!@ {o polifônico, [Jornalismo de Intervenção # Por Leonor Bianchi]

Em novembro… 10 anos depois…

Posted in Cinema, Cultura, Educação, Nova Friburgo by ImprensaBR on 02/08/2013

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comentários desativados em Em novembro… 10 anos depois…

Sepe convoca para Assembleia Unificada da rede estadual e municipal de Rio das Ostras em 06 de agosto

Posted in Cidadania, Educação, Rio das Ostras by ImprensaBR on 31/07/2013

Diretoria do Sepe Núcleo Rio das Ostras e Casimiro de Abreu

End.: Alameda Casimiro de Abreu, 292 – 3º and. Sl. 8 – Centro – Rio das Ostras
Tel.: (22) 2764-7730
Horário de Funcionamento: Segunda, Quarta e Sexta das 09h às 13h; Terça e Quinta das 13h às 17h.
E-mail: sepe.riodasostrasecasimiro@gmail.com
Twitter: @sepeostras

Fonte: Sepe Núcleo Rio das Ostras e Casimiro de Abreu.

Comentários desativados em Sepe convoca para Assembleia Unificada da rede estadual e municipal de Rio das Ostras em 06 de agosto

Começa hoje ciclo de webconferências sobre o programa Mais Cultura nas Escolas

Posted in Brasil, Educação by ImprensaBR on 27/06/2013

O Ministério da Cultura realizará, por meio da Secretaria de Políticas Culturais, a partir do dia 27 de junho, uma série de webconferências sobre o Programa Mais Cultura nas Escolas. O Programa, desenvolvido em parceria pelo ministérios da Cultura e da Educação, está recebendo inscrições de todo o país de projetos de atividades culturais que serão desenvolvidas em parcerias com escolas públicas que integram os Programas Mais Educação e Ensino Médio Inovador do Ministério da Educação.

O Programa, que terá investimento de R$ 100 milhões em 2013 para financiar 5 mil projetos, prevê o desenvolvimento das atividades – que poderão acontecer dentro ou fora da escola – durante o ano letivo, por no mínimo 6 meses. Cada projeto terá entre R$ 20 mil e R$ 22 mil de recursos, calculados conforme o número de alunos matriculados na escola. O recurso deverá ser investido na  contratação de serviços culturais relacionados às atividades artísticas e pedagógicas.

O Mais Cultura pretende potencializar processos de ensino e aprendizado por meio da democratização do acesso à cultura e da integração de práticas criativas e da diversidade cultural brasileira à educação integral.

Inscrições

Todas as escolas públicas do Mais Educação e Ensino Médio Inovador, contempladas em 2012, além de artistas e iniciativas culturais, poderão inscrever e enviar projetos do Mais Cultura nas Escolas via SIMEC (Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação) –http://simec.mec.gov.br/ <http://emkt.entrelinhasnaweb.net/emkt/tracer/?2,1412029,77a22bf8,a5e1,1>  . O processo de avaliação será conduzido pelo MinC e pelo MEC.

Webconferências

As webconferências têm como objetivo discutir o processo de inscrição de escolas e artistas interessados em apresentar seus projetos, além de esclarecer dúvidas sobre os nove eixos temáticos do Programa no qual os projetos poderão ser integrados. No dia 27, a primeira webconferência, que começará às 11hs, terá como público alvo os cerca de 3 mil Pontos de Cultura de todo o país. Já a partir das 14h30, os 3 mil museus poderão dirimir suas dúvidas sobre como participar do processo de participação no Programa Mais Cultura nas Escolas. Tanto os Pontos de Cultura, quanto os museus se enquadram nos projetos que poderão ser desenvolvidos fora da escola.

No caso dos museus, que podem participar do eixo de Educação Museal, poderão participar atividades de identificação, pesquisa, seleção, coleta, preservação, registro, exposição e divulgação de objetos, expressões culturais materiais e imateriais e de valorização do meio-ambiente e dos saberes da comunidade, bem como a utilização de ferramentas educacionais para a interpretação e difusão do patrimônio cultural.

Também poderão concorrer práticas museais que possibilitam à comunidade escolar e territórios educativos experimentarem situações de ensino/aprendizagem relacionadas à fruição da memória e a construção da cidadania cultural. E, ainda, museus escolares que trabalham como espaços dialógicos interdisciplinares articulados com seu entorno.

Secretários e sociedade civil

A partir de julho, a equipe do Programa fará mais duas webconferências, sendo a primeira, no dia 8, a partir das 11hs, com os secretários de Cultura e Educação dos governos estaduais e municipais. A expectativa é que cerca de 200 secretários participem do evento.

E finalmente, no dia 11, a partir das 14h30, o Ministério da Cultura fará uma webconferência com a participação de toda a sociedade civil, incluindo artistas das várias áreas da cultura, mestres e mestras da cultura popular, brincantes, gestores de espaços culturais, pontos de memória, pontos de cultura, entidades e fóruns representantivos de segmentos da cultura.

Serviço:

Webconferências sobre o Programa Mais Cultura nas Escolas

Data: 27/06/2013
Hor.: 11hs
Público: Pontos de Cultura

Data: 27/06/2013
Hor.: 14h30m
Público: Museus

Data: 08/07/2013
Hor.: 11hs
Público: secretários de educação e cultura dos estados e municípios

Data: 11/07/2013
Hor.: 14h30
Público: sociedade civil em geral

Mais Informações: www.cultura.gov.br/maisculturanasescolas.

Dúvidas:maisculturanasescolas@cultura.gov.br.

 (Texto: Heli Espíndola, Comunicação/SPC)

(Fotos: Arquivo Interações Estéticas/Funarte)

Leia mais sobre o Mais Cultura nas Escolas

Comentários desativados em Começa hoje ciclo de webconferências sobre o programa Mais Cultura nas Escolas

Curso de Cinema Ambiental em Macaé

Posted in Cinema, Cultura, Educação, Macaé, Meio Ambiente, Região, Rio das Ostras, Videofonia by ImprensaBR on 25/06/2013

O Curso de Cinema Ambiental (CUCA) é um projeto desenvolvido pelo Núcleo de Arte, Mídia e Educação (AME) da UFRJ-Macaé. É um curso prático que mistura diversas áreas do conhecimento, uma forma coletiva e criativa de fazer pesquisa com o outro.

O CUCA busca proporcionar uma experiência em equipe visando à elaboração coletiva de filmes ambientais. Uma construção subjetiva das relações entre sociedade, natureza e políticas públicas.

Cada curso é realizado em uma semana, durante esta semana criamos coletivamente o nosso olhar com “personagem” registrado.

PRÓXIMO CURSO: 12 a 16 de agosto de 2013.

Período de inscrição: 01 a 31 de julho de 2013.

SELEÇÃO 6º CUCA

Clique AQUI para baixar o EDITAL DE SELEÇÃO.  

Clique AQUI para baixar a FICHA DE INSCRIÇÃO.

Comentários desativados em Curso de Cinema Ambiental em Macaé

Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé promete trazer para a cidade natal do primeiro animador brasileiro o melhor da animação mundial

Começou no dia 11 de maio e seguirá até 29 de junho o período de inscrição de filmes no Anima Cine – Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé (RJ).

O Festival acontecerá de 19 a 25 de agosto com sessões voltadas para todas as idades e também para o público estudantil da rede pública de ensino.

Na programação do Festival, além das exibições de filmes, haverá palestras, debates e uma oficina de sonoplastia. Tudo de graça para o público.

Segundo a idealizadora do Anima Cine, Leonor Bianchi, Macaé orgulha-se de ser a cidade natal do primeiro animador de cinema do Brasil, Álvaro Marins, mais conhecido como Seth. “Macaé tem orgulho deste marco ainda pouco conhecido no mundo. Seth foi um ícone na ilustração brasileira e a cidade, agora, com este festival, estabelece, definitivamente, seu vínculo artístico e afetivo com o cinema de animação e com o feito do pioneiro Seth”.

Seth trabalhou em muitos jornais cariocas como ilustrador, desenhou inúmeras artes para a publicidade nos primeiros tempos da publicidade no Brasil, e tem sua marca registrada na história da animação brasileira.

“Esperamos que este festival de cinema de animação torne-se referência e que possa fazer jus ao fato de ter sido nesta cidade, Macaé, o local de nascimento do diretor de ‘kaiser’, o primeiro filme animado feito no Brasil por um brasileiro, o Seth, em 1917”, ressalta a idealizadora do Festival.

Primeira animação brasileira

O filme ‘kaiser’ estreou em 22 de janeiro de 1917, no Cine Pathé, no Rio de Janeiro, meses antes de o Brasil declarar guerra à Alemanha e iniciar sua participação na Primeira Guerra Mundial. Consistia de uma charge animada, mostrando o imperador Guilherme II colocando sobre a cabeça um capacete que representava o controle sobre o mundo. Em seguida, um globo terrestre crescia e engolia o líder alemão.

Desde 1907 os cinemas brasileiros já apresentavam vinhetas animadas no encerramento dos cinejornais. Contudo, ‘Kaiser’ foi a primeira animação autônoma brasileira a ser exibida.

Fotograma do filme kaiser
Fotograma do filme kaiser

Inscrições

As inscrições podem ser feitas pelo site do Anima Cine www.animacinemacae.wordpress.com através do preenchimento da Ficha de Inscrição disponível na plataforma online. O responsável pelo processo de inscrição deve estar atento ao Regulamento do Festival, também disponível no site e enviar, junto com a obra inscrita, o Termo de Autorização de Exibição da Obra Audiovisual, também encontrado no site, ambos assinados por ele.

Além dos filmes inscritos espontaneamente, o Anima Cine compôs uma Curadoria, que está convidando realizadores brasileiros e de outras partes do mundo a apresentarem seus trabalhos no Festival.

Na maior rede social do mundo, curta a página do Anima Cine.

Tagged with:

Comentários desativados em Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé promete trazer para a cidade natal do primeiro animador brasileiro o melhor da animação mundial

Juventude vai às ruas também em Rio das Ostras

Rio das Ostras 2013. A cidade mudou. São 21 anos desde que o distrito de Casimiro de Abreu emancipou-se. A ‘cidade mãe de quem nasce ou de quem vem pra ela’ como diz seu hino, deixou tanta gente mamar em seu seio e comer do seu pão, que, hoje, o número de habitantes da cidade dormitório, da cidade universitária, da cidade esperança, ultrapassa 130 mil e só tende a crescer.

Desde segunda-feira (18) a juventude está saindo às ruas, unindo-se ao movimento das manifestações em todo o Brasil e convidando a população a acompanhar.

Ontem, cerca de 200 jovens, estudantes, trabalhadores, servidores públicos, moradores de Rio das Ostras, organizaram-se em uma manifestação pacífica em frente à Praça José Pereira Câmara, no centro da cidade.

Hoje à tarde, os organizadores do movimento em Rio das Ostras farão uma Oficina de Cartazes e, às  17h, o grupo se reunirá na Praça José Pereira Câmara e seguirá em marcha até a Câmara Municipal, em Terra Firme.

Segundo um dos responsáveis pela comissão de organização das manifestação em Rio das Ostras, cujo nome prefiro preservar no anonimato, o “Movimento é, ao mesmo tempo autônomo e local, tendo como pautas: a Saúde, o Planejamento e o Transporte, a Educação e a Segurança Pública; mas também é a fração do movimento nacional, que a partir do mote dos transporte, se propõe a rediscutir a nossa sociedade como é concebida hoje numa perspectiva de revolução dos paradigmas culturas, econômicos e sociais estabelecidos hoje pelo sistema capitalista.”

Aderindo ao cenário nacional das manifestações que reivindicam a não aprovação da PC 37, que tira o poder investigativo do Ministério Público, o aumento do curto de vida e, principalmente o respeito aos usuários dos transportes coletivos com melhorias das frotas e redução das tarifas de ônibus em todo o Brasil. Rio das Ostras entra na lista das cidades que estão mostrando a força do povo contra os desmandos dos governos e isso, além de ser histórico, representa o amadurecimento da juventude local, que ao longo dos últimos oito anos vem aprendendo a ir pras ruas lutar por dias melhores e condições mais dignas para trabalhar e viver na cidade.

Com relação à relação da PM para com os manifestantes, pelo que vemos no vídeo, aparentemente, contrariamente ao posicionamento da Guarda Municipal em outras manifestações que já vi em Rio das Ostras, onde a mesma recebe comando de formar barreiras e impedir os manifestantes de seguirem em marcha, os policiais militares que aparecem dialogando com um dos manifestantes no vídeo, agiram de maneira pacífica.

Ainda não foi confirmado, mas parece que a Fan Page criada pelos manifestantes na maior rede social do mundo foi bloqueada e denunciada e acabou caindo do ar. O que parece não ter influenciado em nada o movimento, já que horas depois, outra Fan Page já estava online e hoje conta com mais de 4 mil pessoas confirmadas para a manifestação de hoje e de amanhã na cidade.

Rio das Ostras, vem pra RUA!!! Acesse a Fan Page aqui!

Participe do Evento!

Comentários desativados em Juventude vai às ruas também em Rio das Ostras

Faculdade de Educação da UFF promove debate com Maria Prestes, viúva de Luiz Carlos Prestes, nesta quarta-feira

Posted in Brasil, Cidadania, Cinema, Cultura, Educação, Estado, Videofonia by ImprensaBR on 17/06/2013

A Faculdade de Educação da UFF promove no dia 19 de junho um debate sobre a vida de ambos e a restituição do cargo de Prestes como senador. O evento ocorrerá às 14h, no Auditório Florestan Fernandes da Faculdade de Educação, Bloco D, Campus do Gragoatá, São Domingos, Niterói. Haverá projeção dos filmes “O Capitão e o Poeta” e “Maria Prestes: Filme sobre a Vida da Viúva do Líder Luiz Carlos Prestes”, momento de autógrafos do livro “Meu companheiro: 40 anos ao lado de Luiz Carlos Prestes”. Toda a programação é aberta ao público.

Fonte: Agência UFF de Notícias

Comentários desativados em Faculdade de Educação da UFF promove debate com Maria Prestes, viúva de Luiz Carlos Prestes, nesta quarta-feira

UFF abre inscrições para concursos para professores em 27 áreas

Posted in Educação, Notas, Trabalho e Renda by ImprensaBR on 17/06/2013
Entre 17 de junho e 17 de julho, estão abertas as inscrições para concursos para professores em 27 áreas. Interessados podem se escrever e consultar edital completo em https://sistemas.uff.br/cpd.

Comentários desativados em UFF abre inscrições para concursos para professores em 27 áreas

Termina hoje o período de inscrição para o Festival de Cinema Ambiental da UFRJ Macaé

Posted in Cinema, Cultura, Educação, Macaé, Meio Ambiente, Videofonia by ImprensaBR on 11/06/2013

A programação será composta por mostras competitivas e programas especiais

festival cinema ambiental ufrj macae

Terminam hoje as inscrições de curtas-metragens para a 2ª edição do Festival Cinema Ambiental UFRJ Macaé, que acontece no dia 28 do mesmo mês no campus da UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro, em Macaé. O festival, por meio da difusão da produção cinematográfica no formato curta-metragem, objetiva incentivar a produção local de filmes e estimular a reflexão e o debate sobre os temas Meio ambiente, Poluição e Impactos ambientais, Indústria de exploração dos recursos naturais e suas consequências, e Imigrações urbanísticas e o crescimento das cidades. As inscrições são gratuitas.

Para realizar a inscrição, o candidato deve ler atentamente o regulamento, preencher a ficha de inscrição disponível no site e enviá-la para o e-mail cineambientalmacae@gmail.com. Será necessário enviar também uma cópia do filme em CD ou DVD por via postal, para o endereço que se encontra no regulamento, ou pessoalmente. Podem se inscrever curtas-metragens de ficção, animação ou documentário, com duração máxima de 15 minutos, produzidos a partir de 2011, e que versem sobre os temas propostos para esta edição do evento. Não serão aceitos filmes jornalísticos nem publicitários.

A mostra competitiva se divide em três categorias: Profissional, destinada à exibição de produções realizadas profissionalmente; Estudante, que exibirá produções realizadas exclusivamente por alunos de nível fundamental, médio ou superior, que estejam cursando seus respectivos anos letivos e devidamente matriculados; e Amador, para a qual não serão exigidos filmes em alta definição, priorizando-se a mensagem passada pela obra. Os vencedores de cada categoria receberão premiação simbólica, um certificado assinado pelo coordenador de extensão da UFRJ Macaé e eventuais prêmios extras. O resultado da seleção será comunicado em 21 de junho, e os selecionados serão informados por e-mail. Para mais informações, acesse o site oficial do Festival Cinema Ambiental UFRJ Macaé.

Comentários desativados em Termina hoje o período de inscrição para o Festival de Cinema Ambiental da UFRJ Macaé

Lei cria o Observa Mulher, sistema de informações de violência contra a mulher

Posted in Brasil, Cidadania, Educação, Esporte, Rio das Ostras, Saúde, Segurança Pública, Turismo by ImprensaBR on 04/06/2013

Agora é lei: o Estado do Rio terá um sistema integrado de informações de violência contra a mulher. É o que determina a lei 6.457/13, publicada no Diário Oficial do Executivo desta terça-feira (04/06) e que institui a política estadual que dará origem ao sistema, denominado Observa Mulher-RJ. Com o objetivo de organizar e analisar dados sobre atos de violência contra a mulher no estado e de integrar os órgãos que fazem esse tipo de atendimento, a política incluirá a criação de um cadastro eletrônico.

A norma é de autoria da deputada Inês Pandeló (PT), que explicou que os números documentados hoje saem apenas dos atendimentos nas delegacias. “Mas sabemos que há quem não denuncie à polícia, por isso é fundamental que tenhamos como reunir também os dados que podem ser levantados nos atendimentos médicos, nos Cras…”, enumerou a parlamentar, citando os Centros de Referência da Assistência Social.

Para ela, obter o número mais próximo à realidade garantirá a criação de políticas públicas eficazes para a erradicação desse tipo de crime. “Só há políticas públicas quando há registro, informações que deem embasamento às ações. Há muitas instituições recebendo denúncias, mas não há compilação de dados. É isso que este projeto propõe”, afirmou a parlamentar. O cadastro terá dados sobre a violência praticada, como data, horário local e tipo de delito; informações sobre a vítima, o agressor e histórico de atos de violência entre os envolvidos. O cadastro também reunirá número de ocorrências registradas pelas polícias civil e militar, número de medidas protetivas emitidas Ministério Público e de inquéritos instaurados.

Fonte: Alerj
Leia também – Grupo ‘Chega de Estupros em Rio das Ostras’ leva para a Câmara Municipal, hoje, às 10h, Audiência Pública com a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Alerj, Inês Pandelô.

Comentários desativados em Lei cria o Observa Mulher, sistema de informações de violência contra a mulher

Câmara Municipal aprova Projeto de Lei que institui jornada única de 20 horas semanais para a rede municipal de Rio das Ostras

Posted in Coluna do Servidor, Educação, Rio das Ostras by ImprensaBR on 23/05/2013

Nesta quarta-feira, 22 de maio, foi aprovado por unanimidade, entre os vereadores presentes, o Projeto de Lei nº017/2013, de 20 de maio de 2013 de autoria do prefeito do município de Rio das Ostras.

A referida mensagem trata da instituição de uma jornada única de trabalho semanal, passando de 25 para 20 horas para todos os professores. Constitui-se em um dos importantes pontos de pauta emergencial do Sepe deliberada em três assembleias ocorridas em meio à Campanha Salarial de 2013.

No mesmo instrumento legal, ficou aprovado que a redução de carga horária produzirá seus efetivos a partir de 1º de janeiro de 2013, o que permitirá o pagamento das horas extras trabalhadas e não pagas, sendo este outro ponto de reivindicação da categoria, corrigindo-se antiga injustiça.

Apesar destes pontos significarem um  avanço nas negociações com o governo – jornada única e pagamento das horas extras – outros itens precisam ser efetivados. Como, por exemplo, o cumprimento de Lei Federal nº 11.738/2013, que institui o período do 1/3 da carga horária para atividades extraclasse.

Aqui reside um “nó”, ainda não desatado, pois que a atual gestão mantém a mesma concepção de misturar redução de carga horária total semanal com o referido período de 1/3 para planejamento etc. O que  fica evidenciado no corpo da apresentação do PL em tela:

“A redução da carga horária tem como objetivo adequar a legislação municipal às diretriz traçadas pela Lei Federal nº 11.738/2008, que determina que na composição da carga horária será observado o limite máximo de 2/3 (dois terços) para o desempenho das atividades de interação com os educandos. Contudo, a forma de efetivação dessas diretrizes gerou uma deturpação do sistema em prejuízo da classe, que agora será sanada.”

Sendo assim, o novo passo para se corrigir outra “deturpação” será o cumprimento imediato desta Lei Federal já em vigor há alguns anos, que governos teimam em desrespeitar.

Nesta mesma sessão plenária da Câmara Municipal, foi aprovada alteração da Lei Municipal nº 1780/2013, de 17/05/2013, que trata da gratificação por regência de turma. A nova emenda dá mais clareza aos 90% de frequência mínima necessária para os professores fazerem juz a tal gratificação. Agora, ficou explicitado que não será computada como falta injustificada aquela a que os professores já têm direito por lei, como ausência por licença médica, luto etc.

Nesta questão, o Sepe e os demais atores do movimento deixaram para o Prefeito a iniciativa e responsabilidade por esta decisão, pois a posição da categoria é pela incorporação integral da gratificação  e imediata. O Sepe, historicamente, não tem na sua pauta solicitação de abono, gratificação etc, pois os vencimentos devem integrais e paritários para os profissionais da ativa e aposentados.

Fonte: Diretoria do Sepe Núcleo de Rio das Ostras e Casimiro de Abreu

Comentários desativados em Câmara Municipal aprova Projeto de Lei que institui jornada única de 20 horas semanais para a rede municipal de Rio das Ostras

Professores da rede municipal de Rio das Ostras, RJ, suspendem greve

Posted in Cidadania, Coluna do Servidor, Educação, Outras Fontes, Rio das Ostras by ImprensaBR on 22/05/2013

Segundo coordenação dos grevistas, seis propostas foram solucionadas.
Nova assembleia será realizada na próxima terça-feira

Depois de uma reunião entre o prefeito e professores da rede municipal de Rio das Ostras, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, a greve da categoria, iniciada nesta terça-feira, foi suspensa até a próxima semana. A lista de reivindicações tinham sete pontos. Segundo a coordenação dos grevistas, seis propostas foram debatidos e solucionados de comum acordo. Na próxima terça-feira (28), uma nova assembleia será realizada.

Em Rio das Ostras existem 43 escolas municipais, que atendem cerca de 20 mil alunos. Nesta terça (21), os professores paralisaram os trabalhos e se reuniram em frente a prefeitura para pedir melhorias para a categoria. Em diversos colégios do município, alunos e pais não sabiam se as aulas aconteceriam.

A suspensão das aulas foi parcial, já que nem todos os professores aderiram ao movimento. Cerca de 20% dos profissionais aderiram ao movimento segundo a secretaria de educação do município, índice considerado baixo pelo órgão.

Os professores reivindicavam o recebimento das gratificações que estariam atrasadas há quatro meses, além da unificação da jornada de 20 horas semanais para todos os professores. O movimento pedia também a revisão do plano de cargos, carreiras e vencimentos e também cumprimento da lei que determina que um terço da carga horária seja para atividades extra classe.

Fonte: G1

Comentários desativados em Professores da rede municipal de Rio das Ostras, RJ, suspendem greve

Aos Professores de Rio das Ostras: onde há luta, há conquista de direitos

Posted in Cidadania, Coluna do Servidor, Educação, Rio das Ostras by ImprensaBR on 21/05/2013

“Seria prematuro dizer que os professores (…) em geral verdadeiramente se interessam por um debate de ideias. A maioria ainda está composta de indiferentes e de conformistas. Mas só a existência de uma minoria volitiva, que quer e exige uma renovação, anuncia o despertar de todo o corpo de professores.”

 José Carlos Mariátegui (1894-1930)

Por Marcos César de Oliveira Pinheiro*

Onde não há luta são os patrões que decidem a agenda e os termos do debate. Expressões como «exploração», «classe» ou «luta» estão banidas do léxico comum.Palavras como «greve» ou «paralisação» estão indelevelmente associadas ao «mal». Porque na língua universal do capitalismo a semântica é um instrumento de opressão e dominação de classe, onde não há luta chama-se «cidadania» às contradições insanáveis entre exploradores e explorados, e «educação» ao processo de adestramento para o mercado de trabalho, gerador e perpetuador das contradições sociais. Onde não há luta prevalece o medo.

No entanto, onde há luta os trabalhadores são mais fortes e é mais difícil aos patrões queimar as suas energias em idealismos vácuos e radicalismos inconsequentes. Onde há luta, nasce a consciência política e garante que a experiência acumulada fortaleça a certeza da vitória, não obstante as derrotas temporárias, e converge para a construção da unidade da categoria. Onde há luta, os trabalhadores não só marcam o passo da agenda política, como travam os interesses daqueles que visam o sucateamento da educação pública. Se não foram mais longe na destruição da escola pública, é porque sempre se depararam com a resistência daqueles que lutam. Evoco aqui os nomes de alguns educadores importantes nesta luta em defesa da escola pública: Florestan Fernandes, Anísio Teixeira, Paschoal Lemme, Paulo Freire, entre muitos outros.

Onde há luta tudo é conquistável e potencialmente perdível. Mas onde não há luta a derrota é certa.

greve educacao rdo

Diante da política de pilhagem a que estão sendo submetidos os professores de Rio das Ostras, A LUTA É MAIS DO QUE JUSTA. Não se pode aceitar o argumento de equilíbrio das contas públicas para justificar a violação dos direitos, mais do que legítimos, dos professores. Não se pode aceitar a regra dos donos do poder de “socialização dos prejuízos”, afetando seriamente os setores que assistem à população mais pobre (educação e saúde). Não se pode aceitar esta “nova lei” da Gratificação de Regência de Classe (GRC), que não passa de uma versão piorada do que já existia. Não se pode aceitar este PCCV (plano de cargas e salários), autointitulado “instrumento normativo”, recheado de arbitrariedades e que poucos direitos assegura. Não se pode aceitar que qualquer política educacional ou qualquer outra que diga respeito ao magistério sejam formuladas ou revistas (no caso, do PCCV) sem a participação efetiva dos professores e das entidades de classe. Não se pode aceitar que os gastos do FUNDEB continuem sendo realizados sem uma prestação de contas, totalmente transparente, aos professores.

Conforme salienta o jornalista português e militante comunista Miguel Urbano Rodrigues:

A história ensina que na vida dos povos vítimas de uma opressão intolerável, as grandes lutas fermentam por tempo variável até que eles se levantam em explosões sociais vitoriosas. Então exercem o direito de resistência e à rebelião – direito que é antiquíssimo e consta do artigo 2º da Declaração Universal dos Direitos do Homem e do Cidadão promulgada pela Revolução Francesa de 1789. É o direito à resistência contra a opressão econômica e social, direito que, após os horrores da Segunda Guerra Mundial, foi incluído na Declaração Universal dos Direitos do Homem (artigos 22 a 25).

A Constituição da Republica Federativa do Brasil menciona-o no artigo 9. Como consta abaixo:

Art. 9º É assegurado o direito de greve, competindo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre os interesses que devam por meio dele defender.

Ora, o direito de greve é uma das formas de se exercer, ainda que parcialmente, o direito à resistência contra a opressão econômica. Opressão a que estão sendo submetidos os professores da rede municipal de ensino público de Rio das Ostras.

A luta pela efetiva e verdadeira valorização do magistério também é uma das etapas da luta pela educação pública de qualidade.

Transformar a indignação numa atmosfera de combatividade crescente dos professores será um avanço. Será um golpe importante na engrenagem da máquina pública municipal, assentada no mandonismo, no clientelismo, no nepotismo e na repressão (de várias ordens). Será um passo importante para forçar a democratização das relações poder público X cidadãos no município de Rio das Ostras.

Nas palavras de Paschoal Lemme, “o ensino e a educação só avançam, só progridem realmente quando as respectivas reformas resultam de transformações reais ocorridas na estrutura da sociedade, quando impulsionadas e realizadas pelas forças progressistas vitoriosas na luta pelo poder político”. Afirma que “uma das ilusões mais ingênuas dos educadores é a crença de que reformas educacionais transformam a sociedade, quando o que se dá é exatamente o contrário”. Por isso, que se afirma que quando o professor está lutando também está ensinando. Porque é na luta que ele desenvolve um processo pedagógico diferenciado na sua relação com o educando. É lutando a melhor maneira de fazer da escola um espaço que venha a contribuir para a apropriação e produção  de um modo de pensar diferente do que predominou historicamente.

* Professor de História da Rede Municipal de Ensino Público de Rio das Ostras. Matrícula: 6273-1. Lotado na Escola Municipal Padre José Dilson Dórea, bairro Âncora, Rio das Ostras.

Comentários desativados em Aos Professores de Rio das Ostras: onde há luta, há conquista de direitos

Profissionais da Educação de Rio das Ostras fazem paralisação

Posted in Cidadania, Educação, Rio das Ostras by ImprensaBR on 21/05/2013

Professores exigem mais respeito da administração pública municipal para com a categoria, que trabalha muito, ganha mal e não consegue trabalhar com qualidade dados os altos números de alunos por classe e sobrecarga de funções a serem exercidas

Os profissionais da Educação de Rio das Ostras paralisaram na manhã desta terça-feira suas atividades, e só retornam ao trabalho na próxima sexta-feira, dia 24 de maio. A categoria enviou uma carta para os professores, a qual publicamos agora, aqui n’O Polifônico.

Entenda o que está acontecendo. Leia a

Carta à população de Rio das Ostras (redigida pelo SEPE Rio das Ostras/ Casimiro de Abreu)

Aos Profissionais da Educação:Na escola se ensina RESPEITO

Nós, profissionais de educação, reunidos nos dias 14, 15 e 16 de maio nos sentimos desrespeitados em nossos direitos. Insatisfeitos com a atual administração, decidimos paralisar nossas atividades nos dias 21, 22 e 23 de maio.

O prefeito se mantém intransigente, não dialoga com os profissionais da educação e não negocia com as suas entidades de classe. Por isso, os profissionais da educação se encontram em estado de greve.

– Paramos porque o prefeito deixou de nos pagar R$ 435,00* em dezembro e janeiro, R$ 290,00* em fevereiro e março; (*Valores aproximados, já que o prefeito atrasa também nossos contracheques.)

– Paramos porque queremos uma jornada de trabalho igual para todos professores do município;

– Paramos porque não temos tempo para planejar as aulas dos seus filhos. Tempo esse garantido pela lei federal 11.738/2008;

– Paramos pela revisão imediata do plano de cargos e salários;

– Paramos para que a gratificação por regência seja incorporada ao nosso salário. (Gratificações não são pagas em caso de doença ou aposentadoria.);

– Paramos porque temos salas de aula superlotadas, o que dificulta o processo ensino-aprendizagem.

A insensibilidade do poder público em respeitar os direitos legais dos profissionais de ensino submetidos a condições deficientes de trabalho dificulta o aprendizado de nossas crianças e adolescentes, e prejudica a educação em nossa cidade.

Uma educação de qualidade se conquista com o respeito e a valorização dos profissionais de ensino e com um plano estratégico, discutido entre toda a comunidade, com os profissionais da educação e com seus representantes sindicais.

Por isso, convidamos a você, à sua família e aos seus amigos para participarem de nosso Ato Público em Defesa da Educação que será realizado na Praça José Pereira Câmara, no dia 23 de maio às 16 horas.

A educação deve ser um compromisso do município para com seus cidadãos. A luta em defesa da escola pública, gratuita e de qualidade é responsabilidade de toda a sociedade.

Por isso contamos com sua participação!

 Assembleia dos professores e professoras de Rio das Ostras

Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (SEPE)

Sindicato dos Servidores Municipais de Rio das Ostras (Sindiserv)

Comentários desativados em Profissionais da Educação de Rio das Ostras fazem paralisação

Educação de Rio das Ostras: Novas leis aprovadas esta semana garantem Regência de Classe e redução da jornada para professores

Com adendo de R$ 580, 69 e redução da jornada de trabalho de 25 para 20 horas, concedido esta semana pelo governo, professores de Rio das Ostras podem se considerar uma categoria forte, ou ao menos respeitada pela administração pública

Por Leonor Bianchi

Com certeza estas são as notícias da semana em Rio das Ostras. Na última edição do Diário Oficial do Município (635) – (leia o DO no site do Polifônico) -, o governo anunciou medidas que beneficiarão os professores da rede pública municipal de ensino. Uma delas trata da publicação da lei 1780/ 2013, que estabelece o pagamento de Regência de Classe (R$ 580, 69) para os professores municipais.

A nova lei da Regência, prevê pagamento dos R$ 580, 69 com data retroativa a primeiro de janeiro deste ano para todos os professores e pagamento integral do benefício em períodos de recesso e férias escolares.

A outra medida anunciada esta semana pelo governo foi a de redução de jornada de trabalho, que favorece professores I e II da rede. A lei equipara a carga horária destes professores e equaciona o problema da diferença de jornadas de trabalho entre os profissionais que desempenham a mesma função. Reduzir a jornada de trabalho ao invés de aumentar os vencimentos dos professores de 25 horas foi a solução encontrada e acordada entre o governo e a categoria. E a opção foi a mais acertada mesmo, já que segue diretrizes do governo federal no que tange a redução da jornada dos professores para 20 horas.

Rio das Ostras tem atualmente 435 professores atuando em regime de 25 horas. Com a redução da jornada para 20 horas, a prefeitura precisará preencher 220 vagas do quadro de professores para atender a demanda atual da rede.

O fortalecimento da categoria representa sua maturidade e capacidade de dialogar e negociar com o poder público

Para quem vinha acompanhando as reivindicações dos professores da rede no que diz respeito a melhorias e adequações trabalhistas para a categoria, sabe que neste último mês, depois de muitos anos,  a mesma apresentou um indicativo de greve. Não sei de onde saiu um cartaz postado no perfil do Sindserv-RO, há uns 20 dias, por um homem que não respondeu minha mensagem quando tentei apurar a informação, e também não vi na rede nada que remetesse ao posicionamento do sindicato dos servidores com relação ao fato.

Se eu quiser interpretar ‘por aqui’… a lei pode ser resultado de uma grande jogada, e insulflada internamente pelo próprio governo. Mas pode ser, também, bom senso, o que, inclusive, espero sinceramente que seja, já que estamos falando de profissionais da Educação que tiveram um Plano de Carreira atropelado recentemente pelo último governo e aprovado nas coxas. A mesma Educação, inclusive, que vai às urnas com seus centenas de profissionais a cada eleição municipal computar em número de votos o mesmo de seu quadro de servidores, praticamente. Não esqueçamos que as políticas nos âmbitos das melhorias para os trabalhadores se dão geralmente em troca de votos e lucro. Seguindo esta lógica, nas administrações públicas, geralmente o maior número de trabalhadores está concentrado nas secretarias de Saúde,  Educação… E, como servidor = votos… por que não conjecturar um contra golpe? Sei lá, nada mais me surpreende, saca?

Vi o governo de Carlos Augusto destratar os professores e profissionais da Educação se utilizando de práticas que envolviam abuso de poder, assédio moral e acabaram por desaguar em muita falta de ética por parte dos gestores da pasta na condução da gestão. Ta aí pra quem quiser ver, explodindo na imprensa local e regional, e nacional!, o caso de superfaturamento em contratos feitos pela Educação de Rio das Ostras envolvendo os nomes do ex-prefeito de Rio das Ostras e da ex-secretária de Educação, Maria Lina Paixão, que ficou os oito anos de seu mandado à frente da secretaria. Uma senhora de seus 80 e poucos anos com quem, diga-se de passagem, conversei muitas vezes depois das entrevistas que fiz com ela. sobre a Educação no Brasil e em Rio das Ostras. Uma pessoa que jamais imaginei estar disponível a tamanha safadeza com dinheiro público. As aparências enganam…definitivamente…

Mas enfim, com relação a ‘Lei da Regência’, pode ter sido sim uma jogada brava sim, e boa, excelente estratégia diria… Falta saber de que lado ela realmente brotou e se as sementes darão frutos ou ervas daninhas…

Folha de pagamento não pode ser paga com royalties

Não diria onerar, pois remunerar melhor servidores não significa ônus para a administração pública e sim investimento para ela mesma e para toda a sociedade, mas quanto será que esse adendo no vencimento dos professores vai custar aos cofres municipais? Isso sem contar que a PMRO precisará de mais 220 professores no quadro pra já, e que este não pode ser pago com recursos de royalties e participação especial.

O fato é que o governo conseguiu sair ganhando com o resultado da negociação com os professores. Mas outro fato que também não podemos esquecer é que e a administração atual não fez nada além do que eu dizia que seria motivo de barganha mais ‘lá na frente’. E o ‘lá na frente’ chegou, foi esta semana. E o acordo saiu. Sabino está bem na foto, mas quem realmente ganhou foi a categoria, que saiu vencedora e mais forte dessa negociação do que esteve nos últimos oito anos.

O que precisa ser rapidamente desmistificado neste episódio é que o prefeito não fez nada que já não tivesse que ter sido feito pelo anterior. Por que digo isto? Qualquer um que está acompanhando a história diria. Mas no meu caso, porque era jornalista do Sindserv-RO no período e vi de perto e pela visão dos servidores como o processo de indicação e aprovação desse Plano de Cargos foi feito.

Na época em que o Plano de Cargos da Educação foi aprovado, meados de 2011, os políticos do município já começavam as articulações para as eleições municipais que viriam em outubro de 2012. O então presidente da Câmara, Carlos Afonso, fez a indicação da lei e ele mesmo a aprovou sem muita conversa com a categoria e a entidade sindical. Então, senhoras e senhores, também não é assim. calma aí! Não estamos diante do feito do ano, mas sim de bom senso, uai. De bom senso e de uma prerrogativa interessante nestes primeiros meses ‘sob nova direção’, a do diálogo. Diálogo entre a administração pública e os servidores. Sobre isto sim devemos refletir. Tomara que esses ventos dialógicos soprem em outras esferas do governo e deste para com a sociedade.

Leia no Polifônico, todo sábado, o Diário Oficial de Rio das Ostras.

Comentários desativados em Educação de Rio das Ostras: Novas leis aprovadas esta semana garantem Regência de Classe e redução da jornada para professores

Quissamã tem cinema, mas o cinema não está em Quissamã

Posted in Brasil, Cidadania, Cinema, Cultura, Denúncia, Editorial, Educação, Região, Videofonia by ImprensaBR on 12/05/2013
cinema quissamã

Quissamã tem cinema. Este foi construído há menos de 10 anos e funciona no Sobradinho, onde acontece uma cena cultural. Quero assistir cinema brasileiro no cinema de Quissamã e não home vídeo estadunidense, e infantis que só deseducam meus filhos… @Videoteca Cinema popular Brasileiro

Comentários desativados em Quissamã tem cinema, mas o cinema não está em Quissamã

Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé promete trazer para a cidade natal do primeiro animador brasileiro o melhor da animação mundial

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Educação, Macaé, Videofonia by ImprensaBR on 10/05/2013

Começou no dia 11 de maio e seguirá até 29 de junho o período de inscrição de filmes no Anima Cine – Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé (RJ).

O Festival acontecerá de 19 a 25 de agosto com sessões voltadas para todas as idades e também para o público estudantil da rede pública de ensino.

Na programação do Festival, além das exibições de filmes, haverá palestras, debates e uma oficina de animação. Tudo de graça para o público.

Segundo a idealizadora do Anima Cine, Leonor Bianchi, Macaé é a cidade natal do primeiro animador de cinema do Brasil, Álvaro Marins, mais conhecido como Seth. “Macaé se orgulha deste marco ainda pouco conhecido, mas ainda não sabe a dimensão do que isso significa. Seth foi um ícone na ilustração brasileira, e a cidade, agora, com este Festival, estabelece, definitivamente, seu vínculo artístico e afetivo com o cinema de animação e com o feito do pioneiro Seth”.

Seth trabalhou em muitos jornais cariocas como ilustrador, desenhou inúmeras artes para a publicidade nos primeiros tempos da publicidade no Brasil, e tem sua marca registrada na história da animação brasileira.

Por ter nascido em Macaé e por consideramos que ele merece um lugar de destaque na História da Animação Brasileira, Seth e a Animação ganharam este projeto como forma de resgate a esta parte da história da cidade.

“Esperamos que este festival de cinema de animação torne-se referência em todo o Brasil e que possa fazer jus ao fato de ter sido nesta cidade, Macaé, o local de nascimento do diretor de ‘kaiser’, o primeiro filme animado feito no Brasil por um brasileiro, o Seth, em 1917”, ressalta a idealizadora do Festival.

Primeira animação brasileira

O filme ‘kaiser’ estreou em 22 de janeiro de 1917, no Cine Pathé, no Rio de Janeiro, meses antes de o Brasil declarar guerra à Alemanha e iniciar sua participação na Primeira Guerra Mundial. Consistia de uma charge animada, mostrando o imperador Guilherme II colocando sobre a cabeça um capacete que representava o controle sobre o mundo. Em seguida, um globo terrestre crescia e engolia o líder alemão.

Desde 1907 os cinemas brasileiros já apresentavam vinhetas animadas no encerramento dos cinejornais. Contudo, ‘Kaiser’ foi a primeira animação autônoma brasileira a ser exibida.

Fotograma do filme kaiser

Fotograma do filme kaiser

Inscrições

As inscrições podem ser feitas pelo site do Anima Cine www.animacinemacae.wordpress.com através do preenchimento da Ficha de Inscrição disponível na plataforma online. O responsável pelo processo de inscrição deve estar atento ao Regulamento do Festival, também disponível no site e enviar, junto com a obra inscrita, o Termo de Autorização de Exibição da Obra Audiovisual, também encontrado no site, ambos assinados por ele.

Além dos filmes inscritos espontaneamente, o Anima Cine compôs uma Curadoria, que está convidando realizadores brasileiros e de outras partes do mundo a apresentarem seus trabalhos no Festival.

Na maior rede social do mundo, curta a página do Anima Cine.

Comentários desativados em Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé promete trazer para a cidade natal do primeiro animador brasileiro o melhor da animação mundial

PURO e SEMUSA promovem II Semana Integrada de Enfermagem, em Rio das Ostras

Posted in Brasil, Cidadania, Educação, Rio das Ostras, Saúde by ImprensaBR on 10/05/2013

LB

A Prefeitura de Rio das ostras, por meio da Secretaria de Saúde, e o Polo Universitário de Rio das Ostras (PURO), promoverão, entre 13 e 17 de maio, a II Semana Integrada de Enfermagem do município, dentro da  Semana Brasileira de Enfermagem.

A abertura da Semana será na Câmara Municipal de Rio das Ostras, no dia 13 de maio, às 10h. Estarão presentes na ocasião, o prefeito Sabino, a secretária de Saúde, Ana Cristina Guerrieri, o coordenador de Enfermagem de Rio das Ostras, Rones Veloso, a coordenadora do curso de Enfermagem do PURO, Sandra Maria do Amaral Chaves, e a deputada estadual Rejane Almeida, que ministrará palestra sobre o tema da Semana.

A agenda da II Semana Integrada de Enfermagem de Rio das Ostras começa no dia 14, às 8h, no auditório da Escola Municipal Maria Teixeira de Paula, quando será realizado um breve curso de Prevenção e Tratamento de Úlceras. À tarde, neste dia, será realizado no PURO, das 13h às 18h, um breve curso sobre Consulta em Enfermagem. 

Para saber mais sobre a programação da II Semana Integrada de Enfermagem de Rio das Ostras, entre em contato com o PURO ou com a Secretaria de Saúde de Rio das Ostras.

E-mail do curso de Enfermagem: enfepuro@gmail.com

SEMUSA: (22) 2764 5670

Comentários desativados em PURO e SEMUSA promovem II Semana Integrada de Enfermagem, em Rio das Ostras

UFF divulga selecionados para Moradia Estudantil do PURO. Aprovados devem comparecer amanhã na unidade de ensino

Posted in Educação, Rio das Ostras by ImprensaBR on 29/04/2013

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis – PROAES divulgou o resultado da 2a  fase da Moradia Estudantil – Rio das Ostras 2013-1.

Os alunos selecionados (consulte os documentos em anexo) deverão comparecer no dia 30 de abril, às 13h, na Coordenação de Gestão de Moradia Estudantil e Restaurante Universitário – Rios das Ostras, térreo.

O Polo Universitário de Rio das Ostras fica na Rua Recife, quadra 7, lotes 1 a 7, Jardim Bela Vista, Rio das Ostras, RJ.

Resultado final Moradia estudantil PURO – Deferidos

Resultado final Moradia estudantil PURO – Indeferidos

Tagged with: , ,

Comentários desativados em UFF divulga selecionados para Moradia Estudantil do PURO. Aprovados devem comparecer amanhã na unidade de ensino

Aprovados no 6º Concurso Público de Rio das Ostras fazem manifestação pública no Rio de Janeiro

Posted in Cidadania, Coluna do Servidor, Educação, Estado, Rio das Ostras by ImprensaBR on 19/04/2013

Nesta quarta-feira, dia 17 de abril, os aprovados no 6º Concurso Público de Rio das Ostras fizeram novo protesto. Desta vez, no Rio de Janeiro junto ao Ministério Público e à Assembleia Legislativa (ALERJ).

Diante do impasse causado pela “anulação” do concurso, com a edição do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) feito em conjunto entre a Prefeitura de Rio das Ostras e o Ministério Público de Macaé, os concursados prosseguiram na luta pela chamada dos aprovados.

No Ministério Público, uma comissão foi recebida para expor o problema e solicitar esclarecimentos para uma solução satisfatória do caso, já que a “anulação” pura e simples não contempla e não é aceita pelos concursados.

Portando faixas e cartazes com críticas ao Prefeito Sabino, os manifestantes passaram a tarde em frente ao Ministério Público, chamando a atenção da população e dos vários funcionários que trabalham nas redondezas.

Digno de nota é que o movimento recebeu novas adesões, especialmente entre aqueles que trabalham na Capital ou próximo, dando mais força e visibilidade ao movimento, que está longe de recuar. Pelo contrário.

Esse movimento reivindicatório, legítimo e pacífico, poderia ter sido evitado com a chamada dos aprovados, uma vez que o concurso estava homologado. Agora tornou-se uma verdadeira “pedra no sapato” do atual Prefeito que, ao que parece, não conseguiu sentar na sua cadeira de trabalho para tocar a  gestão e tentar tirá-la da paralisia.

Para piorar o quadro, a imprensa local, que mais parece “sucursal” da imprensa oficial, prega factóides de “realizações” para fazer crer junto aos incautos que não existe essa paralisia dos serviços e imobilismo da máquina pública municipal.

Enquanto isso, avolumam-se os processos judiciais para cobrar das autoridades soluções adequadas, uma vez que não só os concursados estão prejudicados nos seus direitos, mas também a população riostrense, que carece de bons serviços públicos. Sem falar nos segmentos mais necessitados das periferias, que continuam na rua da amargura.

Na Assembleia Legislativa (ALERJ), o grupo de manifestantes se distribuiu para fazer visitas aos gabinetes dos deputados estaduais, tendo sido recebidos por alguns, que chegaram a indicar agendamento de reuniões para os próximos dias.

Mais uma vez, chamaram a atenção dos transeuntes com suas faixas e cartazes alusivos ao ato público, que começou nas escadarias da ALERJ e continuou nos balcões superiores, no interior do prédio.

O fato chamou também a atenção de deputados, que mesmo em meio às votações de rotina, sinalizaram com apoio ao movimento. Ponto alto, foi a intervenção de uma deputada que pediu a palavra, especialmente, para fazer alusão à presença dos concursados indignados com tamanha injustiça que sofrem nas mãos do Prefeito Sabino.

A referida deputada chegou a lembrar, em plenário e ao microfone, que quando estava naquela Casa o então deputado Sabino se mostrou um defensor dos servidores e dos serviços públicos. A  deputada estranhava agora  essa repentina mudança, tanto de discurso, quanto de prática.

Finalizou, colocando-se à disposição dos manifestantes. Logo a seguir, durante seu pronunciamento no parlatório, uma outra deputada também se solidarizou com a causa.

Outro fato diz respeito à presença no local da equipe humorística de televisão conhecida por “CQC”, que fazia matéria com os deputados. Os concursados tiveram acesso à equipe, que parece ter ficado interessada pelo caso sui generis de Rio das ostras, e ficaram de acertar uma entrevista para ser levada ao público da televisão.

Como já dito em outras ocasiões, o Sepe reitera que esta polêmica do 6º Concurso se trata da continuidade da luta político-eleitoral em Rio das Ostras. E quem mais perde são os setores mais pobres e necessitados de serviços públicos essenciais como Saúde, Educação, Saneamento e Segurança. E que sem a chamada urgente dos concursados, tendem a piorar.

Até o momento, toda esta polêmica tem servido para mostrar que Rio das Ostras não é mais aquela “cidadezinha” que cabia no bolso de alguns poderosos, que tudo podiam. O Brasil mudou, e a consciência de seu povo também,  mais madura e exigente. Agora, política, somente com ética. Mas, para isso se consolidar, a fórmula continua sendo a luta. Muita luta.

Fonte: Sepe Rio das Ostras e Casimiro de Abreu

Comentários desativados em Aprovados no 6º Concurso Público de Rio das Ostras fazem manifestação pública no Rio de Janeiro

Conservação e Preservação do acervo da Hemeroteca do Solar dos Mellos

Página da Hemeroteca Digital de Macaé

Comentários desativados em Conservação e Preservação do acervo da Hemeroteca do Solar dos Mellos

Sobre a realização do projeto Hemeroteca Digital de Rio das Ostras

Página da Hemeroteca Digital de Rio das Ostras

Comentários desativados em Sobre a realização do projeto Hemeroteca Digital de Rio das Ostras

Sepe Rio das Ostras e Casimiro de Abreu solicita esclarecimentos e providências sobre problemas na rede municipal de ensino de Rio das Ostras

Posted in Coluna do Servidor, Educação, Rio das Ostras by ImprensaBR on 18/04/2013

No dia 15 de abril, segunda-feira, o Sepe Núcleo Rio das Ostras e Casimiro de Abreu encaminhou três ofícios solicitando esclarecimentos e providências à Secretaria Municipal de Educação sobre problemas enfrentados pelos professores da rede municipal de Rio das Ostras.

Esses problemas já foram tratados em outros momentos, sendo agora adotada medida formal administrativa, através  de ofícios, sem prejuízo de outras medidas cabíveis, inclusive de ordem judicial.

São eles: 1) Não recebimento dos contracheques mensais; 2) Não recebimento integral de regência de turma em meses trabalhados; 3) Redução da carga horária de 25 para 20 horas semanais para todos e cumprimento do período de um terço para atividades extraclasse.

Fonte: Diretoria do Sepe Núcleo Rio das Ostras e Casimiro de Abreu 

Comentários desativados em Sepe Rio das Ostras e Casimiro de Abreu solicita esclarecimentos e providências sobre problemas na rede municipal de ensino de Rio das Ostras

Assembleia da rede estadual decide pela manutenção do estado de greve e por nova paralisação no dia 8

Posted in Cidadania, Coluna do Servidor, Educação, Estado, Rio das Ostras by ImprensaBR on 18/04/2013

Assembleia da rede estadual decide pela manutenção do estado de greve e por nova paralisação no dia 8

Centenas de profissionais compareceram hoje à assembleia da rede estadual de educação. Nela ficou decidido que haverá uma nova paralisação, dessa vez de 24 horas, no dia 08 de maio (quarta-feira). No mesmo dia será realizada uma assembleia às 10h  (local a confirmar) para decidir os rumos do movimento. Após a Assembleia haverá uma passeata dos profissionais de educação até o Palácio Guanabara.

Fonte: Sepe RJ

Conheça a atuação do Núcleo visitando nosso blog: seperiodasostrascasimiro.blogspot.com.br

Diretoria do Sepe Núcleo Rio das Ostras e Casimiro de Abreu

Comentários desativados em Assembleia da rede estadual decide pela manutenção do estado de greve e por nova paralisação no dia 8

Rio das Ostras comemora 21 anos de emancipação sob forte aparato policial e repressor da Prefeitura

Posted in Cidadania, Cidade, Coluna do Servidor, Denúncia, Educação, Rio das Ostras by ImprensaBR on 15/04/2013

No dia 10 de abril, quarta-feira, Rio das ostras comemorou seus 21 anos de emancipação com o tradicional “desfile cívico” patrocinado pela Prefeitura Municipal, na Avenida Amazonas, no Centro.

O Município, conhecido e apreciado por seus atributos paisagísticos associados a uma rede turística e cultural, teve mais um sobressalto: agora devido ao forte e ostensivo aparato policial e repressor com centenas de homens armados, alguns portando pesado armamento de guerra.

Isto tudo porque estava prevista mais uma manifestação pacífica e legítima dos candidatos aprovados no 6º Concurso Público de Rio das Ostras. Concurso este, “anulado” unilateralmente pelo Prefeito atual, após sua homologação no ano passado.

Como acontece nessas ocasiões, os manifestantes portavam faixas alusivas ao movimento, além de panfletos contendo as reivindicações em favor da contratação dos aprovados e pelo fim das contratações temporárias.

O Sepe Núcleo Rio das Ostras e Casimiro de Abreu que tem apoiado, acompanhado e registrado todo o movimento desde o seu início, mais uma vez, compareceu com seus diretores e militantes para reforçar a manifestação.

Atualmente, o embate sobre o 6º Concurso se  dá também na esfera judicial, quando os candidatos prejudicados estão na justiça contra o autoritarismo do Prefeito Alcebíades Sabino, eleito por uma ampla coligação (PSC, PDT, PMDB, PT e mais dezessete partidos).

Até o tom cinzento e nublado do dia contribuiu para acrescentar um elemento a mais de tristeza e apreensão na festa. Pois, nunca na história do município se teve notícia da presença tão massiva de policiais militares e guardas municipais, tão faltos na segurança da população, como mostram os índices crescentes de  violência da região.

Não é, pois, de se admirar o franco e rápido declínio de aprovação popular com relação ao Prefeito, quando durante a festividade era voz comum o desagravo e descontentamento com o curso dos acontecimentos da atual gestão municipal.

A festa dos 21 anos da Cidade – denotando uma maioridade – pode representar um divisor de águas na história local, quando a consciência política dos seus cidadãos e cidadãs colocar um basta à tradicional política de truculência – do “prendo e arrebento” – típica dos sistemas ditatoriais.

O Sepe/RJ (Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação do Rio de Janeiro), que sempre lutou pela  democracia e os avanços das políticas sociais no estado e nos municípios, tem no seu Núcleo local o representante responsável em dar continuidade à luta pelos Direitos Sociais e Humanos. E assim continuaremos.

Fonte: Diretoria do Sepe Núcleo Rio das ostras e Casimiro de Abreu

Comentários desativados em Rio das Ostras comemora 21 anos de emancipação sob forte aparato policial e repressor da Prefeitura

Pré-lançamento do livro ‘A imprensa na cidade que mais cresceu no Brasil: A história recente de Rio das Ostras revisitada em matérias jornalísticas produzidas entre 2005 e 2007’

capa_livro_cc03_para_word

É hoje, a partir das 17h, na Concha Acústica de Rio das Ostras.

O registro do cotidiano é tarefa própria da atividade jornalística. Em muitas vezes, esse registro torna-se a mais completa, se não a única documentação dos fatos de uma comunidade. As notícias e o jornalismo acabam por compor, também, o fio da memória local. O jornalismo, mesmo involuntariamente, escreve a história do lugar. Este livro condensa um período importante na história recente de Rio das Ostras, os anos de 2005, 2006 e 2007.

O objetivo desta publicação é reunir informações que permitam à comunidade local (re)conhecer a identidade, a ideologia e o discurso da imprensa local através da recuperação da história social recente da cidade, e apresentar essa memória para quem não conhece ou passou a conhecer a cidade nos últimos quatro, cinco anos.

A história de Rio das Ostras, nestes últimos 21 anos – tempo em que a mesma emancipou-se político-administrativamente de Casimiro de Abreu -, pode ser contada perfeitamente através das páginas dos jornais locais. É claro, devemos considerar que muitos desses jornais servem apenas para a sustentação ideológica dos grupos políticos dominantes no cenário local. Por isso, é preciso estar atento aos discursos enunciados por esses veículos e como eles são interpretados pelos leitores. Afinal, se falamos de construção de um fio narrativo da história local produzido pelos jornais impressos, precisamos saber interpretar seus enunciados e como estão contando a história, sob qual ótica pretendem ‘oficializar’ a história.

Escolhemos nos debruçar sobre a história recente do município e de sua imprensa local para entendermos um pouco mais sobre este belíssimo balneário, quem são suas personagens para além do povo, do cidadão comum, do trabalhador que ajuda, diariamente, a construir a cidade que mais cresceu no Brasil nos últimos 10 anos, segundo dados de 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Comentários desativados em Pré-lançamento do livro ‘A imprensa na cidade que mais cresceu no Brasil: A história recente de Rio das Ostras revisitada em matérias jornalísticas produzidas entre 2005 e 2007’

Lançamento de livro sobre a história recente de Rio das Ostras contada pela imprensa local, marca a programação de atividades culturais da semana de aniversário de 21 anos do município

Posted in Cidade, Cultura, Educação, Polifonia em Poesia, Rio das Ostras by ImprensaBR on 08/04/2013

Leonor Bianchi

Rio das Ostras, no Norte Fluminense do estado do Rio de Janeiro, completa nesta semana, no dia 10 de abril, seu vigésimo primeiro aniversário. Para comemorar a data, uma série de atividades culturais está programada para acontecer.

A prefeitura não contratou nenhum artista-celebridade para se apresentar no final de semana, para conter despesas, e está dando protagonismo aos agentes culturais da cidade. É verdade que alguns destes são de outros municípios, mas estão aparecendo depois que chegaram com seu trabalho em Rio das Ostras e por isso foram ‘escalados’. É o caso o ilustrador Aurélius Lobão, que não mora em Rio das Ostras e passou a ter relação com a cidade de um ano e meio para cá, mas está entre os artistas que farão a festa da cidade neste 2013. Há quem veja isso como um problema: não valorizamos a prata da casa, consequentemente acabamos tendo que trazer de fora…

..Mas sem preconceito, até porque a arte não tem fronteiras… e vamos que vamos, que o povo precisa de educação cultural, e é pra frente que se anda… durante a semana haverá o pré-lançamento do primeiro livro  produzido sobre a imprensa riostrense.

A imprensa na cidade que mais cresceu no Brasil. A história recente de Rio das Ostras revisitada em matérias jornalísticas produzidas entre 2005 e 2007, apresenta uma Rio das Ostras dez, onze… anos depois de sua emancipação, a troca de governo entre Sabino e Carlos Augusto, a chegada de milhares de novos moradores, que fizeram com que o município ganhasse o título de cidade brasileira que mais cresceu (em termos populacionais) nos últimos 10 anos.

O livro traz reportagens e matérias especiais produzidas durante os quatro primeiros anos do mandato do prefeito Carlos Augusto. Fatos como a chegada da Delegacia Legal à cidade; a construção da nova ponte sobre o rio das Ostras; a pavimentação de ruas nos bairros periféricos como Âncora e Cidade Praiana; a assinatura da primeira Primeira Parceria Público Privada para saneamento básico feita no Brasil; a poluição do rio que dá nome à cidade; a instalação de um emissário submarino na praia de Costa Azul; a chegada de professores, alunos e servidores da UFF, transformando Rio das Ostras definitivamente numa cidade universitária e de jovens; e a vinda de centenas de novos servidores para o serviço público municipal, delineando novas características sociais, políticas e eleitorais ao município. Estes, entre muitos outros acontecimentos relevantes e que revelam a história política, social e cultural de Rio das Ostras são narrados no livro através de matérias jornalísticas produzidas para o jornal (na época, diário) de Búzios, Primeira Hora, pela jornalista que vos escreve.

O livro integra a coleção da Série Memória da Imprensa Riostrense, dos Cadernos de Comunicação, projeto editorial totalmente independente, que venho desenvolvendo desde 2012.

O livro sai pela editora #ruap, do grupo de comunicação O Polifônico.

Os primeiros exemplares foram produzidos em mídia digital (CD) e E-book, mas os impressos podem ser adquiridos através de encomendas.

Na sexta-feira, unirei o útil ao mais agradável: durante a apresentação do meu companheiro, Rúben Pereira, violonista no grupo Só Pra Moer, nas comemorações do aniversário da cidade, estarei com exemplares à venda, na Concha Acústica.

Apresse-se em encomendar seu exemplar, pois a tiragem de pré-lançamento é limitadíssima.

Para conhecer mais sobre os Cadernos de Comunicação, acesse a página do projeto na rede social:

http://www.facebook.com/pages/Cadernos-de-Comunica%C3%A7%C3%A3o/477128898992944

capa_livro_cc03_para_word

Depois do assassinato de um jovem nesta quarta-feira, em frente a uma escola, prefeito de Rio das Ostras anuncia ação policial

Posted in Cidade, Educação, Rio das Ostras, Segurança Pública by ImprensaBR on 05/04/2013

LB

Medida foi anunciada, ontem, em coletiva à imprensa

Em menos de três meses, a cidade de Rio das Ostras teve mais de quatro manifestações em prol da melhoria da segurança pública. Depois de ser vaiado e levado uma cusparada no rosto durante uma manifestação que pedia o fim dos estupros na cidade, o prefeito Alcebíades Sabino não conseguiu responder às perguntas da imprensa quanto a localização de um guarda municipal que faz posto em frente ao colégio América Abdalla, cenário do assassinato, na última quarta-fera, do jovem de 19 anos, Júlio César de Paula. “Francamente, não sei dizer onde este GM estava na hora da briga que levou ao óbito ex aluno da escola”, declarou.

Sabino desmentiu que o assassino do rapaz seja aluno da escola. Se fosse aluno, o jovem estaria em horário de aula no momento em que saiu de sala e cometeu o crime em frente ao colégio municipal do bairro Nova Esperança, um dos mais antigos da cidade e famoso por ser palco de episódios de agressões de alunos à professores e entre os próprios estudantes. O Abdala ainda é conhecido ainda por ser a escola com os equipamentos mais depreciados pelos estudantes da rede pública municipal de ensino de Rio das Ostras. Na escola funcionou a primeira unidade da UFF em Rio das Ostras, em 2003.

Durante a coletiva, Sabino disse que a cidade receberá uma ação policial com reforço de 60 PMs nos próximos dias. A ação contará com polícias de Macaé, Pádua e Itaperuna, e de acordo o prefeito, já estava prevista para acontecer. 

Comentários desativados em Depois do assassinato de um jovem nesta quarta-feira, em frente a uma escola, prefeito de Rio das Ostras anuncia ação policial

Vencedores do Concurso de Ideias do Cinema Icaraí são premiados por sua criatividade e inovação

Posted in Cinema, Educação by ImprensaBR on 02/04/2013

A Universidade Federal Fluminense realizou nesta segunda-feira, 1º de abril, a cerimônia para entrega da premiação aos vencedores do Concurso de Ideias do Cinema Icaraí, no auditório da Escola de Engenharia, no Campus da Praia Vermelha. O objetivo do concurso era selecionar a melhor proposta de intervenção para a recuperação e a revitalização arquitetônica do Cinema Icaraí, em Niterói. O prédio é tombado pelo Departamento de Preservação do Patrimônio Cultural (Depac), órgão da Secretaria Municipal de Cultura de Niterói, e pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac), sendo uma das poucas construções no estilo “art-déco” ainda preservadas na cidade. 

Criatividade, inovação e, principalmente, a obediência aos critérios de tombamento orientaram a escolha do trabalho vencedor, sendo também necessário considerar soluções funcionais passíveis de serem executadas na prática e compatíveis com a questão da acessibilidade. A proposta prevê sala de música, sala de cinema, sala de exposições, espaço multiuso e um centro empresarial.

Os estudantes da UFF e da UFRJ Bruno Amadei Machado, David Baptista Lima de Mendonça, Lívia Borges Romariz, Natália Asfora Moutinho e Raíssa Macedo Gerheim foram os criadores da ideia vencedora. O trabalho foi orientado pela professora Rosina Trevisan Martins Ribeiro, com coorientação de Andrés Martín Pássaro e consultoria de Maria Lygia Alves de Niemeyer e Patrizia Di Trapano. A equipe recebeu o prêmio de R$ 5 mil. Bruno Machado agradeceu a oportunidade dada pela universidade e pelas comissões organizadora e julgadora. Destacou que espera que a iniciativa da UFF sirva como exemplo e dê origem a outros concursos voltados aos universitários. Raíssa Gerheim declarou que a equipe não estava esperando conquistar o primeiro lugar, mas que todos trabalharam e se esforçaram muito. “Procuramos seguir o edital à risca, as expectativas eram grandes, mas não imaginávamos ganhar”, completou Lívia Romariz.  ;

Na mesa de abertura da cerimônia estavam presentes o reitor da UFF, Roberto Salles; o vice-reitor, Sidney Mello; o secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia de Niterói, Waldeck Carneiro; e, pela Superintendência de Arquitetura e Engenharia (Saen) da UFF, o superintendente Luiz Augusto Cury e a chefe da Divisão de Desenvolvimento de Projetos, arquiteta Milena Sampaio. 

De acordo com Milena Sampaio, o desafio era viabilizar uma solução arquitetônica que pudesse compatibilizar as expectativas da sociedade niteroiense com as demandas da universidade, e ainda tendo que respeitar os parâmetros de tombamento do prédio. Milena parabenizou as equipes vencedoras pela qualidade e pelo mérito das propostas, que deverão guiar os próximos passos no desenvolvimento do projeto de restauração do cinema.

Waldeck Carneiro transmitiu os cumprimentos do prefeito Rodrigo Neves, e destacou a importância da reforma do Cinema Icaraí para a cidade do ponto de vista social, cultural e urbanístico. “O cinema é um importante patrimônio histórico-cultural de Niterói e, por isso, lutamos muito pela sua conservação e para evitar que caísse nas mãos da especulação imobiliária”, enfatizou. Em 2011, Waldeck foi o vereador responsável pela indicação legislativa enviada ao então ministro Fernando Haddad que propôs a desapropriação do espaço pelo Ministério da Educação (MEC) e a sua incorporação ao patrimônio da UFF.

O reitor Roberto Salles destacou o tempo recorde (cerca de um ano e meio) que levou todo o processo, desde a aquisição do prédio até a elaboração do concurso e a aprovação da proposta arquitetônica. “Nós vamos elaborar um plano de negócios e nossa intenção é que o espaço multicultural seja autossustentável, que possa sobreviver da própria arrecadação”, explicou Salles. Ainda de acordo com o reitor, o MEC já se comprometeu a financiar a obra de restauração do Cinema Icaraí.

A equipe que apresentou a proposta classificada em segundo lugar foi premiada com R$ 3 mil, enquanto a equipe classificada em terceiro lugar recebeu prêmio de R$ 2 mil. Uma menção honrosa foi concedida a uma quarta equipe.

Detalhes da proposta vencedora podem ser acessados em tinyurl.com/cu9uzqq.

Fotos das equipes premiadas em www.noticias.uff.br/noticias/2013/04/concurso-ideias-premiacao.php.

UFF Notícias

Comentários desativados em Vencedores do Concurso de Ideias do Cinema Icaraí são premiados por sua criatividade e inovação

Cadernos de Comunicação: Uma iniciativa original sobre a história e a memória da imprensa

capa_livro_cc03_para_word

LB

Nestes três primeiros meses de 2013, o projeto dos Cadernos andou muito. Esteve nas mãos de pessoas das letras, de escritores e editores, de professores, estudantes, de grandes jornalistas… de amigos e simpatizantes, que querem ver os livros nas melhores livrarias do país, e porque não do mundo? Todos colaboraram com sugestões, dicas, com contrapontos e críticas… e isso só enriqueceu ainda mais o projeto.

Ainda estamos em busca de patrocínio e investidores que se interessem pelo escopo editorial dos Cadernos de Comunicação. Se você quer ajudar a publicar os Cadernos de Comunicação e seus volumes sobre a imprensa brasileira e a memória da imprensa no Norte fluminense (inicialmente, pois o projeto contempla outros estados e regiões do Brasil, que não apenas o Sudeste e o Rio de Janeiro), envie um e-mail para cadernosdecomunicacao@gmail.com para saber como pode colaborar, e CURTA a página dos Cadernos de Comunicação no Facebook.

Comentários desativados em Cadernos de Comunicação: Uma iniciativa original sobre a história e a memória da imprensa

ABTU lança nova versão Rede de Intercâmbio de Televisão Universitária

Posted in Brasil, Cidadania, Cinema, Comunicações, Educação by ImprensaBR on 26/03/2013
A Associação Brasileira de Televisão Universitária está lançando a nova versão da Rede de Intercâmbio de Televisão Universitária (RITU). O objetivo é auxiliar as filiadas na elaboração de uma grade de programação diversificada por meio do intercâmbio de conteúdo. Segundo Fernando Moreira, presidente da ABTU, a iniciativa foca no conteúdo e em uma tecnologia simplificada para facilitar a troca entre as TVs.

Inicialmente o acervo conta com aproximadamente 70 horas de material, que foram convertidos para um formato de compressão digital que mantivesse a qualidade e permitisse às afiliadas de todo o Brasil acessar e colaborar com a subida de suas produções dentro de padrões definidos em um manual técnico da Rede e do Manual Prático de Direitos Autorais, produzido pela ABTU em parceria com o Canal Universitário de São Paulo (CNU). As afiliadas a associação terão acesso livre por 30 dias como degustação para conhecerem o funcionamento da nova versão da RITU. Após este prazo, os associados que quiserem manter o acesso à RITU precisam se comprometer a contribuir com uma hora de conteúdo todo o mês para o acervo.

Tela Viva

Comentários desativados em ABTU lança nova versão Rede de Intercâmbio de Televisão Universitária

UFF fará entrega de prêmios aos vencedores do Concurso de Ideias do Cinema Icaraí

Posted in Brasil, Cinema, Educação by ImprensaBR on 25/03/2013
A Universidade Federal Fluminense realizará uma cerimônia para a entrega da premiação aos vencedores do Concurso de Ideias do Cinema Icaraí no dia 1º de abril, às 10h, no auditório da Escola de Engenharia, Campus da Praia Vermelha, Bloco D, 3º andar, São Domingos, Niterói. Durante o evento, o público poderá ver a exposição das ideias vencedoras. O objetivo do concurso era selecionar a melhor proposta de projeto para recuperação e revitalização arquitetônica do prédio do Cinema Icaraí. 
A comissão julgadora elegeu como primeira colocada uma equipe formada por estudantes da UFF e da UFRJ, sob a orientação da professora Rosina Trevisan Martins Ribeiro, com coorientação de Andrés Martín Pássaro e consultoria de Maria Lygia Alves de Niemeyer e Patrizia Di Trapano. A ideia vencedora foi elaborada pelos estudantes Bruno Amadei Machado, David Baptista Lima de Mendonça, Lívia Borges Romariz, Natália Asfora Moutinho e Raissa Macedo Gerheim. O grupo será contemplado com um prêmio de R$ 5 mil.
A proposta vencedora irá delimitar a formulação do termo de referência para contratação do projeto arquitetônico do edifício. O prédio é tombado pela Prefeitura Municipal de Niterói e pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac), e é uma das poucas construções no estilo “art-déco” ainda preservadas na cidade.
Os projetos que alcançaram a segunda e a terceira colocações receberão prêmios de R$ 3 mil e R$ 2 mil, respectivamente. Uma menção honrosa foi concedida a uma quarta equipe pela comissão julgadora, a qual foi composta por representantes da Superintendência de Arquitetura e Engenharia da UFF, do Centro de Artes UFF, do Instituto de Arquitetos do Brasil-RJ, do Inepac, da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura Municipal de Niterói e de representantes da sociedade civil.
Criatividade, inovação e, principalmente, a obediência aos critérios de tombamento orientaram a escolha do trabalho vencedor, sendo também necessário considerar soluções funcionais passíveis de serem executadas na prática e compatíveis com a questão da acessibilidade. A proposta deveria ainda atender ao programa de necessidades descrito no edital, que previa sala de música, sala de cinema, sala de exposições, espaço multiuso e um centro empresarial.
Fonte: Agência UFF de Notícias

Comentários desativados em UFF fará entrega de prêmios aos vencedores do Concurso de Ideias do Cinema Icaraí

Escolas estaduais de Rio das Ostras iniciam greve, aderindo ao movimento deliberado ontem após assembleia no Rio

Posted in Cidadania, Coluna do Servidor, Educação, Estado, Notas, Região, Rio das Ostras by ImprensaBR on 22/03/2013

LB

O Sepe Núcleo Rio das Ostras e Casimiro de Abreu decidiu aderir ao movimento de greve em consonância com o Sepe (Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação) Rio de Janeiro, depois da assembleia de ontem. Toda a rede estadual de ensino do estado está em greve a partir de hoje, 22 de março.

Outra deliberação feita pela categoria foi a escolha das datas de 16, 17 e 18 de abril para uma ‘greve de advertência’.

No dia 18 de abril, a partir das 10h00, haverá uma assembleia geral no Clube Municipal (Rua Haddock Lobo 243, Tijuca, Rio de Janeiro) para serem definidos os rumos do movimento.

Comentários desativados em Escolas estaduais de Rio das Ostras iniciam greve, aderindo ao movimento deliberado ontem após assembleia no Rio

Rede estadual de ensino para hoje no Rio de Janeiro

Posted in Coluna do Servidor, Educação, Estado, Rio das Ostras by ImprensaBR on 21/03/2013

Sepe realizará assembleia na ABI para decidir se categoria entrará em estado de greve. Sepe Rio das Ostras e Casimiro de Abreu estará presente 

Os professores e funcionários das escolas da rede pública estadual farão uma nova paralisação de 24 horas nesta quinta-feira. Neste dia, a partir das 11h, a categoria fará uma assembleia na ABI (Rua Araújo Porto Alegre 71 – 9º andar – Centro) para discutir se a rede estadual entrará ou não em estado de greve (prontidão para realização de uma paralisação por tempo indeterminado) a partir de quinta-feira. Caso o governo não abra as negociações, a rede estadual poderá parar por tempo indeterminado.

Depois da assembleia, a partir das 14h, os profissionais participarão de uma marcha em defesa da educação, organizada por estudantes e por integrantes do Fórum em Defesa da Escola Pública (FEDEP) com início na Candelária e término nas escadarias da Alerj. Na escadaria da Alerj será realizada aula pública, com a participação de professores e alunos da rede estadual; um dos temas será: o governo Cabral utiliza os royalties do petróleo na educação do estado? Também na aula, será lembrada a morte do estudante Edson Luís, morto pela ditadura militar em 28 de março de 1968, em uma manifestação de estudantes no Rio.

Sepe vai solicitar intermediação do TJ para que governo estadual abra negociações:

A diretoria do Sepe vai pedir uma audiência com a presidente do Tribunal de Justiça do Rio, desembargadora Leila Mariano, para informar que desde o ano passado o sindicato pede a criação de uma mesa de negociação com o governo do estado para discutir as reivindicações da categoria, cuja campanha salarial de 2013 foi iniciada no mês de fevereiro. No entanto, até agora o governo não respondeu aos pedidos do Sepe.

Na audiência, o Sepe também vai mostrar à desembargadora a situação dos funcionários administrativos das escolas, que estão sendo removidos arbitrariamente de seus locais de trabalho e substituídos por funcionários terceirizados.

O Sepe oficiou a Secretaria Estadual de Educação (Seeduc) e o Palácio Guanabara, pedindo a abertura das negociações, tendo como base as seguintes reivindicações:

1) Cinco salários mínimos de piso (R$ 3 mil) para o magistério e 3,5 salários (R$ 2 mil) para os funcionários administrativos;

2) Combate ao Plano de Metas da SEEDUC e, também, ao Projeto “Certificação” dos professores;

3) 30 horas para funcionários administrativos já;

4) 1/3 de carga horária para planejamento de aulas para o professor;

5) Uma escola, uma matrícula para o professor.

Comentários desativados em Rede estadual de ensino para hoje no Rio de Janeiro

UFF abre inscrição para concurso para docentes. Há vagas para Rio das Ostras

Posted in Brasil, Coluna do Servidor, Educação, Estado, Rio das Ostras, Trabalho e Renda by ImprensaBR on 20/03/2013
A partir das 12h do dia 15 de março estarão abertas as inscrições para concursos de docentes da Universidade Federal Fluminense. Professores podem concorrer a vagas em 42 áreas de diversas unidades e polos da UFF. As inscrições vão até às 24h do dia 11 de abril e serão submetidas a julgamento. Caso a inscrição seja indeferida, o candidato pode recorrer enviando recurso ao seu departamento de ensino até o dia 16 de abril. As informações estão disponíveis no edital de número 20/2013 do “Diário Oficial da União”.
Os interessados devem primeiro se cadastrar no Sistema de Coordenação de Pessoal Docente (CPD) pelo site https://sistemas.uff.br/cpd. Depois do cadastro é preciso realizar o login no mesmo endereço e informar o CPF e a senha escolhida realizando, em seguida, as etapas do formulário. Para a inscrição são necessárias cópia digitalizada do comprovante de titulação exigida, cópia do currículo, que deve ser preferivelmente “Curriculum Lattes”, e cópia da GRU paga.
É preciso também pagar uma taxa de inscrição que é variável: para o cargo de Professor Auxiliar em regime de trabalho de 40 horas com dedicação exclusiva é cobrada uma taxa de R$ 220. Já para o cargo de Professor Auxiliar em regime de trabalho de 20 horas semanais o valor é de R$ 75. Estão isentos do pagamento da taxa de inscrição candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e aqueles que forem membros de família de baixa renda.
Além do edital 20/2013, que traz na íntegra todos os requerimentos e normas do concurso, também estão disponíveis no Diário Oficial o edital de processo seletivo simplificado para professores substitutos e os aditamentos aos editais: nº 320/2011; nº 153/2012; nº 168/2012 e nº 197/2012 todos datados de 13 de março deste ano.
Ao todo, os concursos selecionarão professores para vinte áreas da unidade de Niterói, cinco para a unidade de Macaé, seis para o polo de Campos dos Goytacazes, quatro para o polo de Rio das Ostras, um para o polo de Santo Antônio de Pádua, e seis para o polo de Volta Redonda. A lista completa das áreas, departamentos e datas das provas pode ser conferida abaixo:
–> Lista completa das áreas em www.noticias.uff.br/noticias/2013/03/concursos-inscricoes-15_03_13.pdf.
–> Edital 20/2013 e aditamentos dos editais em www.noticias.uff.br/noticias/2013/03/editais-e-aditamentos_concurso-de-docente.pdf.
Ascom UFF

Comentários desativados em UFF abre inscrição para concurso para docentes. Há vagas para Rio das Ostras

SEPE Rio das Ostras e Casimiro de Abreu participará da Assembleia Geral que a entidade realizará nesta quinta-feira, na ABI

Posted in Coluna do Servidor, Educação, Estado, Rio das Ostras by ImprensaBR on 20/03/2013
Leonor Bianchi

 

O Sepe Núcleo Municipal de Rio das Ostras e Casimiro de Abreu participará da Assembleia Geral que a entidade sindical dos professores da rede de estadual de educação fará nesta quinta-feira, 21 de março, às 11 horas, na Associação Brasileira de Imprensa (ABI). O Núcleo disponibilizou transporte, mas as demandas apenas puderam ser aceitas até ontem.

O SEPE rio das Ostras e Macaé aproveitam para convocar todos os da categoria para a reunião, que terá a seguinte pauta:

R$ 3mil para o magistério e R$ 2 mil para funcionários (5 salários mínimos para professores e 3,5 salários mínimos para funcionários).

Plano de Carreira Unificado com paridade para aposentados, incluindo professores indígenas.

– Eleição para a direção das escolas.

– Um terço da carga horária para planejamento.

– Uma matrícula, uma escola!

Após, Aula Pública na ALERJ e participação na Marcha do FEDEP.

Comentários desativados em SEPE Rio das Ostras e Casimiro de Abreu participará da Assembleia Geral que a entidade realizará nesta quinta-feira, na ABI

UFF divulga resultado do concurso de ideias para revitalização do Cine Icaraí

Posted in Cultura, Educação, Videofonia by ImprensaBR on 11/03/2013
19 - Cinema Icaraí, Icaraí, Niterói (A)
Após se reunir entre os dias 4 e 6 de março, a Comissão Julgadora anuncia o resultado do concurso de ideias da Universidade Federal Fluminense para recuperação e revitalização arquitetônica do prédio do Cinema Icaraí. Os avaliadores elegeram como primeira colocada uma equipe formada por estudantes da UFF e da UFRJ, sob a orientação da professora Rosina Trevisan Martins Ribeiro, com a coorientação de Andrés Martín Pássaro e a consultoria de Maria Lygia Alves de Niemeyer e Patrizia Di Trapano. A ideia vencedora foi elaborada pelos estudantes Bruno Amadei Machado, David Baptista Lima de Mendonça, Lívia Borges Romariz, Natália Asfora Moutinho e Raissa Macedo Gerheim. O grupo será contemplado com um prêmio de R$ 5 mil.
Conheça as ideias da equipe vencedora e das que ficaram em 2º e 3º lugar: (more…)

Comentários desativados em UFF divulga resultado do concurso de ideias para revitalização do Cine Icaraí

Alunos da Federal Fluminense têm aulas dentro de contêineres no RJ

Posted in Educação, Outras Fontes, Rio das Ostras by ImprensaBR on 09/03/2013

Estudantes da UFF (Universidade Federal Fluminense) dos campi de Rio das Ostras, na região dos Lagos, e de Campos dos Goytacazes, no norte do Estado, têm aulas em contêineres e sofrem com o número insuficiente de professores.

O cenário afeta, ao menos, 4.300 alunos matriculados nos dois campi do interior.

Em Campos dos Goytacazes (284 km da capital), o campus soma cerca de cem contêineres, onde ficam tanto as salas de aula quanto as áreas administrativas da unidade. Outros 20 devem ser alugados este ano para receber novos alunos, segundo o diretor do pólo, Hermán Mamani. A unidade aguarda a conclusão de um prédio para 2014.

O problema de espaço afeta não somente as aulas, mas os estudos e pesquisas, é o que diz a estudante Priscilla Reis, do Centro Acadêmico de Ciências Sociais em Campos. Ela afirma que os contêineres não são ruins, pois são montados para serem como salas de aulas e que têm até banheiro e ar-condicionado.

“Falta espaço para montar grupo de pesquisas porque tem que priorizar para as salas de aula”, afirmou a estudante.

Eu acho horrível. O ar-condicionado deixa muito gelado. É muito barulhento porque é uma caixa de lata. Cai um lápis e faz o maior barulho. A fiação elétrica é dentro da sala

RAYLANE WALKER, 22, estudante de serviço social em Rio das Ostras.

No campus de Rio das Ostras (175 km da capital), o projeto do prédio principal está pronto desde 2007 e há três anos tem verba destinada, mas as obras ainda não saíram do papel.

“Hoje, o que foi depositado, não dá mais nem para um quinto das obras por causa da inflação e da especulação imobiliária”, afirmou o diretor da unidade, Ramiro Piccolo. São necessários R$ 25 milhões para a construção do edifício.

“Eu acho horrível. Por dentro é branco, o ar-condicionado deixa muito gelado. É muito barulhento porque é uma caixa de lata. Cai um lápis e faz o maior barulho. A fiação elétrica é dentro da sala”, disse Raylane Walker, 22 anos, estudante do 6º período de serviço social em Rio das Ostras.

Sem restaurante

Os alunos reclamam ainda a falta de restaurantes universitários e, em Rio das Ostras, só em janeiro deste ano foi inaugurado o alojamento de estudantes.

Alunos que não têm dinheiro para comer na cantina do polo, onde a comida é considerada cara, buscam o restaurante popular da Prefeitura de Campos, onde o prato custa R$ 1. “O pessoal come no restaurante da Rosinha”, diz a estudante sobre o local, apelidado como uma referência à prefeita Rosinha Garotinho.

Expansão

Hoje, a UFF tem 29 unidades de ensino superior distribuídas por sete municípios: Niterói (sede), Rio das Ostras, Campos de Goytacazes, Angra dos Reis, Volta Redonda, Santo Antonio de Pádua e Nova Friburgo.

A instituição atende a 21.115 alunos de graduação e 3.028 de pós-graduação com com 2.287 professores e 4.064 funcionários. De acordo com o Relatório de Gestão de 2011, a universidade “ampliou em 28% a oferta de vagas na graduação no período de 2010 a 2011.”

Sua expansão faz parte do programa federal Reuni (Reestruturação e Expansão das Universidades Federais), criado pelo governo federal em 2004.

De 2009 até este ano o Polo Universitário de Campos dos Goytacazes viu seu número de alunos saltar de 560 para cerca de 1.800 matriculados. No entanto, o prédio inaugurado em 1962 para um curso apenas, o de serviço social, não deu conta de abrigar os demais cursos – geografia, economia, ciências sociais, história e psicologia.

O campus de Rio das Ostras tinha, em 2009, 690 alunos e atualmente tem 2.500 estudantes.

A reportagem do UOL procurou a reitoria da UFF na segunda-feira e até o momento da publicação não obteve resposta.

Fonte: UOL Carolina Farias
07/03/2013

Comentários desativados em Alunos da Federal Fluminense têm aulas dentro de contêineres no RJ

Prefeitura de Rio das Ostras cadastra estudantes com demanda de transporte

Posted in Educação, Rio das Ostras by ImprensaBR on 05/03/2013

LB

A Prefeitura de Rio das Ostras fará o cadastramento de estudantes de níveis médio, técnico e superior, que estudam fora da cidade a fim de estudar novas propostas para solucionar o transporte dos estudantes que residem em Rio das Ostras até seus locais de ensino.

O cadastro poderá ser feito nos dias 9 e 10 deste mês, de 9h às 17h, na Escola Municipal Maria Teixeira de Paula, na Alameda Jardim Campomar, nº 600, Jardim Campomar. Para se cadastrar, deve-se apresentar Identidade, CPF, Título de eleitor (para comprovação de domicílio) e comprovante de matrícula. O aluno precisa levar original e cópia da documentação

A iniciativa faz parte do Programa de Apoio à Formação Acadêmica, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação.

 

Comentários desativados em Prefeitura de Rio das Ostras cadastra estudantes com demanda de transporte

Cinco anos de Cineclube Lumiar

Posted in Cidadania, Cultura, Editorial, Educação, Nova Friburgo, Turismo, Videofonia by ImprensaBR on 25/02/2013

Este slideshow necessita de JavaScript.

O último domingo foi um dia especial para os militantes do cinema de Lumiar (Nova Friburgo, RJ) e para a comunidade local. Foi comemorado em grande estilo o aniversário de cinco anos de atividade do Cineclube Lumiar.

Muitas pessoas compareceram para compartilhar a alegria dos gestores do Cineclube. Dentre elas, eu, que fui convidada também a exibir na ocasião o documentário O povo do cinema de Lumiar. Emocionante.

São momentos como os que vivi ontem que sinalizam que o caminho é este e que a militância não pode parar.

Vida longa ao Cineclube Lumiar. Vida longa ao cinema nacional.

Parabéns a todos aqueles que trabalham para este movimento acontecer, mas, principalmente, parabéns ao público, que nesses cinco anos tem sido fiel ao Cineclube levando sugestões, críticas e o fundamental para que tudo isto aconteça: sua presença a cada nova sessão.

Que venham muitos, mas muitos outros anos…

Comentários desativados em Cinco anos de Cineclube Lumiar

Comemoração de cinco anos do Cineclube Lumiar exibirá o clássico ‘O povo do cinema de Lumiar’

Flávio Nascimento e Luisa são personagens do filme que abriu uma nova possibilidade para o cinema em Lumiar, em 2004.

Flávio Nascimento e Luisa são personagens do filme que abriu uma nova possibilidade para o cinema em Lumiar, em 2004.

As comemorações do quinto ano de atividades do Cineclube Lumiar (Nova Friburgo), acontecerão no próximo domingo, no próprio cineclube.

Entre as atrações artísticas que estão programadas para o dia, não poderiam faltar as exibições de cinema. E neste dia o filme rodado em 2004 no vilarejo ‘O povo do cinema de Lumiar’ será exibido junto a outras fitas-surpresa.

O filme é um documentário de 20 minutos dirigido pela jornalista e produtora da Mostra Cinema Popular Brasileiro, Leonor Bianchi. Ambos, o filme e a Mostra comemoram dez anos em 2013 e a ocasião certamente será de muita emoção não apenas para a realizadora, que depois de apresentar o filme em 2004 na Ação Rural, em Lumiar, nunca mais voltou a exibir o curta no vilarejo onde foi gravado, mas principalmente para a comunidade local, que vem demandando há tempos da diretora do doc. uma nova exibição do filme. Ano passado, em novembro, o curta foi exibido na abertura da 9ª Mostra Cinema Popular Brasileiro, mas não em Lumiar e sim na cidade vizinha, São Pedro da Serra, na Casa Cultural Mata Atlântica.

O filme tem depoimentos de moradores antigos e de pessoas que vieram de outras cidades para Lumiar, como Maria Cristina (da Oficina Escola As Mãos de Luz), Flávio Nascimento (o Poeta), Luisa (contadora de histórias), o professor Ari Celso, professores do Colégio Estadual Carlos Maria Marchon, Mestre Messias (violeiro e artista plástico já falecido), assim como Seu Denir Klein, pai do Vovô (do bar do Vovô), que também já se foi, entre outros.

O filme indaga o que o povo de Lumiar assiste na TV e no cinema e como a comunidade e a escola assumem o papel de protagonistas da narrativa histórica dos fatos locais utilizando o cinema e o audiovisual.

A sessão começa às 19h, a classificação indicativa é livre e a entrada é franca. O Cineclube Lumiar fica na Rua Dep. Amâncio Mario de Azevedo, 145, (em frente ao lago de Lumiar).

Não perca ‘O povo do cinema de Lumiar’ no próximo domingo, dia 24 de fevereiro, nas comemorações de cinco anos do Cineclube Lumiar.

Comentários desativados em Comemoração de cinco anos do Cineclube Lumiar exibirá o clássico ‘O povo do cinema de Lumiar’

Cartão do bem ou cartão do mal?

D20071218_H152710_ID7271

Mudou o ano, mudou o governo, mas a política populista parece nunca ter estado tão forte e consolidada em Rio das Ostras.

Uma semana antes do Carnaval, o novo-velho prefeito da cidade, Alcebíades Sabino, concedeu o beneficio chamado ‘Cartão do Bem’ para 2.600 moradores de Rio das Ostras. A política de assistencialismo não é de hoje no rico município de moradores pobres e vem seguida de outras tantas como você lerá ao final desta matéria.

Para quem não lembra, ou para os novos moradores que nem sabem do fato, o benefício ‘Cartão do Bem’ foi criado em 2007 pelo antigo prefeito do PMDB Carlos Augusto Baltazar (2005 – 2008 e 2009 – 2012 à frente da Prefeitura de Rio das Ostras) como substituição à Cesta Básica dada pela Secretaria de Bem-estar Social. Era para ser destinado a moradores com renda per capita de, no máximo, um salário mínimo.

Quando foi criado, o Cartão causou muita indignação entre os munícipes mais esclarecidos pelo fato de aquele ser um ano que antecedia as prévias eleitorais e a criação de uma lei municipal estabelecendo transferência de renda para cerca de 10 mil pessoas soava como compra de votos à luz do dia. Na época, o cidadão tinha a possibilidade de retirar o dinheiro no Banco do Brasil ou então fazer compras utilizando-o como cartão de débito em qualquer estabelecimento que aceitasse o pagamento com Visa Electron. Os comerciantes não precisavam fazer nenhum tipo de cadastro para participar do programa.

Este ano, antes do Carnaval, Sabino fez um mutirão envolvendo 150 servidores da prefeitura para refazerem o cadastro dos beneficiários antigos e incluir outros novos para ganharem mensalmente do governo municipal a quantia de R$ 100,00, mesmo valor dado em 2007 para os beneficiários.

A cidade, que vive hoje uma explosão populacional, precisa de fortes investimentos em infraestrutura, saúde, educação, habitação, qualificação profissional e inovação em ciência e tecnologia. Porém, o que vemos é a perpetuação de uma política arraigada ao populismo e na dependência do indivíduo para com o Estado, que ao invés de viabilizar formas para que ele – cidadão – trabalhe, oferece-lhe benefícios em dinheiro, em troca de popularidade e quem sabe, de sua continuidade no governo para além desta nova-velha gestão que acaba de começar. Acaba de começar e já disse a o que veio…

Não fossem os R$ 100,00 de mesada que Sabino está dando para quase 3 mil moradores de Rio das Ostras, mais uma medida populista foi anunciada na semana passada: a construção – em parceria com a construtora mais denunciada nos últimos anos no Brasil, MRV – de casas populares na cidade. Mas esta ação populista será a pauta de outra matéria.

 

Comentários desativados em Cartão do bem ou cartão do mal?

Sociedade riostrense contra o estupro

Aconteceu nesta terça, dia 29 de janeiro, a primeira reunião da Campanha Chega de estupros em Rio das Ostras, movimento iniciado por um grupo de professores do curso de Serviço Social da UFF/ PURO, com o intuito de tornar público o grande número de estupros que acontecem em Rio das Ostras, bem como levar ao poder público demandas e propostas para combater este tipo de violência.

A reunião foi veiculada por meio de e-mails e redes sociais, aberta a toda comunidade, já que o objetivo foi a construção coletiva de propostas de ação. O encontro teve participação de aproximadamente 60 pessoas, entre alunos e professores da UFF, profissionais de saúde do município, representantes de movimentos sociais e moradores de Rio das Ostras, todos indignados com a atual situação de casos de estupro que vigora na cidade.

Não é a primeira vez que os professores do PURO se sensibilizam e organizam ações para combater a violência contra a mulher em Rio das Ostras. Apesar de ter sido chamado por um grupo de pessoas, este movimento é de toda a população de Rio das Ostras.

Foram organizadas como parte da campanha atos de panfletagem para sensibilizar a população para esta realidade. O primeiro aconteceu no último domingo, na praia do Centro e na Lagoa de Iriry até a praia de Costa Azul.

No ato de domingo, integrantes do movimento distribuíram folhetos explicativos para os moradores da cidade e turistas.

Outras atividades envolvendo panfletagem serão feitas durante o Carnaval, e nas redes sociais. Toda a população está convidada a participar dos atos.

Segunda reunião da campanha será dia 20, na UFF

Será organizado um ciclo de debates na UFF, com a presença de estudiosos do assunto, representantes do poder publico, dos movimentos sociais e da segurança pública da cidade (ainda a serem convidados).

No dia 20 de fevereiro, às 17h30, será realizada, na UFF/PURO, a segunda reunião da campanha, onde será construído um documento a ser encaminhado ao poder público municipal, com propostas de prevenção aos estupros, bem como medidas que qualifiquem e humanizem o atendimento às mulheres vitimas desta violência.

Saiba mais sobre a campanha acessando o grupo da campanha “Chega de estupros em Rio das Ostras”, no Facebook.

Leia mais sobre o assunto

O jornal O Polifônico apoia esta iniciativa.

Texto de Paula Sirelli com Edição de Leonor Bianchi.

Comentários desativados em Sociedade riostrense contra o estupro

Mulheres organizam manifestação pedindo mais segurança e solução para os altos índices de estupros ocorridos em Rio das Ostras

Posted in Brasil, Cidadania, Cidade, Denúncia, Educação, Notas, Rio das Ostras by ImprensaBR on 23/01/2013

Movimento envolve docentes do Serviço Social do PURO, alunos da instituição e atores de diversos movimentos sociais da cidade

Rio das Ostras é conhecida, em todo o Brasil, por seus altos índices de estupros. E isso, há muitos anos, não é de agora, depois do crescimento populacional que ocorreu no município nos últimos oito, dez anos em função do arranjo produtivo do petróleo e gás da Bacia de Campos.

Só no mês de setembro do ano passado, dia sim dia não, uma mulher foi estuprada na cidade. Segundo dados do Instituto de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro (ISP), até Novembro de 2012 foram registrados 49 casos de estupros na cidade.

Com o objetivo de pedir às autoridades competentes ações de combate ao estupro na cidade, professores do curso de Serviço Social da UFF, alunos do PURO e sociedade civil organizada estão se organizando e convocando todos que se sentem agredidos com esta realidade para uma manifestação. A primeira reunião de organização da manifestação será na terça feira, dia 29 de janeiro, às 17h30, no auditório da UFF/ PURO, na rua Recife S/N, bairro Jardim Bela Vista.

 indices ips estupros em rio das ostras

Comentários desativados em Mulheres organizam manifestação pedindo mais segurança e solução para os altos índices de estupros ocorridos em Rio das Ostras

UFF deve retomar parceria com Prefeitura de Rio das Ostras

Posted in Educação, Rio das Ostras by ImprensaBR on 21/01/2013

No centro, Sabino, prefeito de Rio das Ostras, em reunião com diretores da UFF e como vice-reitor Sidney Mello

O vice-reitor da UFF, Sidney Mello, se reuniu no dia 10 de janeiro com o prefeito de Rio das Ostras, Alcebíades Sabino, para retomada da parceria entre a universidade e o município da Região dos Lagos.

No encontro, ficou acordada a formação de uma comissão de servidores da UFF e da Prefeitura que será responsável por avaliar a ampliação do número de vagas universitárias no Polo Universitário de Rio das Ostras (Puro), que atualmente oferece os cursos de graduação em Ciência da Computação, Enfermagem, Engenharia de Produção, Produção Cultural, Psicologia e Serviço Social, além do mestrado profissional em Engenharia de Produção e Sistemas Computacionais.

No mesmo dia, a UFF inaugurou sua primeira moradia estudantil na cidade. Com capacidade para receber 48 alunos, o prédio de três andares está localizado no bairro Jardim Bela Vista, próximo ao Puro, o que irá facilitar a permanência dos estudantes no município.

Também participaram da reunião o assessor do reitor para Interiorização, Cícero Mauro Fialho Rodrigues; o prefeito do Campus Universitário da UFF, Mário Ronconi; e o pró-reitor de Assuntos Estudantis da UFF, Sérgio Mendonça.

Comentários desativados em UFF deve retomar parceria com Prefeitura de Rio das Ostras

Primeira moradia estudantil da UFF é inaugurada em Rio das Ostras

Posted in Cidade, Educação, Infraesturutura, Rio das Ostras by ImprensaBR on 18/01/2013

moradia-estudantil-238

Com capacidade para 48 alunos, a primeira moradia estudantil da UFF foi inaugurada no dia 10 de janeiro, no Polo Universitário de Rio das Ostras (Puro). O prédio de três pavimentos, localizado no bairro Jardim Bela Vista, conta com quatro apartamentos por andar, equipados com camas-beliches, armários individuais, cômoda e ventilador de teto para até quatro estudantes.

Sem perder de vista a questão da acessibilidade, os apartamentos do primeiro piso foram preparados para receber alunos cadeirantes ou com dificuldade de locomoção. O saguão de cada andar foi mobiliado com sofás e televisão de 42 polegadas. As cozinhas são em estilo americano, com bancadas, geladeira, fogão “cooktop” elétrico, forno micro-ondas e liquidificador. O espaço também conta com lavanderias.

Houve também preocupação com a segurança dos estudantes, por isso foram instaladas câmeras de vigilância nos acessos e áreas comuns. A portaria contará com vigilantes 24 horas por dia, com controle da entrada e saída de moradores, funcionários e visitantes.

Do total de vagas oferecidas, 16 já estão ocupadas, e as 32 restantes serão preenchidas por meio de um edital de seleção que se dividirá em duas etapas. Na primeira, será avaliada a situação socioeconômica, critério adotado com caráter eliminatório. Na segunda fase, serão realizadas entrevistas com uma assistente social e uma psicóloga, devendo todos os selecionados fazer exames médicos e apresentar a carteira de vacinação.

“Marco histórico na UFF”

O vice-reitor Sidney Mello parabenizou a todos pela moradia estudantil,
destacando que “é um marco histórico na UFF. Vivemos muitas dificuldades nas universidades brasileiras nas décadas de 70, 80 e 90. Isto nos leva a achar este momento muito satisfatório, pois estamos vendo um filme muito bom. Acredito que esta parceria da universidade com a prefeitura de Rio das Ostras trará ao Puro uma consolidação cada vez mais profícua”. O vice-reitor pediu aos alunos que cuidem do espaço com consciência e que tenham compromisso com a boa manutenção do prédio, pois ele é um bem público.

O pró-reitor de Assuntos Estudantis, Sérgio Mendonça, também congratulou a todos que contribuíram para a realização da obra. “Fui diretor do Puro e atualmente como pró-reitor de Assuntos Estudantis tenho uma enorme alegria em inaugurar oficialmente a moradia estudantil, onde já estão morando 16 alunos, com a capacidade para receber mais 32 estudantes.”

O pró-reitor esclareceu que foram estudados vários regulamentos de moradias estudantis do país, para que pudessem chegar a um documento que estabelecesse a forma de convivência dentro do espaço. Ressaltou, ainda, a preocupação de que a moradia não se deteriore, que possa ser um espaço de qualidade de vida, com uma vivência saudável, para que o estudante tenha o melhor desempenho acadêmico e profissional.

O diretor do Puro, Carlos Bazílio, agradeceu a todos que tornaram este projeto possível. “Fui aluno da UFF e tive muitas dificuldades para concluir os estudos pois era aluno carente e morava muito distante de Niterói, o que me deixava com uma enorme expectativa de que houvesse uma moradia estudantil. Fico muito feliz de ver que alunos com a mesma experiência  tenham conseguido a concretização deste local, e tenham a consciência do bom uso e o cuidado com o bem público”, concluiu.

O assessor de Interiorização e ex-reitor da UFF, Cícero Rodrigues, falou do início do polo em Rio das Ostras e da expectativa de bons momentos para o crescimento constante, pois acredita que a parceria da universidade e da prefeitura local estará cada vez mais fortalecida, levando à ampliação da moradia e a outros projetos da interiozação. “Os alunos estão de parabéns, pois realizar uma obra dessas não é fácil, esta foi a primeira a ser concluída para que possamos trazer
melhor qualidade de vida aos nossos estudantes”, disse .

Representando o prefeito de Rio das Ostras, Alcebíades Sabino, a secretária de Ciência e Tecnologia, Eronei Leite, enfatizou a retomada da parceria da
UFF com o município. “O prefeito Sabino, reconhece a importância do
crescimento da universidade em nossa cidade e para tanto pretende ajudar
para que isto se realize, pois acreditamos que a UFF é a propulsora do conhecimento acadêmico-científico de Rio das Ostras, pois temos o entendimento de que a UFF é para todos nós”, afirmou.

A aluna Hitamara Amaral, residente do local, falou da dificuldade vivida antes da moradia. “Sou aluna do Puro há três anos e, como todos os alunos que moram fora do município, passei por momentos de muita dificuldade para conseguir continuar estudando. Agora com a moradia ficou tudo muito mais tranqüilo”, disse a estudante, que agradeceu a todos da universidade que tiveram participação na concretização da obra.

A moradia estudantil foi inaugurada oficialmente após o descerramento da
placa por várias autoridades da UFF e do município, além de alguns alunos já residentes no local. Todos os presentes fizeram uma visitação aos apartamentos.

A cerimônia de inauguração teve ainda a presença da coordenadora de Gestão de Moradia e Restaurante Universitário, Ângela Cristina de Almeida; a diretora da Divisão de Moradia Estudantil, Daisy Chiavegatto; o prefeito universitário, Mário Ronconi; o superintendente de Arquitetura e Engenharia em exercício, José Carlos de Souza; a diretora do Instituto de Ciência e Tecnologia do Puro, Marcelle Sá; o diretor do Instituto de Humanidades e Saúde do Puro, Ramiro Dulcich; e professores, alunos e funcionários da UFF.

moradia-estudantil-045-p

moradia-estudantil-050-p

moradia-estudantil-060

UFF Notícias

Comentários desativados em Primeira moradia estudantil da UFF é inaugurada em Rio das Ostras

Oficina de música Itiberê Zward começa nesta segunda, dia 14, em Rio das Ostras

Posted in Cidade, Cultura, Educação, Estereofonia, Rio das Ostras by ImprensaBR on 11/01/2013
1204939094_itibere1

Itiberê Zward durante uma oficina em Minas Gerais.

 

Começa nesta segunda-feira, 14, no Centro de Formação Artística de Rio das Ostras, a oficina Itiberê Zward. Ao todo, 30 alunos participarão das aulas que se estenderão até dia 17. As aulas serão ministradas para instrumentistas de baixo, piano, teclado, bateria, percussão, cavaquinho, bandolim, guitarra, violão, viola caipira e cordas friccionadas. Cantores também têm espaço na oficina.

O público terá a oportunidade  de assistir a execução dos alunos no dia 18, sexta-feira, no palco do Teatro Popular quando abrirão o show do grupo Itiberê Zward & Grupo, às 20h.
A OFICINA – O projeto tem o objetivo de desenvolver a escuta como ferramenta principal do músico, assim como a percepção rítmica, melódica e harmônica. A Itiberê Zward trabalha o talento de cada participante, sempre respeitando limites e possibilidades. A oficina também propõe o rompimento entre o erudito e o popular, estimulando a universalidade musical.

Comentários desativados em Oficina de música Itiberê Zward começa nesta segunda, dia 14, em Rio das Ostras

UFF inaugura sua primeira Moradia Estudantil em Rio das Ostras

Posted in Cidade, Educação, Rio das Ostras by ImprensaBR on 09/01/2013

A primeira Moradia Estudantil da Universidade Federal Fluminense será inaugurada no Polo Universitário de Rio das Ostras nesta quinta-feira, 10 de janeiro, às 14h30. O prédio tem três andares e 12 apartamentos no total, cada um com espaço para quatro pessoas, camas-beliches, armários individuais, uma cômoda e ventilador de teto. No primeiro piso, quatro apartamentos foram preparados para receber alunos cadeirantes. O saguão de cada andar foi mobiliado com sofás e televisão de 42 polegadas. As cozinhas são em estilo americano, com bancadas, geladeira, fogão “cooktop” elétrico, forno micro-ondas e liquidificador. O espaço também contará com lavanderias.

Houve a preocupação de garantir a segurança dos estudantes e, por isso, em todos os andares, nos acessos e áreas comuns, foram instaladas câmeras de vigilância. A portaria contará com vigilantes 24 horas por dia, com controle da entrada e saída de moradores, funcionários e visitantes.

“Nosso objetivo foi dar todo o conforto necessário para que os estudantes possam permanecer na universidade e concluir o curso de graduação com tranquilidade”, afirmou a diretora da Moradia Estudantil, Daisy Antunes Chiavegatto. “Tanto a Procuradoria Jurídica da UFF quanto o Conselho Universitário aprovaram o regimento interno da moradia, e todos os estudantes-residentes terão de assinar um termo de responsabilidade com relação ao uso do patrimônio público”, completou Daisy.

Das 48 vagas oferecidas, apenas 16 serão ocupadas no momento, sendo 12 por moças e quatro por rapazes. O edital para a ocupação das 32 vagas restantes será publicado após a inauguração. A seleção dos alunos é realizada em duas fases. Na primeira, é avaliada a situação socioeconômica, critério adotado com caráter eliminatório. Na segunda fase são feitas entrevistas com uma assistente social e uma psicóloga, devendo todos os selecionados fazer exames médicos e apresentar a carteira de vacinação.

Comentários desativados em UFF inaugura sua primeira Moradia Estudantil em Rio das Ostras

São Pedro da Serra ganha novo espaço de cultura

casa_da_mata_atlanticaFoi inaugurada, no dia 1 de novembro, a Casa Cultural Mata Atlântica. A Casa fica em São Pedro da Serra, Nova Friburgo e está aberta com uma extensa programação cultural.

Na Casa funciona o Empório Mata Atlântica com seu restaurante e a venda de produtos orgânicos, vinhos, pães e bolos integrais, compotas, conservas, cachaças de todo o Brasil e cervejas artesanais. Ainda na lojinha do Empório, podem ser encontrados artigos de vestuário feitos por artesãos de Nova Friburgo, artesanatos brasileiros e uma livraria especializada em história regional e meio ambiente.

Na última semana do ano (data a confirmar) acontecerá uma roda de choro com grandes instrumentistas. Além da música, a programação se estende ao cinema com o Cineclube Mata Atlântica, que realiza sessões aos sábados e domingos com entrada franca (acompanhe a programação do Cineclube através da fan page da Casa).

Videoteca Cinema Popular Brasileiro

A Casa Cultural Mata Atlântica guarda o acervo da Videoteca Cinema Popular Brasileiro. São centenas de títulos que podem ser assistidos na própria Casa, nas sessões do Cineclube ou em sessões pré-agendadas.

Os filmes da Videoteca podem ser solicitados para exibições em associações de diversas naturezas, escolas públicas e projetos de diversas naturezas. Para solicitar algum título é necessário enviar um e-mail para a Casa.

A Casa recebe reservas para hospedagem e camping.

Para saber mais sobre a Casa Cultural Mata Atlântica, acesse http://www.facebook.com/pages/Casa-Cultural-Mata-Atl%C3%A2ntica/458669617502689, ou mande um e-mail para casaculturalmataatlantica@gmail.com

Comentários desativados em São Pedro da Serra ganha novo espaço de cultura

Segue online a 9a Mostra Cinema Popular Brasileiro

Posted in Brasil, Cineclube Cinemofônico, Cultura, Editorial, Educação, Estado, Turismo, Videofonia by ImprensaBR on 07/11/2012

LB

Começou na quinta-feira dia 1 a 9a edição da Mostra Cinema Popular Brasileiro. Este ano a mostra acontece presencialmente em espaços culturais de São Pedro da Serra e no Sarau Monster, dia 11, em Barra de São João, e também online, através do site da mostra (www.mostracinemapopularbrasileiro.wordpress.com).

Mais um ano de sucesso e reconhecimento do público são pedrense, que na noite de sábado lotou o espaço da sala de cinema da Casa dos Saberes e aplaudiu de pé a sessão!

A 9a Mostra Cinema Popular Brasileiro é competitiva para os filmes que estão no site, e o público pode curtir através do botãozinho do Facebook os filmes que mais gostar. Os três filmes mais curtidos ganharão a tradução do roteiro para o inglês. a premiação é oferecida pela empresa BVaz Idiomas, parceira da 9a Mostra Cinema Popular Brasileiro.

A 9a Mostra Cinema Popular Brasileiro passou ainda pela Casa Cultural Mata Atlântica, na Bocaina dos Blaudts, em São Pedro da Serra, onde foi exibido no dia 1, durante a abertura da mostra, o curta-metragem dirigido por mim ‘O Povo do Cinema de Lumiar’. O filme foi gravado em 2004 e exibido naquele ano na primeira edição da mostra no vilarejo friburguense. Com depoimentos de muitos moradores tradicionais da cidadezinha, o filme é um documento importante para a memória local e ficou marcado na história de Lumiar como sendo o segundo filme a ser rodado no lugar. Nos anos 70 uma obra abordando a Coluna Prestes, que esteve ali, foi gravado em Lumiar. Depois de sua exibição em 2004, o curta O povo do Cinema de Lumiar não tinha mais sido exibido para o público local, oque transformou a sessão de abertura da 9a Mostra cinema Popular Brasileiro um momento muito especial.

Para assistir aos filmes da mostra, acesse http://www.mostracinemapopularbrasileiro.wordpress.com.

Comentários desativados em Segue online a 9a Mostra Cinema Popular Brasileiro

%d blogueiros gostam disto: