.

Comentários desativados em Cineclube Lumiar apresenta, hoje, ás 19h, Estamos juntos, produção nacional de Tony Venturi.

Em novembro… 10 anos depois…

Posted in Cinema, Cultura, Educação, Nova Friburgo by ImprensaBR on 02/08/2013

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comentários desativados em Em novembro… 10 anos depois…

Intocáveis no Cineclube Lumiar

Posted in Cinema, Cultura, Nova Friburgo by ImprensaBR on 05/07/2013

 

os intocaveis no cineclube lumiarNo próximo domingo, 7 de julho, com entrada franca, o Cineclube Lumiar apresenta o filme ‘Intocáveis’, de Eric Toledano e Olivier Nakache. • França • Ficção • 2011 • 112 minutos • 14 anos.

 Sinopse: Philippe é um aristocrata rico que, após sofrer um grave acidente, fica tetraplégico. Precisando de um assistente, ele decide contratar Driss, um jovem problemático que não tem a menor experiência em cuidar de pessoas no seu estado. Aos poucos ele aprende a função, apesar das diversas gafes que comete. Philippe, por sua vez, se afeiçoa cada vez mais a Driss por ele não tratá-lo como um pobre coitado. Aos poucos a amizade entre eles se estabelece, com cada um conhecendo melhor o mundo do outro. Inspirado em uma história real.

Para assistir ao trailer do filme, clique Intocáveis.

Comentários desativados em Intocáveis no Cineclube Lumiar

Anima Cine Macaé exibirá lançamento feito em coprodução com o Canal Brasil

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Internacional, Macaé by ImprensaBR on 03/07/2013

O longa-metragem ‘Luz, Anima Ação’, dirigido por Eduardo Calvet e produzido por Felipe Haurelhuk será exibido no Anima Cine Macaé. O filme acaba de ser finalizado e, antes de ser exibido em Macaé, será exibido apenas uma única vez, uma semana antes, no maior festival de cinema de animação do Brasil, o Anima Mundi. Será um privilegio estar neste circuito de lançamento do filme! Não percam! Em agosto, no Sana (região serrana de Macaé) e em outros pontos da cidade.

www.animacinemacae.wordpress.com

Comentários desativados em Anima Cine Macaé exibirá lançamento feito em coprodução com o Canal Brasil

Festival de Animação de Macaé encerra inscrições de filmes

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Estado, Internacional, Macaé, Região by ImprensaBR on 28/06/2013

Anima Cine – Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé promete trazer para a cidade natal do primeiro animador brasileiro o melhor da animação mundial

Seguem até amanhã, 29 de junho, as inscrição de filmes no Anima Cine – Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé (RJ). O Festival acontecerá de 24 a 30 de agosto com sessões voltadas para todas as idades e também para o público estudantil das redes públicas de ensino. Na programação do festival, além das exibições de filmes, haverá palestras, debates e uma oficina de animação. Tudo de graça para o público.

Segundo a idealizadora do Anima Cine, Leonor Bianchi, Macaé é a cidade natal do primeiro animador de cinema do Brasil, Álvaro Marins, mais conhecido como Seth. “Macaé se orgulha deste marco ainda pouco conhecido, mas ainda não sabe a dimensão deste feito. Seth foi um ícone na ilustração brasileira e a cidade, agora, com este festival, estabelece, definitivamente, seu vínculo artístico e afetivo com o cinema de animação e com o feito do pioneiro Seth”.  

Seth trabalhou em muitos jornais e revistas cariocas como ilustrador, desenhou inúmeras artes para a publicidade nos primeiros tempos da publicidade no Brasil, no início do século XIX e tem sua marca registrada na história da animação brasileira.

Por ter nascido em Macaé e por consideramos que ele merece um lugar de destaque na História da Animação Brasileira, Seth e a Animação ganharam este projeto como forma de resgate a esta parte da história da cidade.

“O Anima Cine Macaé pretende preencher a lacuna tão expressiva de ser Macaé a cidade de origem do primeiro animador brasileiro. Esperamos que este festival de cinema de animação torne-se referência em todo o Brasil e no mundo e que possa fazer jus ao fato de ter sido nesta cidade, Macaé, o local de nascimento do diretor de ‘kaiser’, o primeiro filme animado feito no Brasil por um brasileiro, o Seth, em 1917”, ressalta a idealizadora do Festival.

Primeira animação brasileira

O filme ‘kaiser’ estreou em 22 de janeiro de 1917, no Cine Pathé, no Rio de Janeiro, meses antes de o Brasil declarar guerra à Alemanha e iniciar sua participação na Primeira Guerra Mundial. Consistia de uma charge animada, mostrando o imperador Guilherme II colocando sobre a cabeça um capacete que representava o controle sobre o mundo. Em seguida, um globo terrestre crescia e engolia o líder alemão. Em outra cena, o Presidente Nilo Peçanha, em traço caricatural também aparecia explodindo numa gargalhada de progressão crescente.

Inscrições

As inscrições podem ser feitas pelo site do Anima Cine www.animacinemacae.wordpress.com através do preenchimento da Ficha de Inscrição disponível na plataforma online. O responsável pelo processo de inscrição deve estar atento ao Regulamento do Festival, também disponível no site e enviar, junto com a obra inscrita, o Termo de Autorização de Exibição da Obra Audiovisual, também encontrado no site, ambos assinados por ele.

Além dos filmes inscritos espontaneamente, o Anima Cine compôs uma Curadoria, que está convidando realizadores brasileiros e de outras partes do mundo a apresentarem seus trabalhos no festival.

Comentários desativados em Festival de Animação de Macaé encerra inscrições de filmes

Cinema no Sana: Distrito serrano de Macaé receberá sessão de abertura do Anima Cine Macaé

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Estado, Internacional, Macaé, Turismo, Videofonia by ImprensaBR on 25/06/2013

Iniciativa partiu da produção do festival após receber inscrições de filmes realizados por alunos da Escola Municipal do Sana

peito_pombo

Peito do Pombo. Símbolo do Sana e de sua maior riqueza: a natureza.

Após receber inscrições de filmes realizados no Sana durante uma oficina de fotografia ministrada pelo multi artista Moisés Bruno Heguedusch Santos, a produção do Anima Cine – Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé, decidiu levar a abertura do projeto para o distrito serrano de Macaé. O objetivo é incentivar a produção local e prestigiar a comunidade, que ainda não conta com um cinema alternativo ou com um circuito cineclubista de exibição.

“Buscamos dialogar e conhecer a pessoa que tinha inscrito esses filmes no festival a fim de aproximar a produção da comunidade e saber se havia interesse desta em receber sessões do Anima Cine, e a resposta foi positiva”, conta a produtora executiva do Anima Cine, Leonor Bianchi.

super-8

Planet of the apes, versão original, 1968, em Super 8, foi um dos filme exibidos no Sana, em 2001.

“O Sana tem tradição em produção cultural e artística desde os anos 60, mas ainda não aconteceu por lá um festival de cinema, o que, aliás, tem tudo a ver com a vocação turística do lugar. Conhecemos a Festa do Sana, a famosa banda Raiz do Sana, que tornou o lugarejo conhecido em todo o Brasil e até fora do país e motivou o aparecimento de muitos músicos e alguns festivais de música no arraial, sabemos da existência de diversos grupos e coletivos culturais que atuam na comunidade fazendo apresentações circenses, musicais, folclóricas, mas cinema ainda não vi chegar ao Sana. Em 2001, levei meu Super 8 para lá e exibi muita fita animada e uns curtas adultos no bar do Madeira, o Telektonon. Depois disso, com minha atuação em Lumiar e São Pedro da Serra com a Mostra Cinema Popular Brasileiro, acabei não retornando ao Sana para fazer mais exibições. Agora, com a presença do Anima Cine na comunidade, tenho expectativas de que consigamos criar um circuito exibidor alternativo no Sana. Estou em diálogo com pessoas da comunidade para começarmos a criar uma mobilização em torno do assunto e futuramente realizarmos uma oficina de cineclubismo, para que mais adiante possamos pensar em criar um cineclube no Sana. Um cineclube com programação permanente e gratuita. Minha intenção não é apenas levar o Anima Cine para o Sana e depois descer a serra sem deixar algo de concreto para a comunidade com a ida do projeto para lá. A ideia é que o festival tenha sim o seu papel enquanto formador de plateia, fomentador do turismo e do contato da comunidade local com a produção cultural macaense, brasileira e mundial de animação, mas que funcione também como um convite para a aproximação da comunidade com o cinema e a linguagem audiovisual, para que esta possa desfrutar do espetáculo cinematográfico permanentemente e não só no momento do festival”, observa a produtora executiva, que também assina a concepção do Anima Cine Macaé.

Abertura do festival será dia 24 de agosto

O Sana foi o local escolhido para abrir o Anima Cine Macaé. A comunidade do charmoso vilarejo incrustado na Mata Atlântica do norte-fluminense e os turistas que subirem a serra poderão participar das sessões de cinema e da Oficina de Sonoplastia durante o final de semana de 24 e 25 de agosto. Haverá exibições de filmes para todas as idades, com entrada franca.

Anima Cine exibirá produção local vencedora do Prêmio Menino Caranguejo

iza ajuda a natureza

Alunos da Escola Municipal do Sana durante a oficina de fotografia que originou o curta animado ‘Iza ajuda a natureza’, selecionado para o Anima Cine Macaé.

A programação de filmes do Anima Cine ainda não está fechada porque as inscrições ainda estão abertas através do site do festival, até 29 de junho. Ainda não há confirmação da Curadoria a respeito dos filmes que serão exibidos, mas, considerando a relevância e especificidade de uma animação produzida no Sana, distrito macaense, inscrita no festival, a Curadoria Nacional do Anima Cine considerou que a obra audiovisual já estaria classificada. “Um dos objetivos do Anima Cine é incentivar as produções locais e regionais. Quando vi que o distrito do Sana tinha duas produções inscritas no festival, procurei assistir os filmes e considerei pertinente selecionar um das obras. Trata-se de um filme cujo tema levantado é a preservação ambiental. Tenho dito sempre, que o Sana pode ser o lugar ideal para o Anima Cine abrir uma janela de exibição voltada para a temática socioambiental. E como existem produções do gênero voltadas para essa temática! Daria para fazer um festival só de animações sobre o assunto. A inscrição espontânea do curta-metragem ‘Iza ajuda a natureza’ (2’24’’/ 2011) no Anima Cine é a prova disso. O filme foi feito por sete alunos do primeiro grau da Escola Municipal do Sana durante uma oficina de fotografia ministrada por Moisés Bruno Heguedusch Santos. A animação ganhou o 6º lugar no Prêmio Menino Caranguejo, do Instituto Caranguejo de Educação Ambiental, de Joinvile (SC) e será exibida junto com outros curtas na sessão de abertura do Anima Cine Macaé, dia 24 de agosto.

A animação é feita com técnica stop motion e bonecos de massinha. A direção de arte do filme trabalhou com cenários produzidos a partir de materiais reutilizáveis, como papelão e recortes de tecidos. O professor da oficina, Moisés Bruno Heguedusch, assina a edição do curta, mas as crianças da escola criaram o argumento e o roteiro do filme, nomearam a personagem e construíram toda a evolução da estória.

Sambando dará uma Oficina de Sonoplastia

Durante o Anima Cine haverá uma Oficina de Sonoplastia oferecida pelo Sambando – Núcleo Social de Cultura e Arte – um dos principais fomentadores ativos da cultura no Sana e entidade parceira do Anima Cine. O Sambando será a sede do Anima Cine no Sana.

A oficina será ministrada por Rodrigo Bucair, percussionista, fundador, presidente e professor do Sambando.

Poderão participar jovens com mais de 13 anos. As inscrições serão gratuitas e começarão uma hora antes do início da oficina, na base da produção do Anina Cine no Sana, no sábado, 24 de agosto. A Oficina de Sonoplastia terá duração de três horas diárias dividas entre os dias 24 e 25 de agosto.

Participe do Anima Cine Macaé! De 24 e 25 (Sana), de 26 a 30 de agosto de 2013 no Sana e no Solar dos Mellos, em Macaé, Rio de Janeiro (BR).

Curta a Fan Page do projeto.

Comentários desativados em Cinema no Sana: Distrito serrano de Macaé receberá sessão de abertura do Anima Cine Macaé

Curso de Cinema Ambiental em Macaé

Posted in Cinema, Cultura, Educação, Macaé, Meio Ambiente, Região, Rio das Ostras, Videofonia by ImprensaBR on 25/06/2013

O Curso de Cinema Ambiental (CUCA) é um projeto desenvolvido pelo Núcleo de Arte, Mídia e Educação (AME) da UFRJ-Macaé. É um curso prático que mistura diversas áreas do conhecimento, uma forma coletiva e criativa de fazer pesquisa com o outro.

O CUCA busca proporcionar uma experiência em equipe visando à elaboração coletiva de filmes ambientais. Uma construção subjetiva das relações entre sociedade, natureza e políticas públicas.

Cada curso é realizado em uma semana, durante esta semana criamos coletivamente o nosso olhar com “personagem” registrado.

PRÓXIMO CURSO: 12 a 16 de agosto de 2013.

Período de inscrição: 01 a 31 de julho de 2013.

SELEÇÃO 6º CUCA

Clique AQUI para baixar o EDITAL DE SELEÇÃO.  

Clique AQUI para baixar a FICHA DE INSCRIÇÃO.

Comentários desativados em Curso de Cinema Ambiental em Macaé

Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé promete trazer para a cidade natal do primeiro animador brasileiro o melhor da animação mundial

Começou no dia 11 de maio e seguirá até 29 de junho o período de inscrição de filmes no Anima Cine – Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé (RJ).

O Festival acontecerá de 19 a 25 de agosto com sessões voltadas para todas as idades e também para o público estudantil da rede pública de ensino.

Na programação do Festival, além das exibições de filmes, haverá palestras, debates e uma oficina de sonoplastia. Tudo de graça para o público.

Segundo a idealizadora do Anima Cine, Leonor Bianchi, Macaé orgulha-se de ser a cidade natal do primeiro animador de cinema do Brasil, Álvaro Marins, mais conhecido como Seth. “Macaé tem orgulho deste marco ainda pouco conhecido no mundo. Seth foi um ícone na ilustração brasileira e a cidade, agora, com este festival, estabelece, definitivamente, seu vínculo artístico e afetivo com o cinema de animação e com o feito do pioneiro Seth”.

Seth trabalhou em muitos jornais cariocas como ilustrador, desenhou inúmeras artes para a publicidade nos primeiros tempos da publicidade no Brasil, e tem sua marca registrada na história da animação brasileira.

“Esperamos que este festival de cinema de animação torne-se referência e que possa fazer jus ao fato de ter sido nesta cidade, Macaé, o local de nascimento do diretor de ‘kaiser’, o primeiro filme animado feito no Brasil por um brasileiro, o Seth, em 1917”, ressalta a idealizadora do Festival.

Primeira animação brasileira

O filme ‘kaiser’ estreou em 22 de janeiro de 1917, no Cine Pathé, no Rio de Janeiro, meses antes de o Brasil declarar guerra à Alemanha e iniciar sua participação na Primeira Guerra Mundial. Consistia de uma charge animada, mostrando o imperador Guilherme II colocando sobre a cabeça um capacete que representava o controle sobre o mundo. Em seguida, um globo terrestre crescia e engolia o líder alemão.

Desde 1907 os cinemas brasileiros já apresentavam vinhetas animadas no encerramento dos cinejornais. Contudo, ‘Kaiser’ foi a primeira animação autônoma brasileira a ser exibida.

Fotograma do filme kaiser
Fotograma do filme kaiser

Inscrições

As inscrições podem ser feitas pelo site do Anima Cine www.animacinemacae.wordpress.com através do preenchimento da Ficha de Inscrição disponível na plataforma online. O responsável pelo processo de inscrição deve estar atento ao Regulamento do Festival, também disponível no site e enviar, junto com a obra inscrita, o Termo de Autorização de Exibição da Obra Audiovisual, também encontrado no site, ambos assinados por ele.

Além dos filmes inscritos espontaneamente, o Anima Cine compôs uma Curadoria, que está convidando realizadores brasileiros e de outras partes do mundo a apresentarem seus trabalhos no Festival.

Na maior rede social do mundo, curta a página do Anima Cine.

Tagged with:

Comentários desativados em Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé promete trazer para a cidade natal do primeiro animador brasileiro o melhor da animação mundial

Faculdade de Educação da UFF promove debate com Maria Prestes, viúva de Luiz Carlos Prestes, nesta quarta-feira

Posted in Brasil, Cidadania, Cinema, Cultura, Educação, Estado, Videofonia by ImprensaBR on 17/06/2013

A Faculdade de Educação da UFF promove no dia 19 de junho um debate sobre a vida de ambos e a restituição do cargo de Prestes como senador. O evento ocorrerá às 14h, no Auditório Florestan Fernandes da Faculdade de Educação, Bloco D, Campus do Gragoatá, São Domingos, Niterói. Haverá projeção dos filmes “O Capitão e o Poeta” e “Maria Prestes: Filme sobre a Vida da Viúva do Líder Luiz Carlos Prestes”, momento de autógrafos do livro “Meu companheiro: 40 anos ao lado de Luiz Carlos Prestes”. Toda a programação é aberta ao público.

Fonte: Agência UFF de Notícias

Comentários desativados em Faculdade de Educação da UFF promove debate com Maria Prestes, viúva de Luiz Carlos Prestes, nesta quarta-feira

Anima Cine Macaé terá lançamento de longa-metragem sobre a animação no Brasil

O filme Luz, anima, ação será exibido durante o festival e após a sessão haverá debate com a equipe de realização. Em breve mais detalhes…

Documentário longa-metragem coproduzido pelo Canal Brasil, que resgata a fabulosa trajetória da animação brasileira desde o pioneiro “O Kaiser” ao boom produtivo que expande fronteiras!

O filme tem direção de Eduardo Calvet, produção de Felipe Haurelhuk. Veja no link do teaser a equipe completa.

Comentários desativados em Anima Cine Macaé terá lançamento de longa-metragem sobre a animação no Brasil

Termina hoje o período de inscrição para o Festival de Cinema Ambiental da UFRJ Macaé

Posted in Cinema, Cultura, Educação, Macaé, Meio Ambiente, Videofonia by ImprensaBR on 11/06/2013

A programação será composta por mostras competitivas e programas especiais

festival cinema ambiental ufrj macae

Terminam hoje as inscrições de curtas-metragens para a 2ª edição do Festival Cinema Ambiental UFRJ Macaé, que acontece no dia 28 do mesmo mês no campus da UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro, em Macaé. O festival, por meio da difusão da produção cinematográfica no formato curta-metragem, objetiva incentivar a produção local de filmes e estimular a reflexão e o debate sobre os temas Meio ambiente, Poluição e Impactos ambientais, Indústria de exploração dos recursos naturais e suas consequências, e Imigrações urbanísticas e o crescimento das cidades. As inscrições são gratuitas.

Para realizar a inscrição, o candidato deve ler atentamente o regulamento, preencher a ficha de inscrição disponível no site e enviá-la para o e-mail cineambientalmacae@gmail.com. Será necessário enviar também uma cópia do filme em CD ou DVD por via postal, para o endereço que se encontra no regulamento, ou pessoalmente. Podem se inscrever curtas-metragens de ficção, animação ou documentário, com duração máxima de 15 minutos, produzidos a partir de 2011, e que versem sobre os temas propostos para esta edição do evento. Não serão aceitos filmes jornalísticos nem publicitários.

A mostra competitiva se divide em três categorias: Profissional, destinada à exibição de produções realizadas profissionalmente; Estudante, que exibirá produções realizadas exclusivamente por alunos de nível fundamental, médio ou superior, que estejam cursando seus respectivos anos letivos e devidamente matriculados; e Amador, para a qual não serão exigidos filmes em alta definição, priorizando-se a mensagem passada pela obra. Os vencedores de cada categoria receberão premiação simbólica, um certificado assinado pelo coordenador de extensão da UFRJ Macaé e eventuais prêmios extras. O resultado da seleção será comunicado em 21 de junho, e os selecionados serão informados por e-mail. Para mais informações, acesse o site oficial do Festival Cinema Ambiental UFRJ Macaé.

Comentários desativados em Termina hoje o período de inscrição para o Festival de Cinema Ambiental da UFRJ Macaé

De Seth aos Malditos Caricaturistas: Vem aí o Anima Cine Macaé

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Macaé, Notas, Turismo, Videofonia by ImprensaBR on 10/06/2013

Seth, o macaense caricaturista que fez a primeira animação brasileira e que inspira o Anima Cine Macaé  -Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé -, inspirou também uma enorme geração de caricaturistas brasileiros. O longa-metragem Malditos Cartunistas é um documentário imperdível para quem curte o assunto. No filme, as últimas três, quatro gerações de ilustradores e caricaturistas de nosso país contam como começaram a trabalhar como desenhistas… No link, assista uma entrevista com Daniel Paiva, Diretor do Documentário.

Plano Geral 796 – 22/12/12 from Cine Magazine on Vimeo.

Inscreva seu filme até 20 de julho pelo www.animacinemacae.wordpress.com

Comentários desativados em De Seth aos Malditos Caricaturistas: Vem aí o Anima Cine Macaé

Olhar de Cinema 2013: Festival Internacional de Curitiba começa nesta quinta (06/06), trazendo mais de 100 filmes de 26 países

Posted in Brasil, Cinema, Cultura by ImprensaBR on 04/06/2013

olhardecinemaComeça nesta quinta-feira, 6 de junho, o Olhar de Cinema 2013 – Festival Internacional de Curitiba. Sempre com o objetivo de promover reflexões sobre o cinema e formar novos olhares, o evento exibirá até o próximo dia 14 nada menos que 104 filmes de 26 países, entre curtas e longas, vindos dos quatro cantos do mundo. E mais: debates, seminários, bate-papos, encontros e oficinas.

A duração do Olhar de Cinema 2013 – Festival Internacional de Curitiba passa agora a ser de 9 dias. E os valores de suas premiações também aumentaram:

  • Melhor Filme Competitiva Internacional Longa – R$ 12.000
  • Melhor Filme Competitiva Brasil Longa – R$ 10.000
  • Melhor Filme Competitiva Internacional Curta – R$ 4.000
  • Melhor Filme Competitiva Brasil Curta – R$ 3.000

Este ano, foram recebidos 1.959 filmes de 93 países, o que representa 410 inscrições a mais que no ano passado.

Além dos filmes em competição, o Olhar de Cinema 2013 – Festival Internacional de Curitiba traz também:

Mostra Olhar Retrospectivo com uma seleção de oito longas metragens dirigidos por Carlos Reichenbach, cujo primeiro aniversário de morte será relembrado no próximo dia 14 de junho.

Foco Alemanha com uma seleção de nove filmes que traçam um panorama da cidade de Berlim e das suas transformações desde os anos 20 até o século XXI.

II Seminário de Cinema de Curitiba com mesas e debates diários com os temas cinema e educação, curadoria e programação, linguagem, crítica, realização e vários outros. Participantes nacionais e internacionais.

Mostra Multiolhares com obras especiais representativas da produção audiovisual experimental.

Sessão Diálogos promovendo bate-papos diários entre o público e personalidades do cenário cinematográfico.

 Oficinas de Produção Executiva, Crítica Cinematográfica e Assistência de Direção e Produção Colaborativa.

Olhar Itinerante, onde as sessões se estendem para além de Curitiba, chegando também às cidades de Cascavel, Londrina, Maringá, Pato Branco e São José dos Pinhais.

Sobre o Festival

O objetivo do Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba é promover reflexões sobre o cinema e formar novos olhares, por meio de um destaque dado a curtas e longas metragens pouco comuns nas salas de cinema brasileiras.

Abrangendo várias expressões culturais, o festival busca uma seleção de filmes que se comuniquem entre si. A intenção é que a combinação de novos talentos, diretores veteranos, convidados prestigiados e o público presentes num mesmo lugar seja a alma do festival.

Saiba + e veja a programação completa em WWW.olhardecinema.com.br

Fonte: Planeta Tela Comunicações

Comentários desativados em Olhar de Cinema 2013: Festival Internacional de Curitiba começa nesta quinta (06/06), trazendo mais de 100 filmes de 26 países

Dia da Mata Atlântica no Cineclube Lumiar

Posted in Cinema, Cultura, Nova Friburgo by ImprensaBR on 26/05/2013

Lumiar São Pedro da Serra out 2012 002

Como parte das comemorações pela data, o Cineclube Lumiar exibe neste domingo quatro produções que lembram a relevância deste bioma que possui a maior biodiversidade do planeta.

Quilombola das Lauráceas

Difusão do Patrimônio Cultural do Vale do Ribeira Paranaense (20 min)

Casas de barro e chão de terra batida com a estrutura feita em madeira roliça no estilo pau-a-pique, cobertas por sapê e amarradas com cipó. O Parque Estadual das Lauráceas é o ponto de partida para uma mostra do conhecimento popular contido no interior da Mata Atlântica, onde residem os protagonistas do saber fazer tradicional retratados neste documentário.

Jaracatiá, o fruto e seu doce preservando a diversidade (13 min

Documentário sobre Jaracatiá, fruta originária da Mata Atlântica e hoje encontrada na região de São Pedro/SP. O filme é resultado de uma pesquisa científica que buscou revitalizar a tradição do doce de Jaracatiá em calda como alimento ecogastronomico produzido com sustentabilidade, o filme ainda trata de aspectos históricos e culturais, colaborando para o resgaste da importância da espécie para a proteção da biodiversidade da Mata Atlântica.

Rede Guandu – Produção e Consumo Responsável (12 min)

A Rede Guandu é uma iniciativa de consumo responsável que surgiu em Piracicaba-SP no ano 2007. Através de depoimentos dos consumidores, produtores e do grupo de articulação, o documentário apresenta ao espectador a rede e seu funcionamento, partindo de conceitos ligados a Economia Solidária, Agricultura de Base Ecológica até o funcionamento da rede em seu dia a dia.

Rio + 20, Rio + Verde (15 min)

O filme apresenta momentos do curso de técnicas ecológicas para aquecimento solar, tratamento ecológico de esgoto e agroecologia. Ele foi realizado no Complexo do Alemão no Rio de Janeiro/RJ em maio de 2012, destacando a transição para uma Economia Verde.

Após a sessão, debate com ativistas e pesquisadores para uma coexistência sustentável entre população e recursos naturais dentro do bioma Mata Atlântica.

As sessões do CINECLUBE LUMIAR acontecem todos os domingos na Tribuna Cultural.

Rua Dep. Amâncio Mario de Azevedo, 145 (em frente ao lago de Lumiar)

LUMIAR – Nova Friburgo \ RJ

19h – ENTRADA É FRANCA

O Cineclube Lumiar iniciou suas atividades em 24 de fevereiro de 2008 com intuito de promover o acesso gratuito à obras cinematográficas, aliado ao desenvolvimento de uma consciencia socio-ambiental da região de Lumiar, 5º distrito de Município de Nova Friburgo, na região serrana do Estado do Rio de Janeiro. Atualmente as sessões, que são todos os domingos, acontecem no Tribuna Livre Cultural, em frente ao lago de Lumiar. Sessões ao ar livre e itinerantes também são realizadas regularmente, além de atividades relacionadas ao cinema, como mostras, oficinas, produção de videos, além da manutenção de um acervo.

Cineclube Lumiar no Facebook

Comentários desativados em Dia da Mata Atlântica no Cineclube Lumiar

Anima Cine Macaé recebe filmes: Premiados serão exibidos em Macaé

Posted in Cinema, Cultura, Macaé by ImprensaBR on 23/05/2013

cacinho premio melhor curta art deco

Começaram a chegar os filmes inscritos, até agora, para o Anima Cine Macaé. Na programação do primeiro Festival Internacional de Cinema de Macaé, os animadores brasileiros ganham destaque.

Nesta edição, o programa contará com longas e curtas animados por brasileiros, em laboratórios cem porcento brasileiros. É certo que já chegaram filmes de animadores brasileiros que moram fora e trabalham em laboratórios europeus, canadenses, norte-americanos, portugueses…

Segundo esta lógica, dentro do Panorama Animadores Brasileiros, destacamos as obras do realizador de Juiz de Fora, Cacinho.

Cacinho acaba de ganhar o prêmio de Melhor Animação como o filme ‘Terra, cuide dessa bola’, no Festival Art Deco de Cinema 2013, em São Paulo. A premiação aconteceu nesta terça-feira.

O trabalho de Cacinho, que escolheu a técnica stop motion para animar seus filmes, poderá ser visto durante o Anima Cine Macaé, de 19 a 25 de agosto, na cidade de Macaé RJ).

Comentários desativados em Anima Cine Macaé recebe filmes: Premiados serão exibidos em Macaé

Primeira animação feita na Bahia, Boi Aruá, está na sessão do Anima Cine Macaé Especial para o Cineclube Cinemofônico

Posted in Cineclube Cinemofônico, Cinema, Cultura, Videofonia by ImprensaBR on 16/05/2013

LB

Nossa região está recebendo um projeto de relevante interesse no setor cultural. Trata-se do Anima Cine Macaé, o primeiro festival internacional de cinema de animação da região Norte Fluminense.

O Polifônico é realizador do Anima Cine e, a partir de hoje, prestigiará o gênero Animação em suas sessões do Cineclube Cinemofônico.

Abrindo a programação especial do Anima Cine Macaé no Cinemofônico, apresentamos a obra-prima Boi Aruá (1984), longa-metragem de animação brasileiro dirigido por Chico Liberato.

Boi_Aruá

O desenho animado inspirado na literatura de cordel conta a história de um fazendeiro cujo poder é desafiado sete vezes pela extraordinária aparição de um boi misterioso, o Boi Aruá.

Baseado no imaginário do sertanejo nordestino, Boi Aruá é muito mais do que uma simples e didática adaptação do universo nordestino: é uma transposição extremamente criativa desta cultura para o audiovisual. Com um traço típico dos desenhos de cordel, mas à diferença de J. Borges, tem uma estética própria, singela e poética. A própria narrativa é peculiar, nada óbvia e com diálogos soltos, ficando completamente justificada dentro do mergulho mitológico desejado.

Boi Aruá é a primeira animação produzida na Bahia. O filme tem trilha orquestrada por Ernest Widmere e música de Elomar.

O enredo conta a história de um vaidoso e austero vaqueiro (Tibúrcio), que cisma em capturar um boi selvagem e encantado (Aruá). O desejo de laçar o boi mandinguento se torna uma obsessão que diz muito sobre a personagem. O boi é metamórfico – ora é um simples animal, ora uma espécie de Exu, ora vira uma constelação, ora é o próprio vaqueiro. No curso da história, a verdadeira natureza do Boi se revela ao vaqueiro Tibúrcio.

Sobre o diretor

Francisco Liberato já realizou 10 curtas. Sua carreira começa em 1972 filmando “Anti-strofe”, e seu o último, curta é “Um Outro”, de 2008.

Seu recente projeto é o longa-metragem “Ritos de Passagem”, no qual lançou mão da computação gráfica pela primeira vez um de seus filmes. Na produção, que já correu muitos festivais de cinema de animação, seu filho, João Liberato, assina a trilha sonora, que mistura música erudita com instrumentos regionais como alfaia e agogô.

ritos_de_passagem_chico_liberato

Em entrevista ao IRDB Instituto de Radiodifusão da Bahia, Chico contou quais são seus planos para o próximo projeto: “Resgatar a história da fundação do Brasil. Desenhar e animar tribos indígenas, o tráfico de escravos e a colonização portuguesa até desembocar nos dias atuais, cujo símbolo maior de encontro cultural é o carnaval”, disse.

Assista o trailer de Ritos de Passagem

Comentários desativados em Primeira animação feita na Bahia, Boi Aruá, está na sessão do Anima Cine Macaé Especial para o Cineclube Cinemofônico

Seth, o macaense que virou notícia no universo da Animação

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Macaé by ImprensaBR on 13/05/2013
Matéria feita em 1930 pela extinta revista Cinearte (Ano V - edição 222).

Matéria feita em 1930 pela extinta revista Cinearte (Ano V – edição 222).

Matéria feita em 1930 pela extinta revista Cinearte (Ano V - edição 222).

Matéria feita em 1930 pela extinta revista Cinearte (Ano V – edição 222).

Para inscrever seu filme no primeiro festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé, acesse

www.animacinemacae.wordpress.com

Comentários desativados em Seth, o macaense que virou notícia no universo da Animação

Quissamã tem cinema, mas o cinema não está em Quissamã

Posted in Brasil, Cidadania, Cinema, Cultura, Denúncia, Editorial, Educação, Região, Videofonia by ImprensaBR on 12/05/2013
cinema quissamã

Quissamã tem cinema. Este foi construído há menos de 10 anos e funciona no Sobradinho, onde acontece uma cena cultural. Quero assistir cinema brasileiro no cinema de Quissamã e não home vídeo estadunidense, e infantis que só deseducam meus filhos… @Videoteca Cinema popular Brasileiro

Comentários desativados em Quissamã tem cinema, mas o cinema não está em Quissamã

Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé promete trazer para a cidade natal do primeiro animador brasileiro o melhor da animação mundial

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Educação, Macaé, Videofonia by ImprensaBR on 10/05/2013

Começou no dia 11 de maio e seguirá até 29 de junho o período de inscrição de filmes no Anima Cine – Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé (RJ).

O Festival acontecerá de 19 a 25 de agosto com sessões voltadas para todas as idades e também para o público estudantil da rede pública de ensino.

Na programação do Festival, além das exibições de filmes, haverá palestras, debates e uma oficina de animação. Tudo de graça para o público.

Segundo a idealizadora do Anima Cine, Leonor Bianchi, Macaé é a cidade natal do primeiro animador de cinema do Brasil, Álvaro Marins, mais conhecido como Seth. “Macaé se orgulha deste marco ainda pouco conhecido, mas ainda não sabe a dimensão do que isso significa. Seth foi um ícone na ilustração brasileira, e a cidade, agora, com este Festival, estabelece, definitivamente, seu vínculo artístico e afetivo com o cinema de animação e com o feito do pioneiro Seth”.

Seth trabalhou em muitos jornais cariocas como ilustrador, desenhou inúmeras artes para a publicidade nos primeiros tempos da publicidade no Brasil, e tem sua marca registrada na história da animação brasileira.

Por ter nascido em Macaé e por consideramos que ele merece um lugar de destaque na História da Animação Brasileira, Seth e a Animação ganharam este projeto como forma de resgate a esta parte da história da cidade.

“Esperamos que este festival de cinema de animação torne-se referência em todo o Brasil e que possa fazer jus ao fato de ter sido nesta cidade, Macaé, o local de nascimento do diretor de ‘kaiser’, o primeiro filme animado feito no Brasil por um brasileiro, o Seth, em 1917”, ressalta a idealizadora do Festival.

Primeira animação brasileira

O filme ‘kaiser’ estreou em 22 de janeiro de 1917, no Cine Pathé, no Rio de Janeiro, meses antes de o Brasil declarar guerra à Alemanha e iniciar sua participação na Primeira Guerra Mundial. Consistia de uma charge animada, mostrando o imperador Guilherme II colocando sobre a cabeça um capacete que representava o controle sobre o mundo. Em seguida, um globo terrestre crescia e engolia o líder alemão.

Desde 1907 os cinemas brasileiros já apresentavam vinhetas animadas no encerramento dos cinejornais. Contudo, ‘Kaiser’ foi a primeira animação autônoma brasileira a ser exibida.

Fotograma do filme kaiser

Fotograma do filme kaiser

Inscrições

As inscrições podem ser feitas pelo site do Anima Cine www.animacinemacae.wordpress.com através do preenchimento da Ficha de Inscrição disponível na plataforma online. O responsável pelo processo de inscrição deve estar atento ao Regulamento do Festival, também disponível no site e enviar, junto com a obra inscrita, o Termo de Autorização de Exibição da Obra Audiovisual, também encontrado no site, ambos assinados por ele.

Além dos filmes inscritos espontaneamente, o Anima Cine compôs uma Curadoria, que está convidando realizadores brasileiros e de outras partes do mundo a apresentarem seus trabalhos no Festival.

Na maior rede social do mundo, curta a página do Anima Cine.

Comentários desativados em Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé promete trazer para a cidade natal do primeiro animador brasileiro o melhor da animação mundial

O Som ao Redor, filme mais comentado de 2013, neste domingo, no Cineclube Lumiar

Posted in Cinema, Cultura, Nova Friburgo by ImprensaBR on 03/05/2013

o-som-ao-redor

 

Direção de Kleber Mendonça Filho  BRASIL  Ficção  2012  131 minutos  16 anos

 

Sinopse: A presença de uma milícia em uma rua de classe média na zona sul do Recife muda a vida dos moradores do local. Ao mesmo tempo em que alguns comemoram a tranquilidade trazida pela segurança privada, outros passam por momentos de extrema tensão. Ao mesmo tempo, casada e mãe de duas crianças, Bia tenta encontrar um modo de lidar com o barulhento cachorro de seu vizinho.

Para assistir ao trailer do filme, clique no link abaixo.

O Som ao Redor

As sessões do CINECLUBE LUMIAR acontecem todos os domingos no 

TRIBUNA LIVRE CULTURAL

Rua Dep. Amâncio Mario de Azevedo, 145
(em frente ao lago de Lumiar)
LUMIAR – Nova Friburgo \ RJ – 19h – ENTRADA É FRANCA

Comentários desativados em O Som ao Redor, filme mais comentado de 2013, neste domingo, no Cineclube Lumiar

Vencedores do Concurso de Ideias do Cinema Icaraí são premiados por sua criatividade e inovação

Posted in Cinema, Educação by ImprensaBR on 02/04/2013

A Universidade Federal Fluminense realizou nesta segunda-feira, 1º de abril, a cerimônia para entrega da premiação aos vencedores do Concurso de Ideias do Cinema Icaraí, no auditório da Escola de Engenharia, no Campus da Praia Vermelha. O objetivo do concurso era selecionar a melhor proposta de intervenção para a recuperação e a revitalização arquitetônica do Cinema Icaraí, em Niterói. O prédio é tombado pelo Departamento de Preservação do Patrimônio Cultural (Depac), órgão da Secretaria Municipal de Cultura de Niterói, e pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac), sendo uma das poucas construções no estilo “art-déco” ainda preservadas na cidade. 

Criatividade, inovação e, principalmente, a obediência aos critérios de tombamento orientaram a escolha do trabalho vencedor, sendo também necessário considerar soluções funcionais passíveis de serem executadas na prática e compatíveis com a questão da acessibilidade. A proposta prevê sala de música, sala de cinema, sala de exposições, espaço multiuso e um centro empresarial.

Os estudantes da UFF e da UFRJ Bruno Amadei Machado, David Baptista Lima de Mendonça, Lívia Borges Romariz, Natália Asfora Moutinho e Raíssa Macedo Gerheim foram os criadores da ideia vencedora. O trabalho foi orientado pela professora Rosina Trevisan Martins Ribeiro, com coorientação de Andrés Martín Pássaro e consultoria de Maria Lygia Alves de Niemeyer e Patrizia Di Trapano. A equipe recebeu o prêmio de R$ 5 mil. Bruno Machado agradeceu a oportunidade dada pela universidade e pelas comissões organizadora e julgadora. Destacou que espera que a iniciativa da UFF sirva como exemplo e dê origem a outros concursos voltados aos universitários. Raíssa Gerheim declarou que a equipe não estava esperando conquistar o primeiro lugar, mas que todos trabalharam e se esforçaram muito. “Procuramos seguir o edital à risca, as expectativas eram grandes, mas não imaginávamos ganhar”, completou Lívia Romariz.  ;

Na mesa de abertura da cerimônia estavam presentes o reitor da UFF, Roberto Salles; o vice-reitor, Sidney Mello; o secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia de Niterói, Waldeck Carneiro; e, pela Superintendência de Arquitetura e Engenharia (Saen) da UFF, o superintendente Luiz Augusto Cury e a chefe da Divisão de Desenvolvimento de Projetos, arquiteta Milena Sampaio. 

De acordo com Milena Sampaio, o desafio era viabilizar uma solução arquitetônica que pudesse compatibilizar as expectativas da sociedade niteroiense com as demandas da universidade, e ainda tendo que respeitar os parâmetros de tombamento do prédio. Milena parabenizou as equipes vencedoras pela qualidade e pelo mérito das propostas, que deverão guiar os próximos passos no desenvolvimento do projeto de restauração do cinema.

Waldeck Carneiro transmitiu os cumprimentos do prefeito Rodrigo Neves, e destacou a importância da reforma do Cinema Icaraí para a cidade do ponto de vista social, cultural e urbanístico. “O cinema é um importante patrimônio histórico-cultural de Niterói e, por isso, lutamos muito pela sua conservação e para evitar que caísse nas mãos da especulação imobiliária”, enfatizou. Em 2011, Waldeck foi o vereador responsável pela indicação legislativa enviada ao então ministro Fernando Haddad que propôs a desapropriação do espaço pelo Ministério da Educação (MEC) e a sua incorporação ao patrimônio da UFF.

O reitor Roberto Salles destacou o tempo recorde (cerca de um ano e meio) que levou todo o processo, desde a aquisição do prédio até a elaboração do concurso e a aprovação da proposta arquitetônica. “Nós vamos elaborar um plano de negócios e nossa intenção é que o espaço multicultural seja autossustentável, que possa sobreviver da própria arrecadação”, explicou Salles. Ainda de acordo com o reitor, o MEC já se comprometeu a financiar a obra de restauração do Cinema Icaraí.

A equipe que apresentou a proposta classificada em segundo lugar foi premiada com R$ 3 mil, enquanto a equipe classificada em terceiro lugar recebeu prêmio de R$ 2 mil. Uma menção honrosa foi concedida a uma quarta equipe.

Detalhes da proposta vencedora podem ser acessados em tinyurl.com/cu9uzqq.

Fotos das equipes premiadas em www.noticias.uff.br/noticias/2013/04/concurso-ideias-premiacao.php.

UFF Notícias

Comentários desativados em Vencedores do Concurso de Ideias do Cinema Icaraí são premiados por sua criatividade e inovação

Projeto Saúde em Vídeo promove exibição de filmes em que o assunto são os problemas da área da saúde

Posted in Cinema, Outras Fontes, Saúde by ImprensaBR on 01/04/2013

O Projeto Saúde em Vídeo tem como objetivo discutir questões da área de saúde e/ou promoção da saúde de forma didática. A intenção é que as pessoas tomem conhecimento sobre os inúmeros aspectos relacionados ao aprendizado, resultados, vivências, experiências de vida e casos reais que contribuirão direta ou indiretamente para o crescimento pessoal e profissional de cada individuo. O Cine Benf, nome da mostra, ocorrerá no auditório da Escola de Enfermagem da UFF, todas as segundas-feiras de cada mês, às 13h, na Rua Doutor Celestino, 74, 1° andar, Centro, Niterói. O público poderá, além de assistir, participar da escolha dos filmes exibidos, atuais ou antigos, sobre os mais diferentes casos, verdadeiros ou fictícios. Inayá Gomes de Andrade, a bibliotecária responsável, acredita que os títulos selecionados irão proporcionar momentos de reflexão sobre o cuidado com o ser humano. 

No dia 8 de abril será exibido o filme “Antes de Partir”, em que Carter Chambers (Morgan Freeman), um homem casado de 46 anos, será submetido a um tratamento experimental para combater o câncer. Internado no hospital, passa a ter como companheiro de quarto Edward Cole (Jack Nicholson), um rico empresário que é dono do próprio hospital. Edward também está com câncer e, após ser operado, descobre que tem poucos meses de vida. O mesmo acontece com Carter, que decide escrever a “lista da bota”, algo que seu professor de filosofia na faculdade passou como trabalho muitas décadas atrás. A lista consiste em fatos que Carter deseja realizar antes de morrer. Ao tomar conhecimento da tal lista, Edward propõe que ambos a realizem, o que faz com que partam em viagem pelo mundo a fim de aproveitarem seus últimos meses de vida.

Ascom UFF

Comentários desativados em Projeto Saúde em Vídeo promove exibição de filmes em que o assunto são os problemas da área da saúde

Sessão Clássica Musical no Cineclube Lumiar

Posted in Cinema, Nova Friburgo, Videofonia by ImprensaBR on 26/03/2013

CLASSICA MARÇO

Comentários desativados em Sessão Clássica Musical no Cineclube Lumiar

ABTU lança nova versão Rede de Intercâmbio de Televisão Universitária

Posted in Brasil, Cidadania, Cinema, Comunicações, Educação by ImprensaBR on 26/03/2013
A Associação Brasileira de Televisão Universitária está lançando a nova versão da Rede de Intercâmbio de Televisão Universitária (RITU). O objetivo é auxiliar as filiadas na elaboração de uma grade de programação diversificada por meio do intercâmbio de conteúdo. Segundo Fernando Moreira, presidente da ABTU, a iniciativa foca no conteúdo e em uma tecnologia simplificada para facilitar a troca entre as TVs.

Inicialmente o acervo conta com aproximadamente 70 horas de material, que foram convertidos para um formato de compressão digital que mantivesse a qualidade e permitisse às afiliadas de todo o Brasil acessar e colaborar com a subida de suas produções dentro de padrões definidos em um manual técnico da Rede e do Manual Prático de Direitos Autorais, produzido pela ABTU em parceria com o Canal Universitário de São Paulo (CNU). As afiliadas a associação terão acesso livre por 30 dias como degustação para conhecerem o funcionamento da nova versão da RITU. Após este prazo, os associados que quiserem manter o acesso à RITU precisam se comprometer a contribuir com uma hora de conteúdo todo o mês para o acervo.

Tela Viva

Comentários desativados em ABTU lança nova versão Rede de Intercâmbio de Televisão Universitária

RioFilme lança programa de investimento automático para TV

Posted in Cinema, Comunicações by ImprensaBR on 26/03/2013

LB

A RioFilme iniciou ontem seu programa de investimento automático em projetos de série de produtoras independentes cariocas. O programa surge para gerar um diferencial competitivo às produtoras cariocas na disputa por investimentos na realização de conteúdo para a TV por assinatura. Para fomentar o setor de produção audiovisual carioca, o programa estabelece que parte do orçamento do projeto seja executado exclusivamente com empresas cariocas.

Para cada R$ 1, investido por um canal de TV por assinatura, a RioFilme investirá R$ 1, em projetos de ficção e documentário ou R$ 1,50 para projetos de animação, com um limite de R$ 1 milhão por projeto.

Cada projeto poderá receber até R$ 1 milhão e cada produtora até R$ 2 milhões, independentemente da quantidade de projetos.
Apenas metade dos investimentos da TV por assinatura poderá ser realizado através de incentivo fiscal, atraindo assim recursos privados para o setor.
Os documentos necessários para a inscrição de projetos estão disponíveis na página da RioFilme.

Comentários desativados em RioFilme lança programa de investimento automático para TV

Mercado mundial de filmes movimentou US$ 34,7 bilhões em 2012

Posted in Cinema, Internacional by ImprensaBR on 26/03/2013

O mercado global de cinema (box office, ou seja, apenas venda de ingressos) cresceu 6% em 2012 em relação a 2011, chegando a US$ 34,7 bilhões em todo o mundo.

Segundo relatório anual da MPAA, a associação que reúne os maiores estúdios da indústria cinematográfica norte-americana, a Europa foi a única região em que não houve crescimento. O mercado chinês cresceu 36% no ano, chegando a US$ 2,7 bilhões, e ultrapassando o Japão como maior mercado internacional fora dos EUA/Canadá.

O mercado chamado pela MPAA de internacional (fora dos EUA/Canadá) foi o que puxou o crescimento. Nos últimos cinco anos a participação do mercado internacional no faturamento total da indústria passou de 65% em  2008 para 69% em 2012. Nesse período, o mercado norte americano se expandiu 12%, contra 32% do internacional, liderado por China, Brasil e Rússia.

A América Latina foi o mercado que mais cresceu nestes cinco anos: 73%, contra 53% da Ásia/Pacífico e 10% da Europa, Oriente Médio e África (EMEA). No último ano, porém, o quadro se inverteu, e a Ásia cresceu 15% contra apenas 6% da América Latina.

Com todo esse crescimento, a América Latina ainda é a região com menor força neste mercado. Faturou em 2012 US$ 2,8 bilhões, contra US$ 10,4 bilhões e US$ 10,7 bilhões da Ásia e EMEA, respectivamente. A região representou em 2012 apenas 8% do mercado global.

No ranking dos maiores mercados de cinema no mundo o Brasil figura em décimo lugar, com receitas de US$ 800 milhões. No topo da lista está a China, com US$ 2,7 bilhões, seguida do Japão, com US$ 2,4 bilhões, Reino Unido, França, Índia, Alemanha, Coreia do Sul, Rússia e Austrália.

O relatório completo pode ser lido aqui.

Tela Viva

Comentários desativados em Mercado mundial de filmes movimentou US$ 34,7 bilhões em 2012

Inscrições abertas para festival de cinema lusófono e francófono

Posted in Brasil, Cinema, Internacional by ImprensaBR on 26/03/2013

Estão abertas até o dia 2 de julho as inscrições para sexta edição do Fest’Afilm, Festival Internacional de Cinema Lusófono e Francófono de Montpellier. O evento acontece na cidade francesa entre os dias 28 de novembro e 1º de dezembro. Haverá competição de curtas-metragens.

Mais informações no site: www.festafilm.wix.com/2012

Comentários desativados em Inscrições abertas para festival de cinema lusófono e francófono

UFF fará entrega de prêmios aos vencedores do Concurso de Ideias do Cinema Icaraí

Posted in Brasil, Cinema, Educação by ImprensaBR on 25/03/2013
A Universidade Federal Fluminense realizará uma cerimônia para a entrega da premiação aos vencedores do Concurso de Ideias do Cinema Icaraí no dia 1º de abril, às 10h, no auditório da Escola de Engenharia, Campus da Praia Vermelha, Bloco D, 3º andar, São Domingos, Niterói. Durante o evento, o público poderá ver a exposição das ideias vencedoras. O objetivo do concurso era selecionar a melhor proposta de projeto para recuperação e revitalização arquitetônica do prédio do Cinema Icaraí. 
A comissão julgadora elegeu como primeira colocada uma equipe formada por estudantes da UFF e da UFRJ, sob a orientação da professora Rosina Trevisan Martins Ribeiro, com coorientação de Andrés Martín Pássaro e consultoria de Maria Lygia Alves de Niemeyer e Patrizia Di Trapano. A ideia vencedora foi elaborada pelos estudantes Bruno Amadei Machado, David Baptista Lima de Mendonça, Lívia Borges Romariz, Natália Asfora Moutinho e Raissa Macedo Gerheim. O grupo será contemplado com um prêmio de R$ 5 mil.
A proposta vencedora irá delimitar a formulação do termo de referência para contratação do projeto arquitetônico do edifício. O prédio é tombado pela Prefeitura Municipal de Niterói e pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac), e é uma das poucas construções no estilo “art-déco” ainda preservadas na cidade.
Os projetos que alcançaram a segunda e a terceira colocações receberão prêmios de R$ 3 mil e R$ 2 mil, respectivamente. Uma menção honrosa foi concedida a uma quarta equipe pela comissão julgadora, a qual foi composta por representantes da Superintendência de Arquitetura e Engenharia da UFF, do Centro de Artes UFF, do Instituto de Arquitetos do Brasil-RJ, do Inepac, da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura Municipal de Niterói e de representantes da sociedade civil.
Criatividade, inovação e, principalmente, a obediência aos critérios de tombamento orientaram a escolha do trabalho vencedor, sendo também necessário considerar soluções funcionais passíveis de serem executadas na prática e compatíveis com a questão da acessibilidade. A proposta deveria ainda atender ao programa de necessidades descrito no edital, que previa sala de música, sala de cinema, sala de exposições, espaço multiuso e um centro empresarial.
Fonte: Agência UFF de Notícias

Comentários desativados em UFF fará entrega de prêmios aos vencedores do Concurso de Ideias do Cinema Icaraí

Realizador de curtas-metragens exibidos em diversas edições da Mostra Cinema Popular Brasileiro vira pauta de programa no Canal Brasil

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Mostra Cinema Popular Brasileiro, Videofonia by ImprensaBR on 25/03/2013

esquinas 6

LB

O Programa Esquinas, do Canal Brasil fez um documentário sobre o cineasta e empresário Ricardo Rodrigues, de São João de Meriti, RJ, que vem se destacando na realização de materiais audiovisuais na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro, em São João de Meriti, onde segundo o próprio roteirista e realizador, não há nenhum projeto voltado à cinema tanto no que tange à produção de filmes ou exibição de produções locais.  

O documentário mostra Ricardo atendendo seus fregueses em seu açougue (sim, ele tem um açougue!!!), até a realização do curta “Tela Preta” feito com os produtores e atores do seu movimento Cinema de Guerrilha da Baixada.

O programa será exibido em maio, no Canal Brasil.

Ricardo já teve alguns de seus curtas exibidos na Mostra Cinema Popular Brasileiro, entre eles, ‘O Mendigo’ e ‘Gigantes da Alegria’, que marcou o segundo dia de exibição da mostra, no ano passado, em São Pedro da Serra, pelo fato de tratar de um tema ainda pouco abordado pela cinematografia brasileira; o nanismo e a inserção social dos que nasceram anões.

Para saber mais sobre o filme e sobre a mostra: http://www.mostracinemapopularbrasileiro.wordpress.com  

Para conhecer o Cinema de Guerrilha da Baixada: http://www.cinemadeguerrilha.com.br

Comentários desativados em Realizador de curtas-metragens exibidos em diversas edições da Mostra Cinema Popular Brasileiro vira pauta de programa no Canal Brasil

ANCINE lança pacote de editais de incentivo à coprodução com quatro países

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Videofonia by ImprensaBR on 20/03/2013

A ANCINE abriu nesta segunda-feira, dia 18, as inscrições para três editais de coprodução com Argentina, Uruguai e Portugal, além de um edital de desenvolvimento de projetos em parceria com a Itália. No total, serão investidos, pela ANCINE e pelas instituições correspondentes dos demais países envolvidos, R$ 4 milhões na produção de dez projetos de longa-metragem e no desenvolvimento de outros seis projetos.

Os editais com Argentina, Uruguai e Portugal preveem concursos para a concessão de apoio financeiro a projetos de produção de longas-metragens dos gêneros ficção, documentário ou animação, cujas filmagens ainda não tenham sido iniciadas até a data de abertura das inscrições. No Brasil, concorrem projetos apresentados por produtoras brasileiras que participem na condição de coprodutoras minoritárias. Projetos de coprodução com participação majoritária brasileira devem ser apresentados pelos sócios locais na Argentina, Uruguai e Portugal.

Com o Uruguai e a Argentina, os editais acontecem pelo terceiro ano consecutivo. No caso da Argentina, serão selecionados dois projetos de coprodução majoritariamente brasileiros, e dois projetos majoritariamente argentinos. Cada projeto selecionado receberá, em moeda local, recursos de valor correspondente a 250 mil dólares. As inscrições na Argentina são feitas através do Instituto Nacional de Cine y Artes Audiovisuales – INCAA.

Já o concurso relativo ao Uruguai contemplará dois projetos, sendo um majoritário de cada país, e cada um deles receberá o equivalente a 150 mil dólares. No Uruguai, a instituição responsável pelo edital é o Instituto do Cinema e do Audiovisual do Uruguai – ICAU.

O edital de coprodução com Portugal retoma, após hiato de um ano, a mais antiga e tradicional parceria desse tipo mantida pela ANCINE. Em moldes parecidos com os acordos com os países sul-americanos, a ANCINE e o Instituto do Cinema e do Audiovisual – ICA investirão, em moeda local, um total correspondente a 600 mil dólares em quatro projetos, dois deles com participação majoritária de produtoras brasileiras, e dois com participação majoritária portuguesa.

Finalmente, o acordo com a Itália diz respeito ao apoio para desenvolvimento de projetos com potencialidade para coprodução entre os dois países. É a segunda vez que a ANCINE e a Direzione Generale per Il Cinema da Itália estabelecem um programa conjunto desse tipo. O edital contemplará um total de seis projetos, sendo três a serem escolhidos pela ANCINE e três pelos italianos. No total, caberá às duas entidades um aporte de 160 mil euros (convertidos em moeda local) a serem utilizados para o desenvolvimento dos projetos de coprodução. A ANCINE escolherá dois projetos de autores iniciantes, cada um beneficiado com 25 mil euros, e um projeto de autor não iniciante que receberá 30 mil euros. De acordo com a definição do edital, é considerado autor iniciante aquele que teve produzido, no máximo, um roteiro de sua autoria ou dirigido, no máximo, uma obra de longa-metragem.

O prazo de inscrição para os quatro editais se encerra no dia 2 de maio de 2013. Os projetos devem ser encaminhados em envelope lacrado, por portador ou serviço de encomenda expressa para o endereço do Escritório Central da ANCINE. Os regulamentos dos concursos, os formulários e a documentação necessária para a inscrição podem ser consultados no portal da ANCINE www.ancine.gov.br.

Fonte: Revista de Cinema

Comentários desativados em ANCINE lança pacote de editais de incentivo à coprodução com quatro países

Rio das Ostras e região contam com proposta inovadora na Educação

Posted in Cinema, Educação, Macaé, Região, Videofonia by ImprensaBR on 22/05/2012

Projeto ‘O Cinema na Escola’ propõe um novo olhar sobre a educação formal levando as tecnologias audiovisuais para o ambiente escolar

O Cinema na Escola, projeto criado pela jornalista e produtora de mostras e oficinas de cinema e vídeo, Leonor Bianchi, lança esta semana seu portal na Internet. Criado em 2001, quando foi ministrada a primeira oficina de cinema na escola no Instituto de Educação Ismael Coutinho – primeira escola de formação de professores da América Latina -, O Cinema na Escola chega a Rio das Ostras e região.
Utilizando uma plataforma ágil, simples e gratuita, o site do projeto O Cinema na Escola contém sugestões de atividades e oficinas para educadores e alunos, propostas de sessões de cinema voltadas para os objetivos do Projeto Político Pedagógico da escola, dicas de leituras sobre o tema e sugestões de atividades essenciais para quem deseja conhecer mais sobre a utilização do cinema e dos recursos audiovisuais no processo de ensino-aprendizagem.
Os objetivos do Cinema na Escola são: ´
– Inserir a arte do cinema no processo de ensino-aprendizagem por meio de uma visão multidisciplinar como um meio de aproximar o público estudantil da narrativa audiovisual;
– Oportunizar aos educadores e educandos o acesso ao conhecimento da linguagem audiovisual;
– Apresentar o cinema aos estudantes como sendo uma fonte de cultura e agente transmissor de conhecimento;
– Desenvolver a partir do gosto pelo cinema, o senso crítico, estético e cultural sobre nossa localidade, nosso país e o mundo de modo geral;
– Possibilitar o debate inter e transdisciplinar em torno de temáticas atuais apresentadas através de filmes e documentários;
– Estimular que os alunos da rede pública municipal criem o hábito de freqüentar o Cinema, estimulando assim o aprendizado cultural e artístico;
– Promover a integração e o desenvolvimento social, além de oferecer momentos de lazer aos alunos das redes públicas e privadas de ensino
Exibição de cinema brasileiro pode ser obrigatória nas escolas de ensino fundamental, segundo nova lei
Segundo Leonor Bianchi, o aprendizado na escola não pode se restringir unicamente ao cumprimento de horários, tarefas e exercícios, devendo ir muito além do simples formalismo presente no repasse de conteúdos e trabalhos. O aprendizado para ser plenamente alcançado necessita, muitas vezes, sair da rotina do dia-a-dia escolar. Assim, cabe as equipes pedagógica e administrativa da escola buscar alternativas, o que pode ser feito através de uma proposta como esta, pois o cinema serve como um instrumento de debate e reflexão, importante na formação das crianças e adolescentes.Além disso, está em vias de seu sancionada pela presidenta Dilma a lei do senador Cristovan Buarque que torna obrigatória a exibição de filmes nacionais nas escolas de educação básica, ressalta a comunicóloga. “A Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados aprovou, no último dia 14 de maio, por unanimidade o Projeto de Lei nº 7507, de 2010, do Senador Cristovam Buarque, que torna obrigatória a exibição de filmes brasileiros nas escolas de educação básica. Defendido por todas as entidades do setor audiovisual, o projeto altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. O projeto já foi aprovado pelo Senado e agora vai para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, em caráter conclusivo. Caso seja aprovado sem qualquer alteração será encaminhado para ser sancionado pela Presidenta Dilma Roussef”, destaca Bianchi.
O Cinema na Escola conta com acervo próprio
Além de usar o cinema nacional em todas as suas atividades (oficinas e sessões de cinema na escola), O Cinema na Escola conta com um acervo próprio; o da Videoteca Cinema Popular Brasileiro, que resguarda desde 2004 os filmes inscritos na Mostra Cinema Popular Brasileiro, Mostra do Filme Ambiental e Etnográfico de Rio das Ostras e obras audiovisuais inscritas espontaneamente por seus realizadores.São quase três mil títulos de curtas, médias e longas-metragens de diversos gêneros, que podem ser inseridos em sessões temáticas para estudantes e alunos.   
Para conhecer mais sobre O Cinema na Escola acesse:
Para conhecer a Videoteca Cinema Popular Brasileiro, acesse:
Para conhecer a Mostra Cinema Popular Brasileiro, acesse:
Para conhecer a Mostra do Filme Ambiental e Etnográfico de Rio das Ostras, acesse:

Comentários desativados em Rio das Ostras e região contam com proposta inovadora na Educação

%d blogueiros gostam disto: