!@ {o polifônico, [Jornalismo de Intervenção # Por Leonor Bianchi]

Anima Cine Macaé homenageia Alvaro Marins (Seth) em sessão especial de encerramento, nesta 5a feira, 29, no CIEMH2

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Estado, Internacional, Macaé, Região, Turismo, Videofonia by ImprensaBR on 28/08/2013

luz anima acao cartaz

O Anima Cine Macaé homenageia Alvaro Marins, Seth. Caricaturista macaense renomado atuante na primeira metade do século XX. Seth foi nada menos que o primeiro animador de cinema do Brasil.

A sessão que encerra o Anima Cine Macaé é uma homenagem a este que é considerado o Pai da Animação Brasileira e a primeira animação feita no Brasil, Kaiser.

Na sessão serão exibidos três curtas premiados este ano no recém findado Anima Mundi e em outros festivais de animação e o estreante ‘Luz, Anima, Ação’, um longa ainda inédito do grande público, que depois de passar pelas telas apenas do Anima Mundi, agira no começo de agosto, será exibido para o público do Anima Cine Macaé. Imperdível!!!

A sessão do Anima Cine Macaé nesta quinta feira, 29 de agosto, começa às 19 h no CIEMH2, em Macaé, no Sol Y Mar. Entrada é franca e a classificação indicativa livre. Rua Eleosina Pereira de Queiroz Mattoso, 105.

O Anima Cine Macaé 2013 – Festival Internacional de Animação de Macaé é uma realização de Curadoria de Cinema e Escola Livre de Comunicação e Artes. www.animacinemacae.wordpress.com

Comentários desativados em Anima Cine Macaé homenageia Alvaro Marins (Seth) em sessão especial de encerramento, nesta 5a feira, 29, no CIEMH2

Anima Cine Macaé divulga filmes selecionados para sua primeira edição

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Estado, Macaé, Região, Rio das Ostras, Turismo, TV O Polifônico, Videofonia by ImprensaBR on 07/08/2013

Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé acontecerá de 24 a 30 de agosto

O Anima Cine Macaé, Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé divulga hoje a seleção dos filmes que serão exibidos na primeira edição do festival.

angel

Animação polonesa ‘Angel’, de Agnieszka Skolik.

 

Segundo a curadora do Anima Cine, Leonor Bianchi, a programação foi pensada e construída em cima de uma demanda regional de contato e aproximação com o gênero. “Mesmo com os meios digitais de comunicação, muita gente no interior não conhece outro tipo de animação que não seja os desenhos da Disney e os mangás japoneses. Consideramos este aspecto e preferimos criar um panorama didático, digamos assim, para selecionar as obras. O formato pensado para esta curadoria seguiu a tendência das janelas dos festivais mais significativos de animação que existem hoje no mundo, mas não esquecemos de olhar para o nosso quintal, afinal somos interior, estamos no interior. Macaé é uma cidade transatlântica, mas aqui é interior do Brasil… Exibiremos filmes premiados em Annecy (o maior do gênero no mundo) e tantos outros que estão hoje, neste momento, sendo exibidos no Anima Mundi, o maior festival de animação do Brasil, mas também exibiremos animações locais, de gente de Macaé, a terra do pai da animação brasileira, o mote do Anima Cine Macaé, inclusive! Isso mostra a intenção da Curadoria em dialogar com as produções regionais sem desconsiderar que há uma grande escola de cinema de animação fora do Brasil. Uma escola mais antiga e que merece respeito, mas que hoje, com o acesso às ferramentas de produção de um filme animado, nada perde à criatividade dos animadores brasileiros. Alguns (muitos), inclusive, trabalham lá fora, mas assinam a realização de vários filmes como sendo feitos no Brasil. O Brasil tem se revelado um grande produtor de animação para cinema. A publicidade domina um nicho que acaba fomentando o surgimento de novos realizadores a cada dia”, comentou a curadora do festival.

Foram selecionados 32 filmes, dentre estes, três longas-metragens. A relação dos selecionados e os programas do Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé já está online no site www.animacinemacae.wordpress.com

O Anima Cine é uma realização de Curadoria de Cinema e Escola Livre de Comunicação e Artes.

Comentários desativados em Anima Cine Macaé divulga filmes selecionados para sua primeira edição

O Anima Cine invadiu a redação d’O Polifônico!!!! É tempo para uma reflexão social inteligente e provocadora, característica deste gênero cinematográfico, e o curta animado ‘Imagine uma menina com cabelos de Brasil…’ nos remete bem a esse estado de reflexão crítica sem perder o bom humor…

imagine

‘Imagine uma menina com cabelos de Brasil…’ A animação do ilustrador e animador Alexandre Bersot será exibida no Programa de abertura do Anima Cine Macaé, dia 25 de agosto, no CriaSana. Para ver toda a programação de filmes, acesse o site do festival aqui. O Anima Cine tem programação gratuita.

Realização: Curadoria de Cinema e Escola Livre de Comunicação e Artes
Comunicação: ImprensaBR

Comentários desativados em O Anima Cine invadiu a redação d’O Polifônico!!!! É tempo para uma reflexão social inteligente e provocadora, característica deste gênero cinematográfico, e o curta animado ‘Imagine uma menina com cabelos de Brasil…’ nos remete bem a esse estado de reflexão crítica sem perder o bom humor…

Região dos Lagos é 18ª no ranking de violência contra crianças

Posted in Estado, Região, Rio das Ostras, Segurança Pública by ImprensaBR on 18/07/2013

Número de casos de violência chegou a 27 mil no Rio. Ranking estadual “avalia” 39 regiões do estado

A morte da menina Gabriely, de dois anos, em Rio das Ostras, Região dos Lagos, chamou a atenção para os casos de violência infantil no estado do Rio de Janeiro. Só em 2011, foram mais de 27 mil registros em todo o estado, mas esse número poderia ser bem maior, porque, segundo as autoridades, nem todos os casos são denunciados. E a cada ano aumenta o número de casos, dados mais recentes do Instituto de Segurança Pública mostram que em 2011 foram quase 27 mil casos de violência e mais de 3 mil de estupros de menores. E em 2009, foram 22 mil registros de violência e 2.500 estupros.

O último caso registrado na Região dos Lagos foi o da menina Gabriely, violentada e morta que teve o corpo encontrado debaixo de um monte de telhas, a pouco mais de 100 metros da casa onde ela morava com a familia. O homem suspeito de cometer o crime, que seria dependente químico, está preso desde a semana passada. No início do mês, outro caso que chamou a atenção foi o de um menino de 9 anos, em Rio Bonito. Segundo a polícia, ele teria sido morto por um tio. O crime chocou os moradores da cidade. Em Búzios, uma adolescente portuguesa de 12 anos foi agredida nesta semana e encontrada seminua depois de ser levada por um homem enquanto esperava uma van, segundo ela mesmo declarou à família.

Em Macaé foram 179 atendimentos de violência contra crianças realizados em 2013 e 133 em 2012. Em Rio das Ostras foram 18 vitimas de violencia sexual com menos de 18 anos no ano passado e sete casos este ano. De acordo com Cláudia Pereira, coordenadora do núcleo de  atenção à saúde do adolescente, não é possível afirmar que a violência aumentou de fato ou já existia e não era notificada.

A comissão de direitos humanos da OAB de Rio das Ostras explica que o problema está relacionado a educação, as políticas públicas de assistência social, segurança e também ao crescimento das cidades. Os casos de agressão suspeitos podem ser denunciados ao Conselho Tutelar e ao Ministério Público.

Do G1

Comentários desativados em Região dos Lagos é 18ª no ranking de violência contra crianças

Vem aí a 11ª Feira da Terra, em Lumiar

Posted in Cidade, Cultura, Estado, Meio Ambiente, Nova Friburgo, Região, Saúde, Trabalho e Renda, Turismo by ImprensaBR on 01/07/2013

feiradaterra

Está chegando a 11ª edição da Feira da Terra, que este ano acontece em Lumiar, distrito de Nova Friburgo nos dias 26, 27 e 28 de julho. A novidade da programação desta edição da Feira é a realização do I Fórum Intermunicipal de Agricultura, Agroecologia, Alimentação Saudável e Sustentabilidade, que reunirá gestores e trabalhadores rurais de Nova Friburgo,Teresópolis, Macuco, Bom Jardim,Cantagalo, Cordeiro,Santa Maria Madalena,São Sebastião do Alto, entre outros.

Veja mais sobre a programação da 11ª Feira da Terra

580190_585421191498523_1857545368_n

Dia 26 julho

11h – Perfil da Produção da Região Serrana – Lia Caldas- Educadora ambiental, Juliano Palm- Historiador e Reinaldo Queirooz -Prod. Cultural( Casa dos Saberes)
14h – Roda de conversa dos municípios
15h – Sustentabilidade na Produção de Hortaliças – Gerson José Yunes Antônio (Emater)- Eng. Agrôn. eTéc. Regional do Programa Rio Rural
16h – Oficina Cozinha Brasil – SESI
17h – ” Alimentação Saudável – Vanessa Cristina de Paula Lage – Agente de Desenvolvimento Social da Emater- Rio- Trajano de Moraes

27 julho
10h – Sistema produtivo para pequenos produtores agrícolas – Educ. Ambiental Lia Caldas, Historiador Juliano Palm e o Prod. cultural Reinaldo Queiroz
11h – O Desequilíbrio na nutrição de plantas e os agrotóxicos – Eng. Agrôn. Alexandre Jacinto Teixeira- Supervisor Regional da Emater
14h – Oficina Cozinha Brasil – SESI
15h – Palestra do Sebrae
16h- Palestra do Sebrae
17h – Encerramento do Fórum

Para contatar a produção da Feira da Terra, envie email para contato@feiradaterra.org.

Comentários desativados em Vem aí a 11ª Feira da Terra, em Lumiar

Festival de Animação de Macaé encerra inscrições de filmes

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Estado, Internacional, Macaé, Região by ImprensaBR on 28/06/2013

Anima Cine – Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé promete trazer para a cidade natal do primeiro animador brasileiro o melhor da animação mundial

Seguem até amanhã, 29 de junho, as inscrição de filmes no Anima Cine – Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé (RJ). O Festival acontecerá de 24 a 30 de agosto com sessões voltadas para todas as idades e também para o público estudantil das redes públicas de ensino. Na programação do festival, além das exibições de filmes, haverá palestras, debates e uma oficina de animação. Tudo de graça para o público.

Segundo a idealizadora do Anima Cine, Leonor Bianchi, Macaé é a cidade natal do primeiro animador de cinema do Brasil, Álvaro Marins, mais conhecido como Seth. “Macaé se orgulha deste marco ainda pouco conhecido, mas ainda não sabe a dimensão deste feito. Seth foi um ícone na ilustração brasileira e a cidade, agora, com este festival, estabelece, definitivamente, seu vínculo artístico e afetivo com o cinema de animação e com o feito do pioneiro Seth”.  

Seth trabalhou em muitos jornais e revistas cariocas como ilustrador, desenhou inúmeras artes para a publicidade nos primeiros tempos da publicidade no Brasil, no início do século XIX e tem sua marca registrada na história da animação brasileira.

Por ter nascido em Macaé e por consideramos que ele merece um lugar de destaque na História da Animação Brasileira, Seth e a Animação ganharam este projeto como forma de resgate a esta parte da história da cidade.

“O Anima Cine Macaé pretende preencher a lacuna tão expressiva de ser Macaé a cidade de origem do primeiro animador brasileiro. Esperamos que este festival de cinema de animação torne-se referência em todo o Brasil e no mundo e que possa fazer jus ao fato de ter sido nesta cidade, Macaé, o local de nascimento do diretor de ‘kaiser’, o primeiro filme animado feito no Brasil por um brasileiro, o Seth, em 1917”, ressalta a idealizadora do Festival.

Primeira animação brasileira

O filme ‘kaiser’ estreou em 22 de janeiro de 1917, no Cine Pathé, no Rio de Janeiro, meses antes de o Brasil declarar guerra à Alemanha e iniciar sua participação na Primeira Guerra Mundial. Consistia de uma charge animada, mostrando o imperador Guilherme II colocando sobre a cabeça um capacete que representava o controle sobre o mundo. Em seguida, um globo terrestre crescia e engolia o líder alemão. Em outra cena, o Presidente Nilo Peçanha, em traço caricatural também aparecia explodindo numa gargalhada de progressão crescente.

Inscrições

As inscrições podem ser feitas pelo site do Anima Cine www.animacinemacae.wordpress.com através do preenchimento da Ficha de Inscrição disponível na plataforma online. O responsável pelo processo de inscrição deve estar atento ao Regulamento do Festival, também disponível no site e enviar, junto com a obra inscrita, o Termo de Autorização de Exibição da Obra Audiovisual, também encontrado no site, ambos assinados por ele.

Além dos filmes inscritos espontaneamente, o Anima Cine compôs uma Curadoria, que está convidando realizadores brasileiros e de outras partes do mundo a apresentarem seus trabalhos no festival.

Comentários desativados em Festival de Animação de Macaé encerra inscrições de filmes

Cachoeiras de Macacu e Rio Bonito no bilhete único

Posted in Brasil, Cidadania, Cidade, Estado, Infraesturutura, Política, Região, Trabalho e Renda, Transporte by ImprensaBR on 25/06/2013

Os municípios de Cachoeiras de Macacu e Rio Bonito estão perto serem incluídos no Bilhete Único Intermunicipal. A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou nesta terça-feira (25/06), em discussão única, a indicação legislativa 285/13, dos deputados André Corrêa (PSD) e Paulo Melo (PMDB), que propõe a inclusão das cidades na Lei 5.628/09, que instituiu o programa de tarifa integrada de transporte. A indicação solicita ao governador Sérgio Cabral o envio de projeto tratando do assunto, o que foi dado como certo por Corrêa, líder do Governo na Casa. “Esta questão já está equacionada. Vai acontecer”, garantiu ele, reforçando que o programa, único em seu caráter intermunicipal no país, já beneficia 800 mil pessoas nas vinte cidades já abrangidas.

A aprovação foi muito comemorada por moradores e representantes da Cachoeiras de Macacu presentes em plenário. O prefeito da cidade, Cica Machado, explicou que os moradores se deslocam muito na região, que abriga o Comperj, e, com isso, gastam muito com as passagens. “Esta situação prejudica a cidade de diferentes formas, mas, sobretudo economicamente. Essa alteração na lei será muito benéfica e comemorada pela população”, salientou. A indicação será publicada.

Fonte: Alerj

 

Comentários desativados em Cachoeiras de Macacu e Rio Bonito no bilhete único

Cinema no Sana: Distrito serrano de Macaé receberá sessão de abertura do Anima Cine Macaé

Posted in Brasil, Cinema, Cultura, Estado, Internacional, Macaé, Turismo, Videofonia by ImprensaBR on 25/06/2013

Iniciativa partiu da produção do festival após receber inscrições de filmes realizados por alunos da Escola Municipal do Sana

peito_pombo

Peito do Pombo. Símbolo do Sana e de sua maior riqueza: a natureza.

Após receber inscrições de filmes realizados no Sana durante uma oficina de fotografia ministrada pelo multi artista Moisés Bruno Heguedusch Santos, a produção do Anima Cine – Festival Internacional de Cinema de Animação de Macaé, decidiu levar a abertura do projeto para o distrito serrano de Macaé. O objetivo é incentivar a produção local e prestigiar a comunidade, que ainda não conta com um cinema alternativo ou com um circuito cineclubista de exibição.

“Buscamos dialogar e conhecer a pessoa que tinha inscrito esses filmes no festival a fim de aproximar a produção da comunidade e saber se havia interesse desta em receber sessões do Anima Cine, e a resposta foi positiva”, conta a produtora executiva do Anima Cine, Leonor Bianchi.

super-8

Planet of the apes, versão original, 1968, em Super 8, foi um dos filme exibidos no Sana, em 2001.

“O Sana tem tradição em produção cultural e artística desde os anos 60, mas ainda não aconteceu por lá um festival de cinema, o que, aliás, tem tudo a ver com a vocação turística do lugar. Conhecemos a Festa do Sana, a famosa banda Raiz do Sana, que tornou o lugarejo conhecido em todo o Brasil e até fora do país e motivou o aparecimento de muitos músicos e alguns festivais de música no arraial, sabemos da existência de diversos grupos e coletivos culturais que atuam na comunidade fazendo apresentações circenses, musicais, folclóricas, mas cinema ainda não vi chegar ao Sana. Em 2001, levei meu Super 8 para lá e exibi muita fita animada e uns curtas adultos no bar do Madeira, o Telektonon. Depois disso, com minha atuação em Lumiar e São Pedro da Serra com a Mostra Cinema Popular Brasileiro, acabei não retornando ao Sana para fazer mais exibições. Agora, com a presença do Anima Cine na comunidade, tenho expectativas de que consigamos criar um circuito exibidor alternativo no Sana. Estou em diálogo com pessoas da comunidade para começarmos a criar uma mobilização em torno do assunto e futuramente realizarmos uma oficina de cineclubismo, para que mais adiante possamos pensar em criar um cineclube no Sana. Um cineclube com programação permanente e gratuita. Minha intenção não é apenas levar o Anima Cine para o Sana e depois descer a serra sem deixar algo de concreto para a comunidade com a ida do projeto para lá. A ideia é que o festival tenha sim o seu papel enquanto formador de plateia, fomentador do turismo e do contato da comunidade local com a produção cultural macaense, brasileira e mundial de animação, mas que funcione também como um convite para a aproximação da comunidade com o cinema e a linguagem audiovisual, para que esta possa desfrutar do espetáculo cinematográfico permanentemente e não só no momento do festival”, observa a produtora executiva, que também assina a concepção do Anima Cine Macaé.

Abertura do festival será dia 24 de agosto

O Sana foi o local escolhido para abrir o Anima Cine Macaé. A comunidade do charmoso vilarejo incrustado na Mata Atlântica do norte-fluminense e os turistas que subirem a serra poderão participar das sessões de cinema e da Oficina de Sonoplastia durante o final de semana de 24 e 25 de agosto. Haverá exibições de filmes para todas as idades, com entrada franca.

Anima Cine exibirá produção local vencedora do Prêmio Menino Caranguejo

iza ajuda a natureza

Alunos da Escola Municipal do Sana durante a oficina de fotografia que originou o curta animado ‘Iza ajuda a natureza’, selecionado para o Anima Cine Macaé.

A programação de filmes do Anima Cine ainda não está fechada porque as inscrições ainda estão abertas através do site do festival, até 29 de junho. Ainda não há confirmação da Curadoria a respeito dos filmes que serão exibidos, mas, considerando a relevância e especificidade de uma animação produzida no Sana, distrito macaense, inscrita no festival, a Curadoria Nacional do Anima Cine considerou que a obra audiovisual já estaria classificada. “Um dos objetivos do Anima Cine é incentivar as produções locais e regionais. Quando vi que o distrito do Sana tinha duas produções inscritas no festival, procurei assistir os filmes e considerei pertinente selecionar um das obras. Trata-se de um filme cujo tema levantado é a preservação ambiental. Tenho dito sempre, que o Sana pode ser o lugar ideal para o Anima Cine abrir uma janela de exibição voltada para a temática socioambiental. E como existem produções do gênero voltadas para essa temática! Daria para fazer um festival só de animações sobre o assunto. A inscrição espontânea do curta-metragem ‘Iza ajuda a natureza’ (2’24’’/ 2011) no Anima Cine é a prova disso. O filme foi feito por sete alunos do primeiro grau da Escola Municipal do Sana durante uma oficina de fotografia ministrada por Moisés Bruno Heguedusch Santos. A animação ganhou o 6º lugar no Prêmio Menino Caranguejo, do Instituto Caranguejo de Educação Ambiental, de Joinvile (SC) e será exibida junto com outros curtas na sessão de abertura do Anima Cine Macaé, dia 24 de agosto.

A animação é feita com técnica stop motion e bonecos de massinha. A direção de arte do filme trabalhou com cenários produzidos a partir de materiais reutilizáveis, como papelão e recortes de tecidos. O professor da oficina, Moisés Bruno Heguedusch, assina a edição do curta, mas as crianças da escola criaram o argumento e o roteiro do filme, nomearam a personagem e construíram toda a evolução da estória.

Sambando dará uma Oficina de Sonoplastia

Durante o Anima Cine haverá uma Oficina de Sonoplastia oferecida pelo Sambando – Núcleo Social de Cultura e Arte – um dos principais fomentadores ativos da cultura no Sana e entidade parceira do Anima Cine. O Sambando será a sede do Anima Cine no Sana.

A oficina será ministrada por Rodrigo Bucair, percussionista, fundador, presidente e professor do Sambando.

Poderão participar jovens com mais de 13 anos. As inscrições serão gratuitas e começarão uma hora antes do início da oficina, na base da produção do Anina Cine no Sana, no sábado, 24 de agosto. A Oficina de Sonoplastia terá duração de três horas diárias dividas entre os dias 24 e 25 de agosto.

Participe do Anima Cine Macaé! De 24 e 25 (Sana), de 26 a 30 de agosto de 2013 no Sana e no Solar dos Mellos, em Macaé, Rio de Janeiro (BR).

Curta a Fan Page do projeto.

Comentários desativados em Cinema no Sana: Distrito serrano de Macaé receberá sessão de abertura do Anima Cine Macaé

Faculdade de Educação da UFF promove debate com Maria Prestes, viúva de Luiz Carlos Prestes, nesta quarta-feira

Posted in Brasil, Cidadania, Cinema, Cultura, Educação, Estado, Videofonia by ImprensaBR on 17/06/2013

A Faculdade de Educação da UFF promove no dia 19 de junho um debate sobre a vida de ambos e a restituição do cargo de Prestes como senador. O evento ocorrerá às 14h, no Auditório Florestan Fernandes da Faculdade de Educação, Bloco D, Campus do Gragoatá, São Domingos, Niterói. Haverá projeção dos filmes “O Capitão e o Poeta” e “Maria Prestes: Filme sobre a Vida da Viúva do Líder Luiz Carlos Prestes”, momento de autógrafos do livro “Meu companheiro: 40 anos ao lado de Luiz Carlos Prestes”. Toda a programação é aberta ao público.

Fonte: Agência UFF de Notícias

Comentários desativados em Faculdade de Educação da UFF promove debate com Maria Prestes, viúva de Luiz Carlos Prestes, nesta quarta-feira

Queixas contra a Viação 1001 serão debatidas por comissão de transportes

Posted in Denúncia, Estado, Transporte, Turismo by ImprensaBR on 10/06/2013

A Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), presidida pelo deputado Marcelo Simão (PSB), realizará nesta terça-feira (11/06) uma audiência pública para debater os serviços prestados pela empresa Auto Viação 1001. De acordo com o parlamentar, foram recebidas denúncias e reclamações sobre os valores das tarifas, constantes acidentes envolvendo os veículos da empresa e descaso com os usuários, principalmente os idosos. “A comissão está sensível às reclamações dos usuários. Por isso, vamos cobrar melhorias no serviço prestado dessa empresa, que tem a concessão de linhas intermunicipais e da Região dos Lagos”, explica Simão. A reunião está marcada para as 10h30, na sala 316 do Palácio Tiradentes.
Foram convidados o secretário de Estado de Transportes, Júlio Lopes; a procuradora e assessora de Assuntos Legislativos do Ministério Público do Estado (MPE-RJ), Vitória Le Coque; o diretor executivo da 1001, Heiz Kumm Junior; e o presidente do Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio (Detro-RJ), Rogério Onofre.

 Fonte: Alerj

Comentários desativados em Queixas contra a Viação 1001 serão debatidas por comissão de transportes

Alerj eleva reajuste de quadros das secretarias de Educação e Cultura

Posted in Cultura, Estado, Notas by ImprensaBR on 06/06/2013

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou nesta quarta-feira (05/06) o projeto de lei 2.200/13, com o reajuste para todo o quadro ativo e inativo de funcionários das secretarias de Estado de Educação e de Cultura. Interrompida ontem durante votação dos destaques, a votação foi encerrada hoje com aumento do índice de 7% para 8%, a permissão de extensão do aumento aos animadores culturais e o abono das faltas por paralisação nos dias 16, 17 e 18 de abril. “Como foi dito anteriormente, trabalharei para que os abonos sejam sancionados”, comprometeu-se o presidente da Casa, deputado Paulo Melo (PMDB).
Em plenário, o líder do Governo na Casa, deputado André Corrêa (PSD) classificou proposta como uma extensão da política de valorização da categoria do governo estadual. “Depois de anos de perdas salariais, podemos dizer que houve um ganho real na ordem de 40%. Hoje o Rio tem a maior hora/aula do país, 44 mil professores concursados foram chamados”, listou o parlamentar, informando que 60% dos professores em atividade entraram nos últimos seis anos. O aumento já será contabilizado nos pagamentos do mês de junho.

O parecer da comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da qual Corrêa é presidente, aprovou ainda emenda que estende o reajuste aos adicionais de qualificação por mestrado e doutorado e que concederá gratificação por difícil acesso, paga hoje apenas a professores, aos servidores do quadro de apoio da secretaria de estado de Educação, neste caso a partir de janeiro de 2014. A emenda que descongela os adicionais de qualificação é do presidente da Comissão de Educação da Casa, deputado Comte Bittencourt (PPS).

“Em 2009, lutamos para que os professores tivessem um adicional por formação de mestrado e doutorado. Não adianta esse incentivo não receber, ao longo desses dois últimos anos, os reajustes que estão sendo dados à base do salário”, salientou. A emenda que estendeu o auxilio ao apoio é da deputada Enfermeira Rejane (PCdoB). Uma emenda não aprovada pela CCJ foi incluída em votação em plenário: assinada pelo deputado Marcelo Freixo (PSol), estabelece que a matricula dos professores correspondam a lotação em apenas uma escola. A intenção é impedir que professores sejam obrigados a se dividir entre mais de uma unidade.
A proposta, que seguirá à sanção do governador Sérgio Cabral, também cria 3.877 funções gratificadas, sendo 250 de agentes de acompanhamento em gestão escolar, no valor de R$ 1,8 mil; e 3.627 de assistente operacional escolar, de R$ 840. O governador terá 15 dias úteis para sancionar a norma.

Fonte: Alerj

Comentários desativados em Alerj eleva reajuste de quadros das secretarias de Educação e Cultura

Registros de estupro no estado são tema de audiência na Alerj

Posted in Cidadania, Estado, Rio das Ostras by ImprensaBR on 05/06/2013

O aumento expressivo no número de registros de estupros no estado será discutido em audiência pública da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), nesta quinta-feira (06/06), às 10h00, na sala 316 do Palácio Tiradentes. Segundo a presidente da comissão, deputada Inês Pandeló (PT), o número de casos subiu significativamente, desde o ano retrasado. “No ano passado, 6.029 mulheres foram vítimas de estupro. Comparado a 2011, o ano de 2012 apresentou um aumento de 23,8% (1.158 vítimas a mais). Foram 4.871 casos em 2011. A média mensal, ano passado, alcançou o número de 502 vítimas, cerca de 17 ao dia. Foram quase 37 vítimas de estupro para cada grupo de 100 mil habitantes”, lamentou a parlamentar.

Participarão da audiência a chefe da Polícia Civil, delegada Martha Rocha; a coordenadora do Núcleo de Pesquisa do Instituto de Segurança Pública (ISP) e organizadora do Dossiê Mulher, Andréia Soares; o chefe do Escritório de Projetos Especiais da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, coronel Danilo Nascimento da Silva; a subsecretária de Estado de Políticas para as Mulheres, Ângela Fontes, e representantes do Fórum Estadual de Combate à Violência Contra Mulher e de movimentos feministas do estado do Rio.

Fonte: Alerj

Comentários desativados em Registros de estupro no estado são tema de audiência na Alerj

Macaé sediará ‘Encontro de Gestores de Cultura do estado do Rio’

Posted in Brasil, Cultura, Estado, Macaé, Região by ImprensaBR on 04/06/2013

Leonor Bianchi

A cidade de Macaé será cenário de um encontro estratégico para a Cultura do estado do Rio de Janeiro. {Todos} os gestores da pasta da Cultura foram convidados para uma grande reunião com o Ministério da Cultura e esse encontro acontecerá nos dias 17, 18 e 19 de junho próximo.

Em sentido lato, o encontro pretende debater o Sistema Nacional de Cultura e como ele está sendo   ‘aplicado’ dentro dos modelos de gestão de cultura existentes nos municípios e no estado.

A ‘Oficina de Implementação de Sistemas Estaduais e Municipais de Cultura’, está sendo organizado por Marcelo Veloso, produtor cultural com formação pela UFF (IACS), ex-professor do Polo Universitário de Rio das Ostras (PURO), atual representante do MinC no estado do Rio de Janeiro.

Serão três dias de conversas, debates, apresentações de diagnósticos, dados, índices, e de proposições de caminhos para a integração dessa politica nacional de forma que a ela abarque as diferenças e especificidades de cada região do país. Quem coordena e dirige o encontro é a Secretaria de Articulação Institucional/ SAI/ do MinC do governo federal.

A meta número 1 do Plano Nacional de Cultura para 2020 é a de que o Sistema Nacional de Cultura esteja institucionalizado e implementado, com 100% das unidades da federação e 60% nos municípios.

Veja aqui mais informações sobre as ‘Oficina de Implementação de Sistemas Estaduais e Municipais de Cultura

Comentários desativados em Macaé sediará ‘Encontro de Gestores de Cultura do estado do Rio’

Silêncio: patrões de jornais e revistas estão mudos

Posted in Comunicações, Estado, Jornalismo de Intervenção, Trabalho e Renda by ImprensaBR on 28/05/2013

Em junho completam-se quatro meses de negociação salarial entre trabalhadores e os empresários de jornais e revistas do Rio de Janeiro. Ao que parece, os patrões querem fazer do acordo coletivo de 2013 um imenso rocambole – e, assim, seguem enrolando, evitando a assinatura da convenção.

A última contraproposta dos jornalistas cariocas foi aprovada em assembleia no dia 7 de maio: reajuste de 7%, acima da inflação, e pagamento dobrado, em dinheiro, dos feriados trabalhados. Ou seja, os mesmos ganhos conquistados nas negociações com os empresários de rádo e TV. Essa resolução de assembleia foi enviada aos representantes patronais, que prometeram uma resposta até a última sexta-feira (27 de maio). Mas os empresários seguem mudos, não respondem, nem agendam novas rodadas de negociações.

Por causa deste – e de outros – atrasos, os jornalistas de impressos ainda não tiveram o reajuste em seus salários neste ano. A Participação nos Lucros e Resultados (PLR) também fica sem índice. Na prática, os patrões de jornais e revistas da cidade fazem pouco caso com as necessidades de seus trabalhadores.

Desde a data-base da categoria, em fevereiro, foi uma constante a demora dos representantes patronais em responder às reivindicações. E isso acontece num ano em que as empresas de rádio e TV assinaram acordo com os trabalhadores em apenas dois meses, com significativos ganhos para os jornalistas desse segmento.

No início de maio, o Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio realizou pesquisa online com a categoria sobre o reajuste. O resultado apontou que 83% dos profissionais que responderam não abrem mão de ganho real nos salários (acima de 6,63%). A maioria ainda apontou como prioridade o pagamento dobrado de feriados trabalhados. A assembleia do dia 7 de maio confirmou essas reivindicações.

LEIA MAIS: Acompanhe as negociações salariais de jornal e revista

Fonte: SJPMRJ

Comentários desativados em Silêncio: patrões de jornais e revistas estão mudos

Sindicato dos Jornalistas em processo de eleição. Confira a nominata das chapas

Posted in Cidadania, Comunicações, Estado, Jornalismo de Intervenção by ImprensaBR on 28/05/2013

A comissão eleitoral divulgou a inscrição de quatro chapas que concorrem na eleição da direção e da Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio. A votação está marcada para os dias 16, 17 e 18 de julho, junto com a da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). Confira a seguir a nominata das chapas.

Chapa 1 Linha Direta Com Os Jornalistas
Presidente: Bruno Cruz
Vice-presidente: Andrei Bastos
1º tesoureiro: Marcos Pereira
2º tesoureiro: Rosayne Macedo
Secretário-geral: Terezinha Santos
Conselho fiscal: Maurílio Ferreira, Bette Romero, Sônia Fassini
Delegados na Fenaj: Ilza Araújo, Miro Nunes
Suplentes: Marília Ferreira, Malu Fernandes, Carmen Pereira, Sandra Martins, Mônica Coronel
Comissão de Ética: Iara Cruz, Cristina Miguez, Márcio Ferreira, Luís Carlos Bitt, Françoise Vernot

Chapa 2 Sindicato É Pra Lutar – Oposição de Verdade
Presidente: Paula Maíran de Brito Machado
Vice-presidente: Randolpho Silva de Souza
Secretário-geral: Cláudia de Abreu
1º tesoureiro: Camila Aparecida Marins Alvarenga Theodor
2º tesoureiro: Maria Amélia Sabino Rozante Rocha
Conselho fiscal: Daniel Fonsêca Ximenes Ponte, Cecília de Moraes, Francimária Ribeiro Gomes.
Delegados na Fenaj: Gizele de Oliveira Martins, Vivian de Azevedo Virissimo
Suplentes: Regina Quintanilha, Raquel Júnia de Magalhães, José Olyntho Contente Neto, Samuel Tosta, André Vieira de Almeida Agostinho
Comissão de Ética: Sylvia Moretzson, Nilo Sérgio Silva Gomes, Álvaro Miguel de Britto Saraiva, Luiz Sérgio Caldieri, Dante Gastaldoni

Chapa 3 Sindicato De Todos Para Todos
Presidente: Alberto Jacob Filho
Vice-presidente: Hélio Araujo
Secretário-geral: Maria Mirtes
1º tesoureiro: César Romero
2º tesoureiro: Admar Branco
Delegados na Fenaj: Cláudio Monteiro, Jeline Rocha
Conselho fiscal: José Luís Laranjo, George Fant, Rui Zilnet
Suplentes: Jorge Borralho, Rosangela Maria Alves, Cláudia Dantas, Sérgio Cardoso, Carlos Alberto da Rocha
Comissão de Ética: Fátima Brito Lopes, Lica Oliveira, Ronaldo Rosas, Luiz Freitas, Alberto Jacob

Chapa 4 Democracia E Transparência
Presidente: Nelson Moreira da Silva
Vice-presidente: Humberto Nascimento
Secretário-geral: Rogério Marques
1º tesoureiro: Ricardo Villa Verde
2º tesoureiro: Marcos Galvão Fernandes de Vasconcelos
Conselho fiscal: Adriana Cruz, Cláudia Lima Costa, Ana Cristina Peixoto Figueira
Delegados na Fenaj: Henrique Acker, Luciana Cavalieri
Suplentes: Michel Alecrim Bastos Leite, Luiz Antonio Bap, Roberto da Silveira Duarte, Celia Abend, Carlos Alberto da Silva Trinta
Comissão de Ética: Octavio Costa, Umberto Trigueiros, Helio da Silva Cicero

Fonte: Site SJPMRJ

Comentários desativados em Sindicato dos Jornalistas em processo de eleição. Confira a nominata das chapas

Rio das Ostras, no litoral do Rio de Janeiro, entra em ranking de preferência turística nacional

Posted in Brasil, Estado, Região, Rio das Ostras, Turismo by ImprensaBR on 22/05/2013

O município de Rio das Ostras, no interior do Rio de Janeiro, acaba de entrar para um ranking sobre os destinos litorâneos mais buscados pelos brasileiros. Elaborada por uma revista focada em negócios e turismo, a lista revela que a cidade da Região dos Lagos ocupa a 17ª posição na preferência dos turistas nacionais que desejam passar alguns dias relaxando em um lugar cheio de belas paisagens.

O resultado representa um aumento de 194% no interesse turístico nacional por Rio das Ostras, e revela que a cidade disputa espaço de igual para igual com destinos badalados de todo o mundo, como praias de Los Angeles, nos EUA, e do Taiti, na Polinésia Francesa.

Como não poderia deixar de ser, a novidade animou autoridades e empresários do setor de serviços do município, que já pensam em estratégias para ampliar o leque de atrações oferecidas, que hoje já conta, por exemplo, com o Festival de Frutos do Mar e o Rio das Ostras Jazz & Blues Festival.

Além desses e outros eventos, Rio das Ostras vem caindo nas graças dos brasileiros por conta de suas belezas naturais. São ao todo 15 praias bem preservadas e capazes de atrair tanto os amantes dos esportes radicais quanto quem prefere um banho mais calminho. Sem falar na deliciosa Lagoa do Iriri e no sol que brilha por lá pelo menos 300 dias por ano. Quem visita Rio das Ostras conta ainda com uma grande variedade de bares e restaurantes especializados na culinária regional.

Fonte: Vírgula

Comentários desativados em Rio das Ostras, no litoral do Rio de Janeiro, entra em ranking de preferência turística nacional

Grupo ‘Chega de Estupros em Rio das Ostras’ leva para a Câmara Municipal, hoje, às 10h, Audiência Pública com a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Alerj, Inês Pandelô

Posted in Cidadania, Cidade, Estado, Rio das Ostras by ImprensaBR on 20/05/2013

Como parte das ações e conquistas do movimento ‘Chega de Estupros em Rio das Ostras’ , acontecerá, hoje, às 10h, uma Audiência Pública da ALERJ na Câmara Municipal de Rio das Ostras com o tema “Discussão dos casos de estupro em Rio das Ostras”. A Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, deputada Inês Pandeló, convocou a audiência, acolhendo as reivindicações do movimento para o enfrentamento da violência sexual e de gênero.

Como principal fruto das ações de mobilização contra a violência de gênero, que conta com o apoio de entidades e movimentos como a Articulação de Mulheres do Brasil (AMB) e do Movimento de Mulheres de Cabo Frio (MMCF), o Movimento Chega de Estupros em Rio das Ostras participou no mês de abril de importantes rodadas de negociação com o poder público, destacando-se a audiência pública com o gabinete da delegada Martha Rocha (chefe da polícia civil do Estado do Rio de Janeiro), a delegada da 128º DP de Rio das Ostras, a Subsecretária de Políticas para as Mulheres, Angela Fontes e representantes da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da ALERJ. Como um dos desdobramentos e conquistas desses encontros, acontecerá no dia 20 de maio às 10 horas, uma Audiência Pública da ALERJ na Câmara Municipal com o tema “Discussão dos casos de estupro em Rio das Ostras”. Nesta oportunidade, o movimento continuará reivindicando medidas urgentes, uma delas é a criação de uma Rede Especializada de Atendimento à Mulher que permita a consolidação de uma política pública na área. Com esse objetivo, o movimento está elaborando um dossiê contendo dados sobre as necessidades para atendimento às mulheres vítimas de violência sexual, para ser apresentado às autoridades presentes na audiência pública.

Alertando à população sobre os seus direitos, sensibilizando a sociedade para a desnaturalização deste tipo de violência, pressionando o poder público para a criação de medidas de enfrentamento e prevenção desta realidade, o Movimento Chega de Estupros em Rio das Ostras chama todas as pessoas interessadas a se mobilizarem para enfrentar esta terrível situação de violência que degrada a vida de centenas de mulheres. 

Fonte: http://chegadeestuprosro.wordpress.com
Conheça o movimento e participe!

 

Comentários desativados em Grupo ‘Chega de Estupros em Rio das Ostras’ leva para a Câmara Municipal, hoje, às 10h, Audiência Pública com a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Alerj, Inês Pandelô

Prefeitura de Casimiro de Abreu e Autopista Fluminense chegam a acordo sobre o projeto de duplicação da BR-101

Posted in Casimiro de Abreu, Estado, Infraesturutura by ImprensaBR on 08/05/2013

Reunião Autopista Fluminense - Foto José Eduardo SilvaA Prefeitura de Casimiro de Abreu e a Autopista Fluminense chegaram a um acordo sobre a alteração do projeto de duplicação da BR-101, no trecho do município. O prefeito Antônio Marcos e o superintendente da concessionária, Alberto Gallo se reuniram nesta terça-feira, dia 7. As alterações vão depender de aprovação da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). Um novo encontro acontece dia 15, em Brasília.

Participaram da reunião o vice-prefeito Zedequias da Costa, o secretário de Obras, Luiz Augusto Peres e os vereadores João Medeiros, Odino Miranda, Eliezer Crispim, Rafael Jardim, Bitó e Juninho. Em pauta, a aprovação do projeto detalhado feito pela Secretaria de Obras e Serviços Públicos de Casimiro de Abreu. O prefeito Antônio Marcos pediu agilidade na apreciação do projeto municipal.

— Nós estamos tratando de um assunto extremamente importante para todos os moradores, independentemente da preferência partidária. Não podemos fazer política com um assunto sério como este. Do jeito que foi apresentado o projeto original, isso irá prejudicar muitos cada cidadão se continuar mantido — pontuou o prefeito.

O projeto original prevê que motoristas do bairro Industrial que seguem em direção ao Centro de Casimiro tenham que se deslocar mais de dois quilômetros. Apenas uma passarela para contemplar pedestres está prevista para ser construída próxima à estação rodoviária. Em 2009, a Prefeitura teve conhecimento detalhado sobre o projeto das obras de duplicação, e o prefeito Antônio Marcos vem enviando ofícios e realizando reuniões com a concessionária Autopista e a ANTT para sugerir mudanças no projeto.

— Temos alguns pontos importantes para discutir com relação ao trecho urbano de Casimiro de Abreu e ao trevo do quilômetro 190, em Rio Dourado. Precisamos chegar em Brasília, na Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, e obter uma decisão definitiva quanto à estas modificações. A licença ambiental já foi liberada e a partir de agora temos prazo para concluir a obra. Queremos incluir cinco novos trevos no trecho de Casimiro de Abreu — disse Alberto Gallo.

A comitiva casimirense conheceu detalhes de cada trevo e acessos que serão construídos ao longo da rodovia. “Vale ressaltar que as propostas de adaptação do projeto partiram da Prefeitura, através de estudos técnicos da Secretaria de Obras. Queremos incluir estas modificações no Programa de Exploração da Rodovia (PER), que é um documento público que fica disponível no site da ANTT, já a partir do próximo ano. São alterações significativas e que irão atender a sociedade. Com o início das obras de duplicação, a previsão de conclusão é de dois a três anos”, citou superintendente da Autopista Fluminense.

Na próximo dia 15, haverá uma audiência na sede da ANTT, em Brasília, com a presença do prefeito Antônio Marcos, vereadores e representantes da concessionária que administra a BR-101 para apresentarem as alterações do projeto. “Todos os nossos esforços são para aprovar estas modificações. Considero que 80% dos problemas serão resolvidos”, mencionou Gallo.

Outras readequações do projeto original de duplicação da BR-101 foram sugeridas nas área dde Professor Souza, Boa Esperança, Rio Dourado, Banana Passa e Aldeia Velha.     “Não queremos que os cidadãos casimirenses arquem com o ônus, tal como aconteceu com a praça de pedágio. Isto dificultou o direito de ir e vir dos moradores dentro do próprio município. Este encontro foi satisfatório e esperamos ter mais êxito em Brasília”, concluiu Antônio Marcos.

Secom Casimiro de Abreu
Tagged with:

Comentários desativados em Prefeitura de Casimiro de Abreu e Autopista Fluminense chegam a acordo sobre o projeto de duplicação da BR-101

Na ordem do dia, na Alerj, duas matérias que despertaram nosso interesse: Violência contra a mulher e Patrimônio Imaterial

Posted in Cidadania, Cultura, Estado by ImprensaBR on 08/05/2013

Volta à pauta sistema de informações sobre violência contra a mulher

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) votará nesta quarta-feira (08/05), em segunda discussão, o projeto de lei 1.757/12, que institui a política estadual para o Sistema Integrado de Informações de Violência contra a Mulher no estado, que ganhará o nome de Observa Mulher-RJ. O sistema irá organizar e analisar dados sobre atos de violência praticados contra as mulheres, assim como promover a integração entre os órgãos que fazem atendimento à mulher vítima de violência. A proposta é da deputada Inês Pandeló (PT). “Só há políticas públicas quando há registro, informações que deem embasamento às ações. Há muitas instituições recebendo denúncias, mas não há compilação de dados. É isso que este projeto propõe”, explica a parlamentar.

Entre os objetivos da política estão a convergência de ações entre órgãos públicos que atendem mulheres vítimas de violência, padronização e integração do sistema de registro e armazenamento das informações, criação de cadastro eletrônico com dados da vítima e do agressor e ocorrências registradas, entre outros.

Projeto conceitua Patrimônio Imaterial

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) votará nesta quarta-feira (08/05), em segunda discussão, o projeto de lei 2.985-A/10, que conceitua o Patrimônio Imaterial, instrumento através do qual é possível se registrar formas de expressão, modos de criar e criações artísticas. Diz o texto, que é assinado pelo deputado Coronel Jairo (PSC), que, uma vez declarado Patrimônio Imaterial, o bem será protegido através de seu registro pelo Poder Público em livros próprios. “Ao reconhecer e difundir os elementos de sua identidade cultural, os próprios cidadãos poderão contribuir para o desenvolvimento de sua comunidade e promover a autoestima coletiva”, sugere o autor.

Comentários desativados em Na ordem do dia, na Alerj, duas matérias que despertaram nosso interesse: Violência contra a mulher e Patrimônio Imaterial

Duplicação da BR-101 Norte começou hoje. Os 70 quilômetros novos levarão quatro anos para serem concluídos

Posted in Estado, Infraesturutura, Meio Ambiente, Região by ImprensaBR on 25/04/2013

LB

Com certeza a notícia da semana para toda a Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, é o início, hoje, das obras de duplicação da BR-101, em seu trecho Rio Bonito – Casimiro de Abreu.

Depois de cinco anos, o projeto finalmente teve o licenciamento ambiental emitido pelos órgãos competentes, e as obras de duplicação dos 70,9 quilômetros da importante rodovia que liga o Sudeste ao Norte do Brasil começaram. Hoje, a Autopista Fluminense, concessionária do trecho em questão, iniciou as obras para a construção de mais quatro faixas de rolamento e acostamentos na rodovia. O custo das obras é de R$ 320 milhões, aproximadamente, e a previsão de sua conclusão é fevereiro de 2017.

Hoje, a rodovia tem apenas uma faixa de rolamento em cada sentido e, segundo dados do DER RJ, seu movimento chega a 16 mil veículos por dia.

Licença ambiental demorou cinco anos para ser emitida

As obras tiveram início hoje de manhã no km 194,2, próximo ao trevo de acesso a Rio Dourado, em Casimiro de Abreu. Mais adiante, cumprindo o calendário da obra, em Rio Bonito, será montado um outro canteiro de obras.

No dia 5 de abril, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade se manifestou favorável à duplicação da BR-101 Norte e as atividades licenciadas pelo Ibama, que saíram no primeiro dia do mês.

O projeto de duplicação prevê a construção de uma nova pista, paralela à existente, com duas faixas de rolamento em cada sentido, mais acostamentos, além da implantação de sinalização horizontal (no chão) e vertical (placas). Haverá também dispositivos de segurança, como barreiras de concreto e defensas metálicas. Serão construídos ainda oito trevos em desnível (viadutos) e 11 pontes. As obras vão gerar cerca de 400 empregos diretos, e a mão de obra local terá prioridade.

A duplicação da BR-101 Norte é a obra mais importante do contrato de concessão firmado entre a Autopista Fluminense e a Agência Nacional de Transportes Terrestres. Segundo o Programa de Exploração da Rodovia, ao todo serão duplicados 176,6 quilômetros — do km 84,6 (Campos) ao 261,2 (Rio Bonito).

Trecho Macaé – Campos já está em andamento

O trecho entre Campos e Macaé já está em andamento. Cerca de 400 operários trabalham na duplicação dos 42 quilômetros. Entre o km 132 (Carapebus) e o 144 (Macaé), o trecho já está pavimentado e, segundo a empresa, em breve serão implantados os dispositivos de segurança e a sinalização. Entre o km 102 e o 131, estão sendo feitos serviços de terraplenagem e construídas duas pontes. Já o trecho entre Macaé (km 144) e Casimiro de Abreu (km 190) ainda está em fase de licenciamento ambiental.

A rodovia recebe diariamente cerca de quatro mil caminhões e carretas, que escoam por ali a maior parte da produção agrícola que vem do Nordeste e do Espírito Santo.

Grifo nosso – O que ninguém está comentando nos jornais e nas ruas das cidades da região por onde a obra vai passar é o longo prazo que a licença ambiental da obra demorou para ser emitido e que a mesma terá apenas cerca de 17 quilômetros concluídos a cada ano, até sua data conclusão, 2017!!!

Deputado federal pelo PMDB, o macaense Adrian Mussi, irmão do ex-prefeito Riverton Mussi, hoje, em seu primeiro mandato no Congresso Nacional, já está de olho na campanha para as eleições do ano que vem. Em seu discurso proferido ontem no congresso, ele afirmou ter ido muitas vezes ao IBAMA e a ICMbio para tentar a liberação da licença ambiental da BR-101 e trouxe para si os louros da tão aguardada liberação da mesma. Depois de afirmar em primeira pessoa que ficava feliz por ter conseguido essa licença “e tornado esse sonho realidade”, Adrian disse que estaria presente hoje em Casimiro de Abreu na inauguração da obra da rodovia.

Foto: LB. BR-101 Macaé – Casimiro de Abreu

Comentários desativados em Duplicação da BR-101 Norte começou hoje. Os 70 quilômetros novos levarão quatro anos para serem concluídos

Aprovados no 6º Concurso Público de Rio das Ostras fazem manifestação pública no Rio de Janeiro

Posted in Cidadania, Coluna do Servidor, Educação, Estado, Rio das Ostras by ImprensaBR on 19/04/2013

Nesta quarta-feira, dia 17 de abril, os aprovados no 6º Concurso Público de Rio das Ostras fizeram novo protesto. Desta vez, no Rio de Janeiro junto ao Ministério Público e à Assembleia Legislativa (ALERJ).

Diante do impasse causado pela “anulação” do concurso, com a edição do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) feito em conjunto entre a Prefeitura de Rio das Ostras e o Ministério Público de Macaé, os concursados prosseguiram na luta pela chamada dos aprovados.

No Ministério Público, uma comissão foi recebida para expor o problema e solicitar esclarecimentos para uma solução satisfatória do caso, já que a “anulação” pura e simples não contempla e não é aceita pelos concursados.

Portando faixas e cartazes com críticas ao Prefeito Sabino, os manifestantes passaram a tarde em frente ao Ministério Público, chamando a atenção da população e dos vários funcionários que trabalham nas redondezas.

Digno de nota é que o movimento recebeu novas adesões, especialmente entre aqueles que trabalham na Capital ou próximo, dando mais força e visibilidade ao movimento, que está longe de recuar. Pelo contrário.

Esse movimento reivindicatório, legítimo e pacífico, poderia ter sido evitado com a chamada dos aprovados, uma vez que o concurso estava homologado. Agora tornou-se uma verdadeira “pedra no sapato” do atual Prefeito que, ao que parece, não conseguiu sentar na sua cadeira de trabalho para tocar a  gestão e tentar tirá-la da paralisia.

Para piorar o quadro, a imprensa local, que mais parece “sucursal” da imprensa oficial, prega factóides de “realizações” para fazer crer junto aos incautos que não existe essa paralisia dos serviços e imobilismo da máquina pública municipal.

Enquanto isso, avolumam-se os processos judiciais para cobrar das autoridades soluções adequadas, uma vez que não só os concursados estão prejudicados nos seus direitos, mas também a população riostrense, que carece de bons serviços públicos. Sem falar nos segmentos mais necessitados das periferias, que continuam na rua da amargura.

Na Assembleia Legislativa (ALERJ), o grupo de manifestantes se distribuiu para fazer visitas aos gabinetes dos deputados estaduais, tendo sido recebidos por alguns, que chegaram a indicar agendamento de reuniões para os próximos dias.

Mais uma vez, chamaram a atenção dos transeuntes com suas faixas e cartazes alusivos ao ato público, que começou nas escadarias da ALERJ e continuou nos balcões superiores, no interior do prédio.

O fato chamou também a atenção de deputados, que mesmo em meio às votações de rotina, sinalizaram com apoio ao movimento. Ponto alto, foi a intervenção de uma deputada que pediu a palavra, especialmente, para fazer alusão à presença dos concursados indignados com tamanha injustiça que sofrem nas mãos do Prefeito Sabino.

A referida deputada chegou a lembrar, em plenário e ao microfone, que quando estava naquela Casa o então deputado Sabino se mostrou um defensor dos servidores e dos serviços públicos. A  deputada estranhava agora  essa repentina mudança, tanto de discurso, quanto de prática.

Finalizou, colocando-se à disposição dos manifestantes. Logo a seguir, durante seu pronunciamento no parlatório, uma outra deputada também se solidarizou com a causa.

Outro fato diz respeito à presença no local da equipe humorística de televisão conhecida por “CQC”, que fazia matéria com os deputados. Os concursados tiveram acesso à equipe, que parece ter ficado interessada pelo caso sui generis de Rio das ostras, e ficaram de acertar uma entrevista para ser levada ao público da televisão.

Como já dito em outras ocasiões, o Sepe reitera que esta polêmica do 6º Concurso se trata da continuidade da luta político-eleitoral em Rio das Ostras. E quem mais perde são os setores mais pobres e necessitados de serviços públicos essenciais como Saúde, Educação, Saneamento e Segurança. E que sem a chamada urgente dos concursados, tendem a piorar.

Até o momento, toda esta polêmica tem servido para mostrar que Rio das Ostras não é mais aquela “cidadezinha” que cabia no bolso de alguns poderosos, que tudo podiam. O Brasil mudou, e a consciência de seu povo também,  mais madura e exigente. Agora, política, somente com ética. Mas, para isso se consolidar, a fórmula continua sendo a luta. Muita luta.

Fonte: Sepe Rio das Ostras e Casimiro de Abreu

Comentários desativados em Aprovados no 6º Concurso Público de Rio das Ostras fazem manifestação pública no Rio de Janeiro

Conservação e Preservação do acervo da Hemeroteca do Solar dos Mellos

Página da Hemeroteca Digital de Macaé

Comentários desativados em Conservação e Preservação do acervo da Hemeroteca do Solar dos Mellos

Assembleia da rede estadual decide pela manutenção do estado de greve e por nova paralisação no dia 8

Posted in Cidadania, Coluna do Servidor, Educação, Estado, Rio das Ostras by ImprensaBR on 18/04/2013

Assembleia da rede estadual decide pela manutenção do estado de greve e por nova paralisação no dia 8

Centenas de profissionais compareceram hoje à assembleia da rede estadual de educação. Nela ficou decidido que haverá uma nova paralisação, dessa vez de 24 horas, no dia 08 de maio (quarta-feira). No mesmo dia será realizada uma assembleia às 10h  (local a confirmar) para decidir os rumos do movimento. Após a Assembleia haverá uma passeata dos profissionais de educação até o Palácio Guanabara.

Fonte: Sepe RJ

Conheça a atuação do Núcleo visitando nosso blog: seperiodasostrascasimiro.blogspot.com.br

Diretoria do Sepe Núcleo Rio das Ostras e Casimiro de Abreu

Comentários desativados em Assembleia da rede estadual decide pela manutenção do estado de greve e por nova paralisação no dia 8

Choro pode ganhar Centro de Referência

Posted in Cultura, Estado, Estereofonia by ImprensaBR on 16/04/2013

LB

A Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa do Rio de janeiro (Alerj) realizará, amanhã, às 14h, no Auditório Nelson Carneiro, uma audiência pública para discutir as políticas de apoio ao ‘chorinho’ no âmbito do estado.

Na pauta está a construção de um Centro de Referência de Choro. No evento também serão entregues Moções de Congratulações e Aplausos a nomes e entidades que contribuíram para o desenvolvimento do gênero musical no país. O Choro é considerado o primeiro gênero musical urbano do Brasil.

Foram convidados para a audiência o secretário de Estado de Educação, Wilson Risolia; o superintendente de Cultura e Sociedade da Secretaria de Estado de Cultura, Marcos André Carvalho; o secretário municipal de Cultura, Sérgio Sá Leitão, a secretária municipal de Educação, Claudia Costin e o representante do grupo 100% Suburbano, Mauro de Nazareth, além dos músicos Maurício Carrilho e Luciana Rabello. 

Enquanto isso… em Rio das Ostras, permanece minha indagação feita ontem neste jornal, abaixo da foto do Coletivo Só Pra Moer tocando na festa de 21 anos da cidade: Volta ou não volta a Roda Rio de Choro, no quiosque da Tia Maria?

Comentários desativados em Choro pode ganhar Centro de Referência

Parabéns Rio das Ostras!

Posted in Cidade, Editorial, Estado, Região, Rio das Ostras by ImprensaBR on 10/04/2013

069_pb

Hoje minha terra amada completa sua maioridade… 21 aninhos… Rio das Ostras, de tapera à cidade vanguarda, cidade-esperança… cidade de todos que vem em busca de um sonho: o de uma vida mais justa e mais digna.

Os desafios são inúmeros, afinal a cidade cresce em termos populacionais, mas nem sempre este crescimento se vê também no mercado de trabalho, na infraestrutura em áreas básicas, como saneamento, distribuição de água encanada, saúde, educação, acesso à cultura, segurança…

Mudam governos, ficam os moradores; os verdadeiros ‘homens’ que, cotidianamente, ajudam a construir esta NOVA cidade com o suor do ser trabalho.

Salve o mascate da praia, o vendedor de bolas, o cara que conserta bicicleta, o moço da água de coco, as mulheres que recolhem latinhas de alumínio, o pessoal da construção civil… salve o servidor público honesto, que não usurpa o erário, salve o veranista, que há 21 anos paga em dia seu IPTU… salve os alunos, professores e servidores do PURO – ‘a gente’ que deu nova cor e inteligência a Riodas… salve Nossa Senhora da Conceição! Salve a TERRA dos peixes que encantou Dorival! Salve Rio das Ostras, minha cidade amada!!!!

Parabéns a teu povo guerreiro por esses 21 anos de muita luta!!! Há muito ainda para ser feito! E eu não fujo à luta!

…E as eleições pra deputado estadual vem aí, meu povo hehehehe… dorme não, menina!

Comentários desativados em Parabéns Rio das Ostras!

Metodologia do Mapa da Cultura é exposta em reunião do Fórum

Posted in Cidadania, Cultura, Estado by ImprensaBR on 02/04/2013

METODOLOGIA DO MAPA DA CULTURA É EXPOSTA EM REUNIÃO DO FÓRUM

A Câmara Setorial de Economia Criativa do Fórum Permanente de Desenvolvimento Estratégico do Estado do Rio de Janeiro se reuniu nesta segunda-feira (01/04) na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) para apresentação da metodologia utilizada para a criação do Mapa de Cultura do estado. O mapa utiliza como base de dados o Mapa de Cultura do Estado do Rio de Janeiro produzido pela Secretaria de Estado de Cultura em parceria com a Petrobras, e já disponível na rede. O trabalho é realizado em parceria com o Instituto de Geografia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), através do professor Glaucio Marafon.

Na apresentação, Marafon explicou que apesar dos dados terem sido coletados a partir do trabalho anterior, haverá uma complementação destas informações, como é o caso dos contatos das secretarias de Cultura dos 92 municípios. Cada um deles será classificado e dividido em regiões por sua vocação principal. “A classificação abrange questões como presença de aparatos culturais como centros e palácios históricos, museus, feiras culturais, além de bens imateriais separados em saberes, expressões e vocações para a produção e comércio”, afirmou Marafon.

Segundo a secretária-geral do Fórum, Geiza Rocha, o mapa de cultura é essencial para a orientação por parte dos municípios e do estado na hora de decidir investimentos na área. “A ideia de você ter um retrato de como a cultura ocorre nos 92 municípios dá uma base de informações para decidir o que é importante e onde se deve investir. Mas, além disso, esse trabalho se mostra importante ao divulgar as manifestações culturais em diferentes pontos do estado”, frisou. O mapa faz parte do projeto Cadernos do Fórum, que inclui a o Caderno de Turismo e o de Esportes, que depois de lançados foram disponibilizados para os secretários municipais das pastas.

Texto de Fábio Peixoto
Ascom Alerj

Comentários desativados em Metodologia do Mapa da Cultura é exposta em reunião do Fórum

Reunião da Câmara Setorial de Economia Criativa do Fórum Permanente de Desenvolvimento Estratégico

Posted in Cultura, Estado by ImprensaBR on 31/03/2013

Fórum debaterá Mapa Cultural do Estado do Rio de Janeiro

LB

Acontece amanhã (01/04), às 10h, na sala 311 do Palácio Tiradentes, a segunda reunião da Câmara Setorial de Economia Criativa do Fórum Permanente de Desenvolvimento Estratégico.

O encontro servirá para a apresentação da metodologia de pesquisa utilizada para a criação do Mapa de Cultura do Estado do Rio, pelo professor do Departamento de Geografia da Uerj, Glacio Marafon. “Com a realização desse mapa, a câmara setorial dá prosseguimento ao objetivo estabelecido lá no início de seu trabalho em 2010, de trabalhar com conteúdos que possam servir como inspiração para que gestores e o poder público possam tomar as melhores decisões”, explica a secretária-geral do Fórum, Geiza Rocha.

Comentários desativados em Reunião da Câmara Setorial de Economia Criativa do Fórum Permanente de Desenvolvimento Estratégico

Escolas estaduais de Rio das Ostras iniciam greve, aderindo ao movimento deliberado ontem após assembleia no Rio

Posted in Cidadania, Coluna do Servidor, Educação, Estado, Notas, Região, Rio das Ostras by ImprensaBR on 22/03/2013

LB

O Sepe Núcleo Rio das Ostras e Casimiro de Abreu decidiu aderir ao movimento de greve em consonância com o Sepe (Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação) Rio de Janeiro, depois da assembleia de ontem. Toda a rede estadual de ensino do estado está em greve a partir de hoje, 22 de março.

Outra deliberação feita pela categoria foi a escolha das datas de 16, 17 e 18 de abril para uma ‘greve de advertência’.

No dia 18 de abril, a partir das 10h00, haverá uma assembleia geral no Clube Municipal (Rua Haddock Lobo 243, Tijuca, Rio de Janeiro) para serem definidos os rumos do movimento.

Comentários desativados em Escolas estaduais de Rio das Ostras iniciam greve, aderindo ao movimento deliberado ontem após assembleia no Rio

Rede estadual de ensino para hoje no Rio de Janeiro

Posted in Coluna do Servidor, Educação, Estado, Rio das Ostras by ImprensaBR on 21/03/2013

Sepe realizará assembleia na ABI para decidir se categoria entrará em estado de greve. Sepe Rio das Ostras e Casimiro de Abreu estará presente 

Os professores e funcionários das escolas da rede pública estadual farão uma nova paralisação de 24 horas nesta quinta-feira. Neste dia, a partir das 11h, a categoria fará uma assembleia na ABI (Rua Araújo Porto Alegre 71 – 9º andar – Centro) para discutir se a rede estadual entrará ou não em estado de greve (prontidão para realização de uma paralisação por tempo indeterminado) a partir de quinta-feira. Caso o governo não abra as negociações, a rede estadual poderá parar por tempo indeterminado.

Depois da assembleia, a partir das 14h, os profissionais participarão de uma marcha em defesa da educação, organizada por estudantes e por integrantes do Fórum em Defesa da Escola Pública (FEDEP) com início na Candelária e término nas escadarias da Alerj. Na escadaria da Alerj será realizada aula pública, com a participação de professores e alunos da rede estadual; um dos temas será: o governo Cabral utiliza os royalties do petróleo na educação do estado? Também na aula, será lembrada a morte do estudante Edson Luís, morto pela ditadura militar em 28 de março de 1968, em uma manifestação de estudantes no Rio.

Sepe vai solicitar intermediação do TJ para que governo estadual abra negociações:

A diretoria do Sepe vai pedir uma audiência com a presidente do Tribunal de Justiça do Rio, desembargadora Leila Mariano, para informar que desde o ano passado o sindicato pede a criação de uma mesa de negociação com o governo do estado para discutir as reivindicações da categoria, cuja campanha salarial de 2013 foi iniciada no mês de fevereiro. No entanto, até agora o governo não respondeu aos pedidos do Sepe.

Na audiência, o Sepe também vai mostrar à desembargadora a situação dos funcionários administrativos das escolas, que estão sendo removidos arbitrariamente de seus locais de trabalho e substituídos por funcionários terceirizados.

O Sepe oficiou a Secretaria Estadual de Educação (Seeduc) e o Palácio Guanabara, pedindo a abertura das negociações, tendo como base as seguintes reivindicações:

1) Cinco salários mínimos de piso (R$ 3 mil) para o magistério e 3,5 salários (R$ 2 mil) para os funcionários administrativos;

2) Combate ao Plano de Metas da SEEDUC e, também, ao Projeto “Certificação” dos professores;

3) 30 horas para funcionários administrativos já;

4) 1/3 de carga horária para planejamento de aulas para o professor;

5) Uma escola, uma matrícula para o professor.

Comentários desativados em Rede estadual de ensino para hoje no Rio de Janeiro

UFF abre inscrição para concurso para docentes. Há vagas para Rio das Ostras

Posted in Brasil, Coluna do Servidor, Educação, Estado, Rio das Ostras, Trabalho e Renda by ImprensaBR on 20/03/2013
A partir das 12h do dia 15 de março estarão abertas as inscrições para concursos de docentes da Universidade Federal Fluminense. Professores podem concorrer a vagas em 42 áreas de diversas unidades e polos da UFF. As inscrições vão até às 24h do dia 11 de abril e serão submetidas a julgamento. Caso a inscrição seja indeferida, o candidato pode recorrer enviando recurso ao seu departamento de ensino até o dia 16 de abril. As informações estão disponíveis no edital de número 20/2013 do “Diário Oficial da União”.
Os interessados devem primeiro se cadastrar no Sistema de Coordenação de Pessoal Docente (CPD) pelo site https://sistemas.uff.br/cpd. Depois do cadastro é preciso realizar o login no mesmo endereço e informar o CPF e a senha escolhida realizando, em seguida, as etapas do formulário. Para a inscrição são necessárias cópia digitalizada do comprovante de titulação exigida, cópia do currículo, que deve ser preferivelmente “Curriculum Lattes”, e cópia da GRU paga.
É preciso também pagar uma taxa de inscrição que é variável: para o cargo de Professor Auxiliar em regime de trabalho de 40 horas com dedicação exclusiva é cobrada uma taxa de R$ 220. Já para o cargo de Professor Auxiliar em regime de trabalho de 20 horas semanais o valor é de R$ 75. Estão isentos do pagamento da taxa de inscrição candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e aqueles que forem membros de família de baixa renda.
Além do edital 20/2013, que traz na íntegra todos os requerimentos e normas do concurso, também estão disponíveis no Diário Oficial o edital de processo seletivo simplificado para professores substitutos e os aditamentos aos editais: nº 320/2011; nº 153/2012; nº 168/2012 e nº 197/2012 todos datados de 13 de março deste ano.
Ao todo, os concursos selecionarão professores para vinte áreas da unidade de Niterói, cinco para a unidade de Macaé, seis para o polo de Campos dos Goytacazes, quatro para o polo de Rio das Ostras, um para o polo de Santo Antônio de Pádua, e seis para o polo de Volta Redonda. A lista completa das áreas, departamentos e datas das provas pode ser conferida abaixo:
–> Lista completa das áreas em www.noticias.uff.br/noticias/2013/03/concursos-inscricoes-15_03_13.pdf.
–> Edital 20/2013 e aditamentos dos editais em www.noticias.uff.br/noticias/2013/03/editais-e-aditamentos_concurso-de-docente.pdf.
Ascom UFF

Comentários desativados em UFF abre inscrição para concurso para docentes. Há vagas para Rio das Ostras

SEPE Rio das Ostras e Casimiro de Abreu participará da Assembleia Geral que a entidade realizará nesta quinta-feira, na ABI

Posted in Coluna do Servidor, Educação, Estado, Rio das Ostras by ImprensaBR on 20/03/2013
Leonor Bianchi

 

O Sepe Núcleo Municipal de Rio das Ostras e Casimiro de Abreu participará da Assembleia Geral que a entidade sindical dos professores da rede de estadual de educação fará nesta quinta-feira, 21 de março, às 11 horas, na Associação Brasileira de Imprensa (ABI). O Núcleo disponibilizou transporte, mas as demandas apenas puderam ser aceitas até ontem.

O SEPE rio das Ostras e Macaé aproveitam para convocar todos os da categoria para a reunião, que terá a seguinte pauta:

R$ 3mil para o magistério e R$ 2 mil para funcionários (5 salários mínimos para professores e 3,5 salários mínimos para funcionários).

Plano de Carreira Unificado com paridade para aposentados, incluindo professores indígenas.

– Eleição para a direção das escolas.

– Um terço da carga horária para planejamento.

– Uma matrícula, uma escola!

Após, Aula Pública na ALERJ e participação na Marcha do FEDEP.

Comentários desativados em SEPE Rio das Ostras e Casimiro de Abreu participará da Assembleia Geral que a entidade realizará nesta quinta-feira, na ABI

Agentes culturais de Macaé elegem diretoria para o Conselho Municipal de Cultura

Posted in Brasil, Cidadania, Cultura, Estado, Macaé, Notas, Região by ImprensaBR on 14/03/2013

Dilma Negreiros (conselheira representante do Centro Integrado de Estudos do Movimento Hip Hop (CIEMH2)), Marcos Kuika (representante da Usina de Fomento Cultural) – 2° Secretário, Jones Rodrigues (representando a Associação de Músicos, Bandas e Entretenimentos de Macaé (AMUBAE)), Paulo de Tarso Peixoto (Vice-Presidente da Fundação Macaé de Cultura) – Presidente, Gilberto Alves – Vice-Presidente, Rúben Pereira (represente da vice-presidência de Acervo e Patrimônio Histórico da Fundação Macaé de Cultura) – 1◦ Secretário, e Raul Lavour (conselheiro representante da Missão Kerigma).

Por ErrePê*

Construído com a colaboração dos agentes culturais de Macaé (RJ), o Conselho Municipal de Cultura (gestão 2013 – 2014) foi eleito, ontem, numa Assembleia Ordinária, da qual saiu a seguinte chapa única, aclamada pelos presentes:

Paulo de Tarso Peixoto – Presidente

Gilberto Alves – Vice-Presidente

Rúben Pereira – 1◦ Secretário

Marcos Kuika – 2° Secretário

O Conselho Municipal de Cultura de Macaé foi criado em 2012 e sua primeira diretoria fez um “mandato tampão”, que terminaria em 31 de dezembro de 2012, mas foi mantido até ontem, quando a nova diretoria foi eleita para o biênio 2013 – 2014.

O Conselho Municipal de Cultura de Macaé surgiu de uma luta de muitos anos dos agentes culturais da cidade e tem como finalidade colaborar com a construção das políticas públicas municipais do setor.

Um ganho para toda a cidade que poderá ter em curto prazo um Plano Municipal de Cultura realmente discutido com os representantes das diversas vertentes culturais, integrantes da paisagem cultural local.

*Editor do Caderno de Cultura de O Polifônico 

Comentários desativados em Agentes culturais de Macaé elegem diretoria para o Conselho Municipal de Cultura

Cartão do bem ou cartão do mal?

D20071218_H152710_ID7271

Mudou o ano, mudou o governo, mas a política populista parece nunca ter estado tão forte e consolidada em Rio das Ostras.

Uma semana antes do Carnaval, o novo-velho prefeito da cidade, Alcebíades Sabino, concedeu o beneficio chamado ‘Cartão do Bem’ para 2.600 moradores de Rio das Ostras. A política de assistencialismo não é de hoje no rico município de moradores pobres e vem seguida de outras tantas como você lerá ao final desta matéria.

Para quem não lembra, ou para os novos moradores que nem sabem do fato, o benefício ‘Cartão do Bem’ foi criado em 2007 pelo antigo prefeito do PMDB Carlos Augusto Baltazar (2005 – 2008 e 2009 – 2012 à frente da Prefeitura de Rio das Ostras) como substituição à Cesta Básica dada pela Secretaria de Bem-estar Social. Era para ser destinado a moradores com renda per capita de, no máximo, um salário mínimo.

Quando foi criado, o Cartão causou muita indignação entre os munícipes mais esclarecidos pelo fato de aquele ser um ano que antecedia as prévias eleitorais e a criação de uma lei municipal estabelecendo transferência de renda para cerca de 10 mil pessoas soava como compra de votos à luz do dia. Na época, o cidadão tinha a possibilidade de retirar o dinheiro no Banco do Brasil ou então fazer compras utilizando-o como cartão de débito em qualquer estabelecimento que aceitasse o pagamento com Visa Electron. Os comerciantes não precisavam fazer nenhum tipo de cadastro para participar do programa.

Este ano, antes do Carnaval, Sabino fez um mutirão envolvendo 150 servidores da prefeitura para refazerem o cadastro dos beneficiários antigos e incluir outros novos para ganharem mensalmente do governo municipal a quantia de R$ 100,00, mesmo valor dado em 2007 para os beneficiários.

A cidade, que vive hoje uma explosão populacional, precisa de fortes investimentos em infraestrutura, saúde, educação, habitação, qualificação profissional e inovação em ciência e tecnologia. Porém, o que vemos é a perpetuação de uma política arraigada ao populismo e na dependência do indivíduo para com o Estado, que ao invés de viabilizar formas para que ele – cidadão – trabalhe, oferece-lhe benefícios em dinheiro, em troca de popularidade e quem sabe, de sua continuidade no governo para além desta nova-velha gestão que acaba de começar. Acaba de começar e já disse a o que veio…

Não fossem os R$ 100,00 de mesada que Sabino está dando para quase 3 mil moradores de Rio das Ostras, mais uma medida populista foi anunciada na semana passada: a construção – em parceria com a construtora mais denunciada nos últimos anos no Brasil, MRV – de casas populares na cidade. Mas esta ação populista será a pauta de outra matéria.

 

Comentários desativados em Cartão do bem ou cartão do mal?

Prefeito e vereadores eleitos em Rio das Ostras são diplomados

Posted in Brasil, Cidade, Editorial, Eleições 2012, Estado, Macaé, Notas, Política, Rio das Ostras by ImprensaBR on 19/12/2012

O Polifônico tem mudado paulatinamente seu viés editorial de política para cultura, arte, educação e meio ambiente. Ainda assim, interessa-nos registrar momentos importantes da vida política de Rio das Ostras, nossa principal praça (hoje) de atuação. Por isso, só por isso, posto agora algumas imagens do dia de ontem em Rio das Ostras… a diplomação do prefeito eleito para a gestão 2013 – 2016, Alcebíades Sabino, dos vereadores e suplentes que legislarão no período.

Não farei análise dos fatos, por hora, vou deixar os fatos falarem por si.

Gravei um vídeo, editei, mas nada dessas plataformas online aceitarem um curta em HD de 20 minutos. Demora muito e preciso ir à outra diplomação hoje, a do prefeito eleito em Macaé, Aluizio.

Sobre a diplomação de Sabino, vi sim a Câmara lotada como vi ontem em uma única ocasião nesses nove anos de imprensa local; em 2006 quando Cabral esteve em Rio das Ostras para a assinatura da primeira parceria público privada do Brasil para a área de saneamento básico. Esse mesmo povo que marcou presença ontem na diplomação dos próximos administradores, legisladores, gestores de Rio das Ostras, serão os mesmos a exigir que a cidade funcione nos próximos anos. Bem, assim espero…

diplomação sabino 019

diplomação sabino 001

rio macae diplomação sabino 037

rio macae diplomação sabino 039

Comentários desativados em Prefeito e vereadores eleitos em Rio das Ostras são diplomados

São Pedro da Serra ganha novo espaço de cultura

casa_da_mata_atlanticaFoi inaugurada, no dia 1 de novembro, a Casa Cultural Mata Atlântica. A Casa fica em São Pedro da Serra, Nova Friburgo e está aberta com uma extensa programação cultural.

Na Casa funciona o Empório Mata Atlântica com seu restaurante e a venda de produtos orgânicos, vinhos, pães e bolos integrais, compotas, conservas, cachaças de todo o Brasil e cervejas artesanais. Ainda na lojinha do Empório, podem ser encontrados artigos de vestuário feitos por artesãos de Nova Friburgo, artesanatos brasileiros e uma livraria especializada em história regional e meio ambiente.

Na última semana do ano (data a confirmar) acontecerá uma roda de choro com grandes instrumentistas. Além da música, a programação se estende ao cinema com o Cineclube Mata Atlântica, que realiza sessões aos sábados e domingos com entrada franca (acompanhe a programação do Cineclube através da fan page da Casa).

Videoteca Cinema Popular Brasileiro

A Casa Cultural Mata Atlântica guarda o acervo da Videoteca Cinema Popular Brasileiro. São centenas de títulos que podem ser assistidos na própria Casa, nas sessões do Cineclube ou em sessões pré-agendadas.

Os filmes da Videoteca podem ser solicitados para exibições em associações de diversas naturezas, escolas públicas e projetos de diversas naturezas. Para solicitar algum título é necessário enviar um e-mail para a Casa.

A Casa recebe reservas para hospedagem e camping.

Para saber mais sobre a Casa Cultural Mata Atlântica, acesse http://www.facebook.com/pages/Casa-Cultural-Mata-Atl%C3%A2ntica/458669617502689, ou mande um e-mail para casaculturalmataatlantica@gmail.com

Comentários desativados em São Pedro da Serra ganha novo espaço de cultura

Segue online a 9a Mostra Cinema Popular Brasileiro

Posted in Brasil, Cineclube Cinemofônico, Cultura, Editorial, Educação, Estado, Turismo, Videofonia by ImprensaBR on 07/11/2012

LB

Começou na quinta-feira dia 1 a 9a edição da Mostra Cinema Popular Brasileiro. Este ano a mostra acontece presencialmente em espaços culturais de São Pedro da Serra e no Sarau Monster, dia 11, em Barra de São João, e também online, através do site da mostra (www.mostracinemapopularbrasileiro.wordpress.com).

Mais um ano de sucesso e reconhecimento do público são pedrense, que na noite de sábado lotou o espaço da sala de cinema da Casa dos Saberes e aplaudiu de pé a sessão!

A 9a Mostra Cinema Popular Brasileiro é competitiva para os filmes que estão no site, e o público pode curtir através do botãozinho do Facebook os filmes que mais gostar. Os três filmes mais curtidos ganharão a tradução do roteiro para o inglês. a premiação é oferecida pela empresa BVaz Idiomas, parceira da 9a Mostra Cinema Popular Brasileiro.

A 9a Mostra Cinema Popular Brasileiro passou ainda pela Casa Cultural Mata Atlântica, na Bocaina dos Blaudts, em São Pedro da Serra, onde foi exibido no dia 1, durante a abertura da mostra, o curta-metragem dirigido por mim ‘O Povo do Cinema de Lumiar’. O filme foi gravado em 2004 e exibido naquele ano na primeira edição da mostra no vilarejo friburguense. Com depoimentos de muitos moradores tradicionais da cidadezinha, o filme é um documento importante para a memória local e ficou marcado na história de Lumiar como sendo o segundo filme a ser rodado no lugar. Nos anos 70 uma obra abordando a Coluna Prestes, que esteve ali, foi gravado em Lumiar. Depois de sua exibição em 2004, o curta O povo do Cinema de Lumiar não tinha mais sido exibido para o público local, oque transformou a sessão de abertura da 9a Mostra cinema Popular Brasileiro um momento muito especial.

Para assistir aos filmes da mostra, acesse http://www.mostracinemapopularbrasileiro.wordpress.com.

Comentários desativados em Segue online a 9a Mostra Cinema Popular Brasileiro

Grandes nomes do Choro farão Oficina em Rio das Ostras

Posted in Articulistas, Cidade, Cultura, Educação, Estado, Estereofonia by ImprensaBR on 18/10/2012

Por Rúben Pereira*

O Painel Funarte de Música Popular estará em Rio das Ostras entre os dias 05 e 11 de novembro reunindo músicos e estudantes de Música de Rio das Ostras e região para uma semana de aperfeiçoamento e aprendizado com grandes nomes da Música Brasileira.

Numa realização da FUNARTE em parceria com o Rio das Ostras C&VB serão realizadas oficinas gratuitas voltadas para a técnica e excelência artística e com o objetivo de qualificação de músicos, seu aperfeiçoamento, a intensificação dos intercâmbios com trocas de experiências e a disseminação de conhecimentos e práticas de educação musical.

As aulas serão com renomados professores da Escola Portátil de Música (www.escolaportatil.com.br).

Virão a Rio das Ostras mestres do Choro Brasileiro e grandes músicos e compositores do cenário carioca. Os músicos terão a oportunidade de aprender e aperfeiçoar conhecimentos com Mauricio Carrilho, Violão; Luciana Rabello, Cavaquinho e Apreciação Musical; Naomi Kumamoto, flauta; Pedro Amorim, Bandolim; Rui Alvim, Clarineta; Celsinho Silva, Pandeiro.

Conheça um pouco de cada Mestre Oficineiro

Mauricio Carrilho é violonista, compositor e arranjador. Integrou o seminal grupo “Carioquinhas no Choro” onde ao lado de Raphael Rabello fazia as partes de violão quando ainda tinham 14 e 16 anos respectivamente. Fez parte da “Camerata Carioca” junto de Radamés Gnatalli e tocou e arranjou para artistas como Nara Leão e Elizeth Cardoso. Em 2000 fundou a primeira gravadora dedicada ao Choro em nosso país, a Acari Records. É fundador da Escola Portátil de Música, um dos projetos de musicalização de maior sucesso em nosso país.

Luciana Rabello, cavaquinista e compositora. Irmã do gênio do violão Raphaell Rabello, falecido precocemente. Luciana tocou com todos os grandes da Música Brasileira. Durante muitos anos foi a cavaquinista mais chamada para gravações no Brasil, numa lista que vai de Chico Buarque e Maria Bethânia, passando por Nelson Sargento, Toquinho e Baden Powell. Integrou o regional “Carioquinhas no Choro” e a primeira formação da “Camerata Carioca”. É sócia de Mauricio Carilho na gravadora Acari e coordenadora da Escola Portátil de Música. É casada com o maior poeta da música Brasileira de todos os tempos, Paulo Cesar Pinheiro.

Naomi Kumamoto, natural de Kobe no Japão, Flautista, Pianista e compositora apaixonou-se pelo Choro e hoje está radicada há 10 anos no Rio de Janeiro onde leciona na Escola Portátil e toca com grandes músicos do gênero. É responsável pelo Festival de Música Brasileira em Kobe, tornando-se uma espécie de embaixatriz do Choro no Japão.

Pedro Amorim, Bandolinista, cavaquinista, violão-tenorista e compositor. Fundador de grupos como o “Nó em Pingo d’água”, Pedro Amorim é figura constante em rodas de Choro e Samba no Rio de Janeiro. Sempre se destacou por suas pesquisas acerca da obra de compositores como: Ernesto Nazareth, Luperce Miranda e Claudionor Cruz. Professor na Escola Portátil.

Rui Alvim, Clarinetista e Saxofonista, integra diversos grupos onde destaca-se o aplaudido “Água de Moringa”. Português radicado no Brasil é frequentemente chamado para gravações com grandes nomes da Música Brasileira. É professor de Saxofone na Escola Portátil de Música.

Celsinho Silva, Pandeirista, percussionista e compositor. Filho do Mestre Jorginho do Pandeiro, foi criado entre os maiores instrumentistas do país. É sobrinho do falecido Dino 7 cordas. Tocou com todos os grande da Música Brasileira numa lista infindável que vai de Orlando Silva, Marçal e Baden Powell passando por Elizeth Cardoso, Ney Matogrosso e Paulinho da viola, do qual faz parte de sua banda. Celsinho integrou os “Carioquinhas no Choro” e a Camerata Carioca”. É fundador do grupo “Nó em pingo d’água” e professor na Escola Portátil de Música.

As oficinas acontecerão entre os dias 05 e 11 novembro, com carga horário total de 40 horas e além dos músicos locais, serão selecionados músicos de outros municípios para participar, perfazendo um total de 160 músicos.

Abaixo a listagem de professores, seus respectivos instrumentos e oficinas e as vagas disponibilizadas:

Mauricio Carrilho – violão – 25 alunos

Luciana Rabello – cavaquinho – 25 alunos / apreciação musical – todos os alunos inscritos

Naomi Kumamoto – flauta – 25 alunos

Rui Alvim – saxofone – 25 alunos / clarineta – 25 alunos

Pedro Amorim – bandolim – 15 alunos

Celso Silva – pandeiro – 25 alunos / percussão – 25 alunos

Aulas práticas de conjunto – todos os alunos inscritos

As aulas serão ministradas no Centro de Formação de Música e Dança (Onda) e em outros locais a serem confirmados.

As inscrições poderão ser efetuadas através do e-mail: musica.funarte@gmail.com

É uma oportunidade imperdível de aprender e trocar experiências com músicos de alto quilate.

* Rúben Pereira é editor do Caderno de Cultura d’O Polifônico, músico, violonista de 7 cordas, integrante do Coletivo Só Pra Moer, foi aluno de Maurício Carrilho e Luciana Rabelo nas oficinas de choro na UFRJ (Lapa) na fase pré Escola Portátil, aluno fundador da escola Portátil de Música, idealizador do festival Benedicto Lacerda, do Observatório da Memória Macaense, da Roda Rio de Choro e da Maratona Cultural, é um dos diretores da Associação Rio das Artes (ACRA) e coordenador musical da Escola Livre de Comunicação e Artes. 

Comentários desativados em Grandes nomes do Choro farão Oficina em Rio das Ostras

Painel Funarte de Música Popular será realizado em Rio das Ostras

Posted in Cidade, Cultura, Estado, Estereofonia by ImprensaBR on 16/10/2012

A FUNARTE realizará em Rio das Ostras o Painel Funarte de Música Popular, uma série de oficinas gratuitas voltadas para a técnica e excelência artística que tem como objetivo a qualificação de músicos, seu aperfeiçoamento, a intensificação dos intercâmbios com trocas de experiências e a disseminação de conhecimentos e práticas de educação musical.

 Estas oficinas acontecerão entre os dias 05 e 11 novembro, com carga horário total de 40 horas e além dos músicos locais, serão selecionados músicos de outros municípios para participar, perfazendo um total de 160 músicos.

As aulas serão com renomados professores da Escola Portátil de Música (www.escolaportatil.com.br) que tem apoio da UNIRIO.

Segue listagem de professores e vagas disponibilizadas:

Mauricio Carrilho – violão – 25 alunos

Luciana Rabello – cavaquinho – 25 alunos / apreciação musical – todos os alunos inscritos

Naomi Kumamoto – flauta – 25 alunos

Rui Alvim – saxofone – 25 alunos / clarineta – 25 alunos

Pedro Amorim – bandolim – 15 alunos

Celso Silva – pandeiro – 25 alunos / percussão – 25 alunos

Aulas práticas de conjunto – todos os alunos inscritos

As aulas serão ministradas no Centro de Formação de Música e Dança (Onda) e em outros locais a serem confirmados.

As inscrições poderão ser efetuadas através do e-mail: musica.funarte@gmail.com

 

Comentários desativados em Painel Funarte de Música Popular será realizado em Rio das Ostras

ALERJ autoriza giverno a investir em saneamento na Região dos Lagos

Posted in Estado, Infraesturutura, Meio Ambiente, Região by ImprensaBR on 19/09/2012

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou nesta quarta-feira (19/09), em discussão única, o projeto de lei 1.727/12, que prevê a cessão de R$ 9 milhões pelo Governo do estado, autor do projeto, para ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário do Distrito de Praia Seca. O recurso será repassado em sete parcelas anuais, após a conclusão das obras, à concessionária Águas de Juturnaíba, que presta o serviço nos municípios de Araruama, Saquarema e Silva Jardim, na Região dos Lagos. O texto recebeu a adição de uma emenda determinando que a concessionária apresente relatório de todos os investimentos realizados.

Na mensagem que acompanha o texto, o governador Sérgio Cabral explica que a obra necessita de investimentos maiores do que os previstos inicialmente no contrato de concessão. “E de forma a garantir tanto o equilíbrio do contrato de concessão, quanto a modicidade tarifária dos serviços torna-se indispensável que as obras sejam subsidiadas pelo poder público”, argumenta. O projeto será enviado ao governador, que terá 15 dias para sancionar ou vetar o texto.

Fonte: ALERJ

Comentários desativados em ALERJ autoriza giverno a investir em saneamento na Região dos Lagos

Nota de rodapé para o Cinema Popular Brasileiro

LB

Quem conseguiu ler o post do João Rocha (ele não é meu amigo) no grupo Macaé Cine? Ele cita meu nome e eu fui excluída desse grupo. Rúben Pereira tá aqui lendo essa postagem do meu lado e os caras me excluíram em função da grita que dei semana passada, depois de tentar diálogo centenas de vezes via mensagem fechada com a Thalita, organizadora do projeto, e não obter êxito.

Era pra ser um post, mais um, quem sabe não seria levada a mais um bate bola, ops, bate boca desnecessário nesta rede…

Desnecessário, vírgula!

Aliás, pra quem só lê minhas gritas virtuais e não sabe o que há por trás delas, fique esperto e deixe de ser malicioso(a), pois estas só chegam pro universo virtual aberto, público, depois de eu ter tentado de todas as formas possíveis e imaginárias o diálogo amistoso e saudável, produtivo para todos, e isso é razoável para uma jornalista, que, como todos aqui (todos não afirmaria… tem muita gente perdida na rede ainda, e como tem!!!), tenho, e muito, o que fazer nesta encarnação além de tentar buscar o diálogo com o mundo pelas redes sociais esquizofrênicas…

Netqueta não existe! Essa moda no Brasil de não expor as pessoas pela rede é inviável com o que a rede se propõe a ser! Tem que expor mesmo! O cara luta anos pela lei da transparência no Brasil e no Facebook não admite que os antiéticos sejam revelados e expostos em suas entranhas! Que lógica tem isso? Muita demagogia, sabe. O povo tem o que merece…

E cá pra nós, povo brasileiro, aqui no Brasil ninguém ainda sabe usar a rede dentro de toda a sua potencialidade, não é mesmo? Tem muita gente só apertando enter por aí… e apertando onde não era pra apertar!

Sobre o tal rapaz João Rocha que preferiu falar de mim por traz, excluindo-me de seu grupinho fechado no facebook e na vida real (srsrssr) e sobre seu ‘({[projeto de cinema]}’, o que eu penso a respeito – ainda que ele não tenha me perguntado diretamente e tenha preferido expor o que pensa sobre mim e seu projetinho apenas para seu grupo fechado no face… (srsrsr) -, é que ele não entende realmente o que é e como funciona a cadeia produtiva do cinema, como funciona essa cadeia aqui no Brasil, como funciona essa mesma cadeia nos grotões onde ainda não existe cinema e como funciona essa cadeia nas cidades emergentes onde predominam as salas comerciais.

No meu entendimento ele está brincando de fazer exibição de cinema, e isso é sério pra caramba porque diz respeito exatamente a uma discussão que vem sendo travada há décadas no cinema brasileiro por quem faz a política pública no setor. E ainda que seja enfadonha a indagação: Que cinema queremos? Será que esse rapaz sabe responder isto?

E ele pessoalmente em sua mostra, que quer ele com este cinema? Um festival megalômico, que não deveria atender a um desejo privado, mas sim fundamentar-se no caráter de utilidade pública. O problema é que neste projeto acontece justamente o inverso. O que seus produtores argumentam e tomam como a maior justificativa para  a manutenção do projeto na cidade, não é o clamor dos cinéfilos locais, pois nem isso o cineclube Macaba Doce, que existe há três anos em Macaé, conseguiu criar no cenário dada sua inércia fatal… Eles não tem sequer um público fiel, um público que dissesse: sim, queremos esta mostra em Macaé, pois ela é necessária para a cidade, nela nós nos vemos, com ela nos identificamos! Não. Nesse projeto do João Rocha e amigos, fica clara que a proposta do autor é a autopromoção – haja vista os troféus idênticos aos do Oscar estadunidense e do tapete vermelho colocado na porta do Solar dos Mello, durante a mostra no ano passado, a primeira edição do projeto.

Isso é extremamente sério na medida em que há uma turma que apóia o surgimento de uma mostra em qualquer esquina do Brasil, atualmente. São escolas diferentes. Eu penso mais antes, prefiro me associar a um projeto já existente antes de ousar lançar outro igualzinho em paralelo quase que pra disputar público, um público que, diga-se em negrito, ainda precisa muito ser educado para assistir cinema… Os caras acham bom ter uma mostra em qualquer esquina, mas não oferecem estrutura para isso. Refiro-me ao Estado, aos modelos vigentes de financiamento e ‘apoio’ para estes projetos. Então isso é um dos pontos de um grande debate no setor… só esclarecendo quem dá pitaco sem saber que a coisa tem uma dinâmica outra…

Geralmente essas mostras não geram empregabilidade e não têm sustentabilidade financeira, seus proponentes não têm relações mais consolidadas com os locais onde fazem essas mostras, mas pro relatório que a ANCINE redige no fim do ano, esses cara são bons porque entram pra cadeia e ajudam a criar um falso índice a respeito do cinema nacional e sua cadeia produtiva.

Hoje, no Brasil, a maioria das aferições que a ANCINE faz para a coleta de dados e por fim, a criação de relatórios e índices a respeito do desenvolvimento da indústria são bastante questionáveis, ainda que exista em paralelo e em contraste com isto que afirmei, dentro mesmo do corpo desta agência reguladora, pessoas sérias tentando trabalhar honestamente.

Voltando a grita (a minha), e ao fato de o tal João Rocha ter me excluído de seu grupinho…  ainda tem quem diga que esse povo é do bem… dúvidas? A cada segundo tenho certeza de que não há alguma… quanto mais for expurgada por pessoas como essas, mais perto do que tanto busco encontrar estarei. Quem age comigo desta maneira, ou seja, repelindo-me, livra-me de sua companhia aduladora e medíocre.

Infelizmente Rubinho disse que não vai comentar o post pra não pegar mal pra ele. Agora veja, o cara fala tanto em cultura, defende tanto a cultura e quando tem que abrir a boca, prefere se calar… realmente devo estar tentando diálogo com quem não quer dialogar comigo.

Mas de tudo sempre fica uma mensagem, ainda que secreta dentro de nós…

Por fim, gostei de saber que esses anos todos trabalhando em prol do acesso das populações mais carentes à cultura, à educação, à arte, à comunicação e por fim, ao cinema brasileiro não foram em vão. Ajudaram a iluminar suas mentes e fizeram com que compreendessem que para abrir qualquer pauta sobre o assunto ‘exibição de cinema’, seja em Rio das Ostras, Macaé… região, uma notinha de ropapé a Leonor Bianchi e ao seu Cinema Popular Brasileiro vocês não tem como não dar, ainda que secretamente, entre vocês mesmos.

Humildade é para os sábios, não um dom que todos podem lançar mão.

Obrigada pela nota de rodapé que eu mesma não li… para o bem ou para mal. Para além do bem e do mal estou eu desta lógica binária grega, arcaica. Prefiro o devir no meio do caminho, a sinapse no discurso, um lapso no pensamento…

Comentários desativados em Nota de rodapé para o Cinema Popular Brasileiro

Policias devem ganhar salário adicional durante a Rio+20

Durante audiência pública nesta quarta-feira (16/05), o coordenador do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), coronel Odair de Almeida Lopes Junior, afirmou que o primeiro evento em que o Regime Adicional de Serviço (RAS) será utilizado deverá ser a Conferência Rio+20, em junho. “O objetivo é que a Rio+20 seja o primeiro momento em que o RAS passe a vigorar”, declarou o militar, na reunião da Comissão de Bancos de Horas da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), presidida pelo deputado Flávio Bolsonaro (PP). De acordo com Lopes Junior, o Proeis e o RAS permitirão que servidores da segurança pública de folga ou convocados para grandes eventos recebam por horas extras trabalhadas.

Ao término da reunião, Bolsonaro comentou que a informação dada pelo coronel PM “é um grande avanço”. “Mesmo sendo uma medida paliativa, já que o ideal era que o policial não precisasse complementar sua renda mensal, trata-se de um passo a mais”, defendeu o parlamentar. Em execução no estado desde março de 2011, o Proeis é uma medida que permite que os policiais militares possam trabalhar em prefeituras, concessionárias de serviço público e órgãos de administração direta durante seu horário de folga, recebendo gratificação sem prejuízo da escala regular.

Já no RAS, além dos PMs, policiais civis, bombeiros e agentes penitenciários, convocados para situações especiais, também receberiam pelas horas trabalhadas nas folgas. O Proeis já estabeleceu 12 convênios – prefeituras do Rio de Janeiro, Queimados, Macaé, Itaperuna e Niterói, SuperVia, Metrô, Light, Cedae, Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Secretaria Estadual de Educação e Companhia de Desenvolvimento Industrial do Rio (Codin) – em que atuam 5.747 policiais. Segundo Lopes Junior, outras cidades, como São João de Meriti, Búzios, Belford Roxo e Rio das Ostras, já estão com o processo em andamento.

Durante apresentação do Proeis para a comissão, o coronel acrescentou que os policias realizam turnos de oito horas e recebem entre R$ 150 e R$ 175. “Eles trabalham fardados, armados, equipados e com as garantias do estado. As viaturas têm identificação do programa e os policiais usam braçais especiais. Estamos quebrando paradigmas, possibilitando ao policial fazer segurança amparado pelo Estado com todos os direitos e deveres”, afirmou o coordenador. Após as explicações sobre os programas, os parlamentares mencionaram que o Proeis e o RAS (que não está em execução ainda) não atingem totalmente a questão das horas extras dos policiais.

O vice-presidente da comissão (que tem o extenso nome de Comissão de Representação para acompanhar a implantação do sistema de banco de horas adicionais de trabalho para os servidores das áreas de segurança pública, defesa civil e administração penitenciária no estado), deputado Jânio Mendes (PDT), citou exemplos de casos que não serão resolvidos pelos programas. “Um PM que é convocado pelo Poder Judiciário em um dia de folga, por exemplo, não recebe hora extra por isso. A mesma situação acontece quando ele ultrapassa sua escala regular para acompanhar uma ocorrência surgida no final do turno”, apontou o pedetista.

Fonte: Jornal do Brasil

Comentários desativados em Policias devem ganhar salário adicional durante a Rio+20

SEPE Rio das Ostras e Casimiro de Abreu faz denúncia de nepotismo da Prefeitura de Rio das Ostras ao Ministério Público Estadual

Posted in Cidadania, Cidade, Coluna do Servidor, Educação, Estado by ImprensaBR on 09/05/2012

No próximo, dia 10 de maio, o  núcleo municipal do Sepe Rio das Ostras e Casimiro de Abreu irá ao Rio de janeiro para fazer a denúncia sobre o Nepotismo ao Ministério Público Estadual.

Ontem, alguns diretores do Sepe estiveram na ALERJ e apresentaram a denúncia ao parlamentar Deputado Robson Leite ( membro da Comissão de Educação e Direitos Humanos ), que ouviu os diretores e manifestou apoio ao movimento.

SEPE Solicita reunião com o Ministério Público de Rio das Ostras e com a presidência da Comissão de Educação da ALERJ 

O Sepe protocolou o pedido de audiência com o MP de Rio das Ostras e com a Comissão de Educação da ALERJ.

Reunião do Conselho Municipal de Educação de Rio das Ostras

Hoje, dia 09 de maio, às 14h, na SEMED (antigo Hotel Sal Sal), acontecerá a reunião ordinária do Conselho Municipal de Educação de Rio das Ostras. O sindicato apresentará a  Nota de Repúdio ao  Nepotismo com a criação da secretaria ( SEMVE), vinculada a pasta da educação. Além deste tema, na última reunião,  o Prof Jean Cerqueira ( coordenador Geral) representante do SEPE no CME  propôs  para pauta a  Lei do 1\3 para as atividades extraclasse . Estaremos  também  apresentando o recurso sobre a última deliberação que aprovou o  nome do subsecretário de educação para ocupar a vaga de vice-presidente, no Conselho Municipal de Educação. O  SEPE  questiona o acumulo de representações do governo por  já exercerem a presidência pela  Secretária de Educação. Consideramos o acumulo da  presidência  e da vice,  uma falta de respeito a paridade na gestão. Lembrando que o  subsecretário, também é  primo do Prefeito. Mais uma vez, na contramão da história  e  diferentemente do que estamos conquistando,  como os exemplos do CME de Nova Friburgo  e o CME de Macaé que o presidente não é mais o secretário de educação e ninguém ligado ao governo.

Paralisação da Rede Estadual – Dia 10 de maio – Campanha Salarial

Rede Estadual: paralisação de 24 horas, com Conselho deliberativo às 10 horas, na sede do SEPE e Assembleia às 14h, na ACM (Rua da Lapa nº 86).

Pela Defesa da Ética e da Dignidade do Povo

Reunião do Movimento pela Defesa da Ética e da Dignidade do Povo, hoje, dia 095(4ªf) , às 19h , na sede do SINPRO ( Sindicato dos Professores da Rede Particular) – Alameda Casimiro de Abreu , 292- 3º andar- sala 02. Tel. 2764-6772.

Ato Público em Defesa da Ética e da Dignidade do Povo – dia 17 de maio  (5ª feira), às 16h (concentração), na Praça José Pereira Câmara. 

Seminário de educação

Realizaremos no próximo dia 26 de maio (sab), das 8h às 13h, Seminário de Educação do SEPE Rio das Ostras e Casimiro de Abreu em parceria com o SINPRO MACAÉ E REGIÃO.

Comentários desativados em SEPE Rio das Ostras e Casimiro de Abreu faz denúncia de nepotismo da Prefeitura de Rio das Ostras ao Ministério Público Estadual

Inventário Turístico online: aliado do gestor de turismo

Posted in Estado, Região, Turismo by ImprensaBR on 09/05/2012

Entre as diversas funcionalidades oferecidas pelo Inventário Turístico online, desenvolvido com metodologia aprovada pelo Ministério do Turismo (MTur), uma das mais importantes é, sem dúvida, a possibilidade de gestão da infraestrutura turística local utilizando-se um sistema de banco de dados, o INVENTUR.

Por meio do sistema faz-se a armazenagem dos dados pesquisados para o Inventário da Oferta Turística, já realizado ou ainda previsto pelo município, garantindo a organização, o tratamento, a atualização e a disseminação de informações, respeitando e integrando as características locais e regionais.

O INVENTUR foi desenvolvido com base em novos instrumentos de pesquisa e orientação para o Inventário da Oferta Turística, e se adequa perfeitamente às necessidades do gestor de turismo de pequenos, médios ou grandes municípios.

Sistema de Licenças

Para garantir o atendimento de uma demanda cada vez maior, com os municípios brasileiros mais conscientes da importância de ter o seu inventário de atrativos e da cadeia de fornecedores turísticos, o Instituto Ideias disponibiliza o modelo de licenças para o INVENTUR.

O município interessado adquire a licença, fica como responsável pela inserção dos dados obtidos na pesquisa de campo e passa a ter a consolidação e a possibilidade de atualização dessas informações, além de um portal municipal de turismo para divulgação na internet. Após a aquisição, o município ainda conta com o acompanhamento e orientações do Instituto Ideias, garantindo a total operacionalidade da ferramenta.

Os municípios ou regiões interessados em conhecer as propriedades, aplicações e vantagens do sistema poderão obter todos os detalhes acessando o endereço www.inventarioturistico.com.br. Informações complementares estão disponíveis pelo telefone (21)2522-2421 ou e-mail ideias@ideias.org.br.

Veja abaixo alguns municípios ou regiões que utilizam o INVENTUR em seus portais de turismo:

www.visiteduquedecaxias.com.br

www.destinobuzios.com.br

www.destinoparaty.com.br

www.destinopetropolis.com.br

www.cabofrioturismo.com.br

www.turisangra.com.br

www.visitecasimirodeabreu.com.br

www.visitesaopedrodaaldeia.com.br

Comentários desativados em Inventário Turístico online: aliado do gestor de turismo

Governo do Estado entrega 306 viaturas a 19 municípios do Rio. Rio das Ostras é uma delas

Posted in Cidade, Estado, Infraesturutura, Segurança Pública by ImprensaBR on 08/05/2012

O Governo do Estado entregou na manhã desta terça-feira o quarto lote, com 306 viaturas, a 19 municípios do Rio de Janeiro. A frota, que pertencia à Polícia Militar, passará a ser usada agora pelas guardas e defesas civis municipais. O evento aconteceu no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), em Sulacap, zona oeste, do Rio e contou com a presença do vice-governador Luiz Fernando Pezão.

Na Região Metropolitana, serão entregues 136 carros, sendo 103 Gols e 33 Blazers. Já a Região dos Lagos, será beneficiada com 120 veículos (94 Gols e 26 Blazers). Por fim, a Região Norte ganhou 41 Gols e nove blazers, totalizando 50 viaturas.

Os municípios beneficiados foram: Cachoeira de Macacu, Itaboraí, Maricá, Rio Bonito, São Gonçalo, Silva Jardim e Tanguá, na Região Metropolitana; Arraial do Cabo, Búzios, Casimiro de Abreu, Cabo Frio, Iguaba Grande, Rio das Ostras, São Pedro da Aldeia e Saquarema, na Região dos Lagos; e Carapebus, Quissamã, São Fidélis e São Francisco do Itabapoana, na Região Norte.

Ao todo, as guardas e defesas civis municipais já receberam 1.139 viaturas. O quinto e último lote, com mais 308 carros, será entregue no próximo dia 25 de maio, também no CFAP.

Governo do Estado do Rio de Janeiro

Tagged with:

Comentários desativados em Governo do Estado entrega 306 viaturas a 19 municípios do Rio. Rio das Ostras é uma delas

As eleições vem chegando

Posted in Articulistas, Denúncia, Eleições 2012, Estado, Macaé, Matheus Thomaz, Política, Região by ImprensaBR on 02/05/2012

Matheus Thomaz*

Estamos em período pré-eleitoral, com os pleitos municipais se aproximando vou aproveitar o espaço para apresentar leituras sobre o cenário local. Irei começar pela analise da prestação de contas de contas do deputado federal local do PMDB e irmão do prefeito, para se ter um entendimento melhor é bom compreender que a política aqui acaba funcionando como um negócio de família. Tentarei achar relações com acontecimentos e ações aqui do município. Toda pesquisa sobre doação e arrecadação de campanha foi retirado do site http://www.asclaras.org.br/

Bem o Deputado Adrian, arrecadou R$ 2.106.386,72,isso mesmo mais de dois milhões de reais para se tornar deputado federal. Será que vale mesmo tanto investimento para participar do congresso federal e decidir sobre as leis do país? Devem acreditar muito na democracia todos esses doadores. Deste montante, 90% foram doados por pessoa jurídica e dessas temos 24 empresas locadoras de máquinas e 13 empresas prestadoras de serviço. Números significativos, uma nova etapa desta pesquisa poderia ser quantas dessas empresas prestam serviços à prefeitura municipal de Macaé.

Através da pessoa Jurídica Adrian Mussi foram doados R$ 156.567,18, esse valor é mais que a metade de todo patrimônio que o deputado declarou à justiça eleitoral para ser candidato em 2010 (segundo site http://www.excelencias.org.br foi de R$ 230.706,88). Esse dinheiro de campanha muitas vezes parece circular entre candidatos e doadores. Existem algumas doações no mínimo curiosas feita pela pessoa jurídica. A maior doação individual foi para um candidato chamado Adilson Palácio, do Partido Republicano Progressista (PRP) e alcançou só 1.219 votos e não se elegeu ficando na suplência. As doações são para candidatos a deputado estadual variados partidos e os eleitos hoje fazem parte da base de sustentação do governo Sérgio Cabral. O candidato derrotado ao senado pelo PMDB também foi agraciado com uma doação de Adrian.

Outro dado interessantes visto no http://www.excelencias.org.br foi a quantia que o deputado recebeu da Câmara como verba indenizatória (gasto com aluguel, consultoria, diversos e transporte/estadia) foi de R$ 235.706,88. O mandato do deputado tem saído bem caro aos cofres públicos.

Nesse contexto vale também refletir sobre as ações do deputado nas dois principais debates que correram pela Câmara de Deputados.

A primeira diz respeito a CPI da Cachoeira e as sinistras ligações entre o bicheiro Carlinhos Cachoeira, diversos políticos e a empresa Delta Construções. O deputado Adrian Mussi não assinou o pedido de CPI, por que será que o deputado não gostaria que se abrissem investigações sobre o tema. O que mais implica a CPI para o nosso Estado, pelo menos até agora, são as íntimas ligações da Delta com governo do Estado, seu super crescimento após 2009 com contratos bilionários e grandes obras como a reforma do Maracanã e construção da transcarioca. Seria por que em Macaé tem uma obra milionária da Delta? Uma obra orçada em 17 milhões de reais, na orla de Imbetiba, que segundo ouvi de alguns macaenses uma obra desnecessária e que irá descaracterizar um espaço histórico da cidade. Perguntas que deveriam ser respondidas.

A outra questão é sobre a aprovação do Código Florestal essa semana na Câmara de Deputados. O texto aprovado é um horror! Concede anistia aos desmatadores, desregulamenta áreas de preservação, entre outros malefícios com o meio ambiente. Aqui em Macaé uma cidade com bonitas praias uma região serrana apaixonante é, no mínimo de se preocupar, ter um representante local que não se importa muito com a preservação do meio ambiente. Deve ser por isso que o parque municipal da praia do pecado nunca saia, que não se altera o gabarito dos prédios ao redor dessa mesma praia, ações como essas somente favorecem aos que especulam imóveis e terras em detrimento à um cartão postal que deveria ser patrimônio da humanidade. Por esse caminho os mesmo pensam em construir um porto no Lagomar que traria um impacto profundo e negativo ao ecossistema do local. Enfim pesquisando eu descobri pelo site http://www.excelencias.org.br , que traz a ficha dos parlamentares eleitos no país, que o deputado É alvo de ação de execução fiscal movida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis:TRF-2 Seção Judiciária de Rio de Janeiro – Processo nº 0005421-49.2003.4.02.5116 .

Macaé é uma das cidades mais ricas do Estado do Rio de Janeiro a outrora princesinha do Atlântico é agora a capital nacional do Petróleo. Além de ser a principal base de operações da Petrobrás atrai inúmeras empresas multinacionais do ramo e outras tantas prestadoras de serviços. O município passa por um acelerado processo de urbanização impulsionado pela riqueza do petróleo.

A disputa eleitoral por aqui já começa a esquentar. Apesar de ter chegado recentemente em Macaé, começo a compreender um pouco dos acontecimentos. Tenho estudado os elementos, os partidos e as movimentações políticas no intuito de entender os processos locais por isso resolvi dividir essas reflexões neste espaço para melhor exercer meu papel de cidadão. Nos próximos versarei sobre os outros postulantes.

*Matheus Thomaz é assistente social e articulista do jornal O Polifônico.

Comentários desativados em As eleições vem chegando

Estudantes e professores, organizem-se! Lula recebe título de Doutor ‘Honoris Causa’ de universidades públicas do Rio de Janeiro

Posted in Brasil, Educação, Estado by ImprensaBR on 28/04/2012

A Universidade Federal Fluminense (UFF), a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) entregarão os títulos de Doutor “Honoris Causa” concedidos individualmente pelas instituições ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em cerimônia conjunta a ser realizada no dia 4 de maio, às 10h, no Teatro João Caetano, na Praça Tiradentes, Centro, Rio de Janeiro.

Credenciamento – O credenciamento para a cobertura é obrigatório e será realizado por meio da Assessoria de Imprensa da Uerj apenas pelo e-mail imprensa.comuns@gmail.com, com informações dos integrantes da equipe (nome, profissão e identidade) e telefone para contato. O prazo máximo para o credenciamento é 2 de maio.
——————————————————
Esse e-mail foi enviado pelo WebMail da UFF
NTi – Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação

Comentários desativados em Estudantes e professores, organizem-se! Lula recebe título de Doutor ‘Honoris Causa’ de universidades públicas do Rio de Janeiro

Firjan discute futuro do Leste Fluminense com empresários e políticos da região

Posted in Cidade, Economia, Empregos e Oportunidades, Estado, Infraesturutura, Outras Fontes by ImprensaBR on 27/04/2012

Principal motor de crescimento da região é o Comperj, seguido da indústria naval e logística 

Qual o futuro do Leste Fluminense? Quais os possíveis ou prováveis caminhos que a região deverá seguir para alcançar o desenvolvimento econômico e social? Essas foram as questões debatidas nesta quinta-feira, dia 26, com técnicos, empresários e políticos, no evento “Visões de Futuro: Potencialidades e Desafios do Leste Fluminense”, realizado no Clube Português, em Niterói.

“Temos a oportunidade de mostrar a preocupação do Sistema Firjan para o desenvolvimento da região através desse seminário. Sabemos que existem os projetos em andamento como o Comperj e o Arco Metropolitano, mas temos também que lutar pela recuperação do ramal da ferrovia Centro-Atlântica (FCA) de Campos a Itaboraí; do projeto de uma rodovia que vai de São Pedro da Aldeia a BR-101, fundamental para a ligação das regiões; e do complexo logístico em Cabo Frio. Além, é claro, de investir na educação fundamental como suporte base para o desenvolvimento” – adiantou o presidente da Representação da Firjan em Niterói, Luiz Césio Caetano.

Em formato de talk show e mediado pelo jornalista Max Andrade, o futuro dos municípios de Niterói, Rio das Ostras Casimiro de Abreu, Silva Jardim, Búzios, São Pedro da Aldeia, Araruama, Rio Bonito, Saquarema, Cabo Frio, Arraial do Cabo, Tanguá, Itaboraí, Maricá, São Gonçalo e Iguaba Grande foi discutido por empresários, que falaram sobre como aproveitar as potencialidades e superar desafios, e por secretários de governo, que apontaram o que pode ser feito para garantir um futuro promissor para a região.

O debate foi provocado pela apresentação feita pelo gerente de Competitividade Industrial e Investimentos do Sistema Firjan, Cristiano Prado, que apontou as possibilidades de desenvolvimento no período de 5 a 15 anos, e os principais projetos já em desenvolvimento. O principal motor da região é o Comperj, que vai gerar milhares de empregos promovendo o crescimento econômico com influência direta nas regiões de São Gonçalo, Itaboraí, Tanguá e Rio Bonito.

Outros dois motores de crescimento são a indústria naval nos municípios de Niterói, São Gonçalo e Maricá, e a logística nos municípios de Arraial do Cabo e Cabo Frio. Já o Arco Metropolitano ampliará os impactos dos investimentos ao reduzir em até 20% o custo dos transportes em alguns municípios.

Cristiano Prado comentou que os municípios de Araruama, Búzios, Iguaba Grande, Rio das Ostras e São Pedro da Aldeia, menos impactados pelos grandes investimentos têm potencial para apoio às atividades offshore, expansão da agroindústria, silvicultura econômica, fabricação de produtos farmacêuticos, de produtos de borracha e de produtos de material plástico.

Também comentado pelo gerente de Competitividade Industrial e Investimentos do Sistema FIRJAN o setor de turismo terá grande destaque para a região nos municípios de Maricá, Saquarema, Araruama, Arraial do Cabo, São Pedro da Aldeia, cabo Frio, Rio das Ostras e Búzios.

O seminário teve a participação das autoridades municipais representando os prefeitos: José Raimundo Martins Romeo, secretário municipal de Ciência e Tecnologia de Niterói; Ronaldo Elias de Moraes, secretário municipal de Planejamento e Coordenação Geral de Rio Bonito; Mauro Paes, subsecretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Tanguá; Ricardo Azevedo, secretário municipal de Indústria, Comércio, Trabalho e Pesca de Cabo Frio; e ainda Felipe Peixoto, secretário estadual de Desenvolvimento, Abastecimento e Pesca do Estado do Rio de Janeiro.

Também participaram das discussões os empresários Aécio Nanci, da Nanci e Cia Ltda; e Ricardo Guadagnin, da Garri de Cabo Frio Dormitórios e Complementos Ltda; além dos presidentes dos sindicatos das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico no Estado do Rio de Janeiro (Simmmerj), Lucenil Ferreira de Carvalho; e da Construção, Engenharia Consultiva e do Mobiliário de Niterói e Cabo Frio (Sindicem), Sérgio Yamagata.

O seminário que teve a primeira edição ano passado continuará este ano em todo o estado discutindo as visões de futuro do Rio, com exposição dos potenciais de desenvolvimento econômico de cada região. O próximo acontece em junho e tratará do futuro dos demais municípios do Sul Fluminense. [www.firjan.org.br ]

Fonte: Fator Brasil

Comentários desativados em Firjan discute futuro do Leste Fluminense com empresários e políticos da região

Workshop de Produção e Gestão Cultural no SESI-RJ

Posted in Cultura, Estado by ImprensaBR on 25/04/2012

Em mais uma iniciativa para estimular a atividade cultural e capacitar os profissionais diretamente envolvidos no segmento, o Serviço Social da Indústria (SESI) irá realizar, a partir do início de maio, mais uma rodada de workshops de Gestão Cultural, distribuída em diversas unidades.

O workshop irá incluir casos práticos, onde os participantes terão a oportunidade de aprender as etapas de elaboração e estruturação de um Projeto Cultural. As aulas serão ministradas pela instrutora Ana Ferguson, docente nos cursos de MBA e Pós-produção da Universidade Cândido Mendes.

São disponibilizadas 45 vagas por unidade do SESI, e as inscrições custam R$ 10,00. É recomendável que os interessados obtenham maiores informações pelo 0800 0231 231 ou pelo e-mail cultura.arte@firjan.org.br.

O evento acontecerá das 9h às 18h nas seguintes datas e unidades:

05 de maio – Unidade Jacarepaguá
12 de maio – Unidade Campos
19 de maio – Unidade Caxias
26 de maio – Unidade Petrópolis
30 de maio – Unidade Laranjeiras
02 de junho – Unidade Nova Friburgo

 

Comentários desativados em Workshop de Produção e Gestão Cultural no SESI-RJ

Aprovado projeto que cria ofício em sete cidades do interior

Posted in Estado, Notas by ImprensaBR on 25/04/2012

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou, em discussão única, nesta terça-feira (24/04), o projeto de lei 1.428/12, do Poder Judiciário. A partir da junção de serviços notariais e registrais, ele cria Ofícios Únicos nos municípios de Cambuci, Duas Barras, Mangaratiba, Natividade, Santa Maria Madalena, São João da Barra e Sumidouro. O texto também extingue ofícios em outras comarcas, como Miracema, Niterói e Petrópolis, que, segundo o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Manoel Alberto Rebêlo dos Santos, já estão desativados.

Não há necessidade da manutenção desses serviços extrajudiciais, seja pela pouca densidade populacional de alguns desses municípios ou pela existência de outros serviços de ofícios de justiça que atendem adequadamente à população dessas comarcas, afigurando-se conveniente sua extinção por ato formal”, argumenta o desembargador, informando ainda que as cidades que ganharão ofícios únicos já são atendidas por único serviço extrajudicial em múltiplas atribuições. Segundo ele, portanto, apenas adequa sua situação.

Fonte: ALERJ

Comentários desativados em Aprovado projeto que cria ofício em sete cidades do interior

Municipalização do ensino fundamental será concluída até 2015

Posted in Cidade, Educação, Estado by ImprensaBR on 18/04/2012

Até 2015, todo o primeiro segmento do ensino fundamental, que compreende do 1º ao 5º ano, será de responsabilidade dos municípios, em todo o estado. Esse é o planejamento da Secretaria de Estado de Educação, apresentado pela superintendente de Planejamento e Integração das Redes de Ensino da pasta, Ana Paula Velasco, nesta quarta-feira (18/04), em audiência pública da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), presidida pelo deputado André Lazaroni (PMDB). A meta de municipalizar as escolas de ensino fundamental que, hoje, estão sob administração do estado, está na Lei de Diretrizes e Bases (Lei federal 9.394/96). O texto delimita que o ensino fundamental é de competência dos municípios, e o ensino médio, dos estados.

[ÁUDIO] Ouça na Rádio Alerj

http://radioalerj.posterous.com/estado-vai-passar-administracao-de-escolas-do

De acordo com Ana Paula, há 24 anos o Rio de Janeiro luta por essa causa e, por isso, ocupa o segundo melhor índice de municipalização do Brasil, perdendo, apenas, para o estado do Ceará. “Municipalizar significa transmitir toda a responsabilidade educacional desse setor aos municípios, deixando que o estado fortaleça o setor educacional do ensino médio. Nosso maior desafio é fazer com que todos os municípios tenham estrutura física e financeira suficiente, para atender essa demanda”, explicou a representante do Executivo, que ressaltou que, caso o município não esteja preparado, poderá contar com apoio do Governo.

Para Lazaroni, toda conquista de municipalização se deve à política de Estado. “Percebemos que todos os envolvidos, todos os técnicos, já passaram por três ou quatro governos. Isso significa que existe, sim, uma política de Estado para a educação do Rio, principalmente nesse processo de municipalização”, afirmou o parlamentar. Segundo os dados apresentados pela Secretaria, com base entre os anos de 2007 e 2012, dos 92 municípios do estado, 43 já estão em processo de municipalização, com um registro de 177 escolas, sendo que quatro destes já absorveram o projeto por completo – Armação de Búzios, Areal, São José do Vale do Rio Preto e Santa Maria Madalena.

O deputado  mostrou-se preocupado com o projeto de Educação para Jovens e Adultos (EJA). “A municipalização precisa ter como critério balizador a qualidade pedagógica, e não o critério financeiro de economia do estado. Acho que essas pessoas que estudam no EJA precisam de um carinho especial, pois algumas já têm mais de 40 anos e, depois um tempo, estão retomando a rotina escolar. Precisamos, como legisladores, cobrar essas melhorias do estado”, pontuou Leite. Os deputados  também participaram da audiência.

Fonte: ALERJ

Comentários desativados em Municipalização do ensino fundamental será concluída até 2015

%d blogueiros gostam disto: